Servidores da ADMC decidem por nova assembleia para cobrar GMOV

Ter, 11 Fev 2020

Reunião será na próxima segunda-feira (17), 10h, na área externa da SES

Os servidores da Administração Central (ADMC) da Secretaria de Saúde decidiram, nesta terça-feira (11), que se reunirão em assembleia novamente na próxima semana. A decisão foi tomada em assembleia na SES após confirmação do corte da Gratificação de Movimentação (GMOV) para os trabalhadores da ADMC.

“Até a próxima assembleia teremos tempo para correr atrás e reverter essa situação tão prejudicial para os servidores”, afirmou a presidente do SindSaúde, Marli Rodrigues.

Após mobilização dentro da SES, o secretário de Saúde do DF, Osnei Okumoto, se comprometeu a defender a manutenção da gratificação para os servidores da Administração Central (ADMC) da Secretaria de Saúde.

Ele irá, pessoalmente, ainda nesta terça, até o secretário de Economia, André Clemente, defender a manutenção da gratificação e buscar uma solução para o problema.

Economia

Na quinta-feira (13), a presidente do SindSaúde-DF, Marli Rodrigues, agendou também reunião com o secretário Clemente e os servidores da ADMC vão participar desse encontro, no anexo do Buriti, às 17h.

“O

Após mobilização, secretário de Saúde garante negociação para manutenção da GMOV

Ter, 11 Fev 2020

Osnei Okumoto disse que irá pessoalmente ao secretário de Economia em busca de solução para manter gratificação cortada pela Justiça

O secretário de Saúde do DF, Osnei Okumoto, se comprometeu, nesta terça-feira (11), a defender a manutenção da Gratificação de Movimentação (GMOV) para os servidores da Administração Central (ADMC) da Secretaria de Saúde.

Ele irá, pessoalmente, ainda nesta terça, até o secretário de Economia, André Clemente, defender a manutenção da gratificação e buscar uma solução para o problema.

A SES foi notificada nesta terça sobre a decisão da Justiça de corte de Gratificação de Movimentação (GMOV) para cerca de 3 mil servidores da ADMC.

Mobilização na SES

Após assembleia no auditório da SES, os servidores organizaram uma mobilização e ocuparam, pacificamente, os corredores da secretaria próximos ao gabinete do secretário aguardando um posicionamento de Okumoto.

“Os trabalhadores devem ter essa gratificação de igual para igual.

Líder do governo garante apoio à manutenção da GMOV

Seg, 10 Fev 2020

Servidores farão nova assembleia nesta terça-feira (11), no auditório da Secretaria de Saúde

Os servidores da Secretaria de Saúde se reúnem novamente em assembleia, nesta terça-feira (11), a partir das 10h, no Auditório da SES-DF, para discutir a manutenção do pagamento da Gratificação de Movimentação (GMOV) para os trabalhadores da Administração Central (ADMC). E o SindSaúde garantiu um apoio extra à demanda dos servidores. O líder do Governo, deputado Claudio Abrantes (PDT), participará da assembleia e garantiu apoio aos funcionários.

A proposta do SindSaúde de mudar o texto da Lei Distrital 318/1992 foi aprovada na última assembleia e agora precisa do apoio da Câmara Legislativa.

“Hoje, com toda a dificuldade que servidor público já tem, perder algum tipo de gratificação ou benefício é algo que não podemos pactuar. Vamos trabalhar de maneira firme para que isso seja resolvido o quanto antes e o servidor tenha tranquilidade sobre os seus direitos”, disse o deputado.

A presidente do SindSaúde, Marli Rodrigues, explicou que a questão é política e os servidores estão mobilizados para defender seus direitos, mas precisam de apoio.

Entenda

HMIB: Servidores da lavanderia buscam solução com diretoria da unidade

Sex, 07 Fev 2020

Diretores do SindSaúde se reuniram com trabalhadores e com chefias do hospital

Representantes da Diretoria do SindSaúde-DF se reuniram, nesta sexta-feira (7), com os servidores da lavanderia do Hospital Materno Infantil de Brasília (HMIB) na tentativa de encontrar um caminho para minimizar os problemas na unidade. Na pauta da reunião, as principais reclamações foram o déficit de pessoal, que dificulta a montagem das escalas de trabalho, além dos equipamentos antigos utilizados para lavagem e secagem das roupas hospitalares que causam inúmeros transtornos e dificuldades aos profissionais.

Estiveram presentes na reunião o diretor geral do HMIB, Rodolfo Alves Paulo de Souza, e a diretora administrativa do HMIB, Claudia Silveira. Eles ouviram os trabalhadores e apresentaram a dificuldade encontrada com o déficit de pessoal. A respeito dos equipamentos velhos, da década de 70, já foi apresentado à SES a necessidade de melhorias no sistema.

De acordo com um dos servidores, o último concurso foi em 2001, com isto alguns servidores já se aposentaram ou estão de licença, num quadro de apenas 27 servidores para o local, destes, 3 estão desviados para outros setores, o que pode agravar ainda mais a situação são os servidores que já apresentaram o pedido de aposentadoria e aguardam a publicação.

Importante

Servidora ganha na Justiça incorporação da GATA

Qui, 06 Fev 2020

Departamento Jurídico do SindSaúde venceu ação em 2ª instância

Uma servidora da Saúde conquistou, na Justiça, o direito de ter incorporada a 3ª parcela da Gratificação de Atividade Técnico Administrativa (GATA). O direito foi garantido após o Departamento Jurídico do SindSaúde vencer em 2ª instância uma ação da sindicalizada na 2ª Turma Cível do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios (TJDFT).

Os desembargadores condenaram o Distrito Federal a implantar a substituição prevista na Lei nº 5.008/2012, promovendo a adequação do vencimento básico da servidora e efetuar, ainda, o pagamento das diferenças devidas a partir de setembro de 2015 e demais parcelas remuneratórias calculadas com base no vencimento e a consequente extinção da GATA. O montante devido deverá ser atualizado e corrigido pelo IPCA-E,

No acórdão, os magistrados afastam a possibilidade de o GDF utilizar a discussão do Recurso Extraordinário n.

GATA inicia tour pelas unidades de saúde nesta sexta-feira

Qui, 06 Fev 2020

HMIB é a unidade da primeira ação externa da campanha “A Gata em primeiro lugar"


O SindSaúde-DF inicia nesta sexta-feira (7), no estacionamento do Hospital Materno Infantil de Brasília (HMIB), as ações externas da campanha de incorporação da 3ª parcela da Gratificação de Atividade Técnico-Administrativa (GATA).

Com o título “A GATA em primeiro lugar", a campanha terá mobilizações em várias unidades de saúde do Distrito Federal para conscientizar os servidores da importância da cobrança desse direito.

Os servidores ainda podem participar da promoção de fotos com a GATA. Clique aqui para saber mais.

Relembre a história de luta pela Incorporação da GATA

2004 - Criação da lei da GATA (Lei nº 3.320)

2009 – No governo Arruda, a Lei nº 4.440 definiu a incorporação da GATA em 3 parcelas. Duas parcelas foram pagas.

2012 – No governo Agnelo, servidores fazem greve e é aprovada a Lei nº 5.008 para incorporar a 3ª parcela remanescente em 3 parcelas.

2015

Servidores aprovam encaminhamento do SindSaúde sobre GMOV

Ter, 04 Fev 2020

Trabalhadores da ADMC se reuniram com Diretoria nesta terça-feira (4) para tratar da manutenção do pagamento da GMOV

A Direção do SindSaúde se reuniu em assembleia, na manhã desta terça-feira (4), com servidores da Administração Central da Secretaria de Saúde do DF. Com o auditório lotado, a pauta da reunião foi a manutenção do pagamento da Gratificação de Movimentação (GMOV) para os trabalhadores da ADMC. Os presentes tiraram suas dúvidas e aprovaram a proposta do sindicato para ementa de mudança no texto da Lei Distrital 318/1992.

Em 24 de janeiro, decisão da Justiça apontou ilegalidade no pagamento da GMOV para os servidores da ADMC por entender que órgão não corresponde a uma “unidade de Saúde”. No entendimento do Tribunal de Justiça do DF, por conta da nomenclatura adotada no texto do artigo 3º da Lei 318/1992, a expressão “unidade de saúde” despreza estes trabalhadores lotados na ADMC.

Para

SindSaúde sugere mudança na lei para manutenção de GMOV a servidores

Ter, 04 Fev 2020

Em ofício entregue ao secretário de Economia do DF, sindicato avalia que retirada do direito prejudica servidores

O Departamento Jurídico do SindSaúde-DF protocolou, em 30 de janeiro, na Secretaria de Economia do DF um ofício com a sugestão de alteração na lei da Gratificação de Movimentação (GMOV). A medida visa garantir o direito dos servidores que trabalham na Administração Central da Secretaria de Saúde do DF. A solicitação foi enviada ao secretário André Clemente.

Em 24 de janeiro, uma decisão da Justiça apontou ilegalidade no pagamento da Gmov a esses profissionais. No entanto, essa é uma luta histórica da categoria e a incompetência da gestão passada não pode causar esse prejuízo ao servidor.

A presidente Marli Rodrigues lembra que, á época da aprovação da Gmov, a sugestão do SindSaúde era a inclusão da gratificação nos artigos da Lei 318/1992, mas o governo Rollemberg preferiu fazer por meio de uma orientação administrativa, sem garantir a Gmov de forma definitiva.

SindSaúde convoca categoria para assembleia nesta terça-feira

Seg, 03 Fev 2020

A Gratificação de Movimentação (GMOV) está na pauta da reunião

O SindSaúde-DF convoca todos os servidores da Saúde do Distrito Federal para assembleia da categoria nesta terça-feira, dia 4 de fevereiro de 2020. A reunião dos servidores será no auditório da sede da Secretaria de Saúde do DF, a partir das 10h.

Na pauta da reunião, o corte da GMOV (Gratificação de Movimentação) aos servidores lotados na Administração Central da Secretaria de Saúde do DF (SES).

Participe da assembleia e seja força na luta dos servidores da Saúde do DF.

Diretoria do SindSaúde se reúne com servidores da lavanderia do HMIB e cobra melhorias na unidade

Sex, 31 Jan 2020

Falta de pessoal e equipamentos velhos estão entre as reclamações dos trabalhadores

Representantes da Diretoria do SindSaúde-DF se reuniram, nesta quinta-feira (30), com os servidores da lavanderia do Hospital Materno Infantil de Brasília (HMIB) para ouvir as demandas dos trabalhadores. Eles relataram o déficit de pessoal, que causa sobrecarga no trabalho, e os constantes problemas com os equipamentos velhos que são usados para lavagem e secagem das roupas hospitalares.

Os diretores Rodrigo Conde e Prisco Fernandes ouviram os relatos dos servidores e também se reuniriam com o diretor geral do HMIB, Rodolfo Alves Paulo de Souza.

“A lavanderia do HMIB já teve 64 servidores e hoje tem apenas 14. É uma sobrecarga que prejudica muito. Para completar, todos os trabalhadores que lá estão já têm muitos anos de serviço público e estão sendo sujeitos a essa situação desumana. O último concurso com vagas para o trabalho nas lavanderias ocorreu há 19 anos”, afirma Conde.

Prisco

SindSaúde oferece consultoria financeira aos filiados

Qui, 30 Jan 2020

Mais um serviço para auxiliar associados a organizarem o planejamento de despesas

O SindSaúde-DF fechou parceria com a empresa Dr. Bruno Resolve e os filiados podem realizar consultoria financeira e aprender a organizar melhor seus gastos e investimentos. Dr Bruno Resolve é uma empresa com a proposta de orientar o servidor e essa consultoria é mais uma vantagem para os trabalhadores oferecida pelo sindicato.

WhatsApp Image 2020-01-30 at 13.51.44.jpeg

A ideia é orientar o servidor para quitar seus débitos, sejam eles de instituição financeira, empresa pública ou privada, e planejar suas finanças, além de auxiliar no controle do salário.

Para a presidente do SindSaúde, Marli Rodrigues, essa demanda é recorrente entre os filiados. “Muitos colegas servidores estão endividados e não sabem o que fazer para reorganizar as contas e, assim, viver de uma maneira mais tranquila e feliz. Este novo auxílio é para ajudar a planejar uma nova forma de ver as contas e os gastos”, destaca Marli.

Este

SindSaúde lança campanha “A GATA em Primeiro Lugar”

Qua, 29 Jan 2020

Diretoria do sindicato inicia ações cobrando a incorporação da 3ª parcela da GATA

A diretoria do SindSaúde lançou, nesta quarta-feira (29), a Campanha de 2020 para incorporação da 3ª Parcela da GATA (Gratificação de Apoio Técnico-Administrativo): “A GATA em Primeiro Lugar”. Serão várias ações nas ruas do Distrito Federal, nas regionais de Saúde e nos meios digitais.

“Nós temos que valorizar nossa história e não vamos deixar de lutar. Lutaremos até o último dia, juntos, pelos nossos direitos, garantidos em lei”, afirmou a presidente do SindSaúde, Marli Rodrigues.

A diretoria trabalhará para conscientizar os servidores da necessidade de incorporação da terceira parcela da GATA, que deveria ter ocorrido desde 2015.

Haverá ações específicas em todo o DF: Palácio do Buriti, Congresso Nacional, Supremo Tribunal Federal, hospitais, entre outros.

Nas unidades de Saúde, Blitzes da Saúde alertarão para as perdas salariais dos últimos anos sem a incorporação.

SindSaúde convoca categoria para assembleia no próximo dia 4 de fevereiro

Qua, 29 Jan 2020

A Gratificação de Movimentação (GMOV) está na pauta da reunião

O SindSaúde-DF convoca todos os servidores da Saúde do Distrito Federal para assembleia da categoria na próxima terça-feira, dia 4 de fevereiro de 2020. A reunião dos servidores será no auditório da sede da Secretaria de Saúde do DF, a partir das 10h.

Na pauta da reunião, o corte da GMOV (Gratificação de Movimentação) aos servidores lotados na Administração Central da Secretaria de Saúde do DF (SES).

Participe da assembleia e seja força na luta dos servidores da Saúde do DF.

PECÚNIAS - Terceira parcela do acordo é paga pela Saúde

Qua, 29 Jan 2020

No total, R$ 3,1 milhões foram depositados nas contas de 1.056 aposentados e pensionistas

A Secretaria de Saúde pagou, na noite de ontem (28), o valor de R$ 3.179.835,08 a aposentados, pensionistas e a um servidor ativo, referentes a licenças-prêmio devidas entre 2017 e 2019. Ao todo, 1.056 pessoas foram beneficiadas.

O pagamento cumpre o que foi pactuado pelo governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha. Esta é a terceira parcela paga. A primeira foi em novembro, com R$ 568.814,99 disponibilizados a 194 servidores, e a segunda, em dezembro, quando foram pagos R$ 2.398.802,96 a 811 servidores aposentados e quatro pensionistas, referente a licenças-prêmio devidas entre 2017 e 2019.

“As pecúnias foram parceladas em 36 vezes. De acordo com o artigo 17 do Decreto, a partir da segunda cota recebida pelo servidor terá atualização dos valores, incidindo a correção pelo Índice Nacional de Preço ao Consumidor (INPC).

SES paga R$6,1 milhões em TPD nesta sexta-feira

Sex, 24 Jan 2020

No total, 4.451 servidores vão receber pelo trabalho extra de novembro

A Secretaria de Saúde deposita nesta sexta-feira (24), o pagamento dos valores referentes ao Trabalho em Período Definido (TPD) de novembro de 2019. O pagamento estará na conta dos 4.451 servidores na manhã deste sábado (25).

Ao todo, foram realizadas 175.671 horas de trabalho extra e o montante é de R$ 6.145.528,99.

O prazo máximo para que o governo efetue o pagamento de TPD é de 60 dias após o mês do serviço prestado, isto de acordo com a legislação vigente.

O SindSaúde sempre acompanha para que estes pagamentos sejam realizados dentro do prazo regulamentado em lei, o que vem acontecendo nesta gestão.

Para a presidente do sindicato, Marli Rodrigues, nada mais justo e digno que o servidor receba corretamente pelo trabalho que executou. “Nada é tão frustrante e desmotivador, para um trabalhador, do que não receber pelo serviço que prestou.

Direito do servidor à Gmov precisa ser garantido em lei

Sex, 24 Jan 2020

Conquista da categoria, a Gratificação de Movimentação não pode ser retirada e SindSaúde vai cobrar mudança

O SindSaúde entende que o direito do servidor público da Saúde deve ser garantido na Legislação e vai cobrar do Governo do Distrito Federal a manutenção da Gratificação de Movimentação (Gmov) aos servidores lotados na Administração Central da Secretaria de Saúde do DF (SES).

Na manhã desta sexta-feira (24), uma decisão da Justiça apontou ilegalidade no pagamento da Gmov a esses profissionais. No entanto, essa é uma luta histórica da categoria e a incompetência da gestão passada não pode causar esse prejuízo ao servidor.

“À época da aprovação da Gmov, a sugestão do SindSaúde era a inclusão da gratificação nos artigos da Lei 318/1992, mas o governo Rollemberg preferiu fazer um puxadinho, com uma orientação administrativa, sem garantir a Gmov de forma definitiva. Agora os servidores ficam sem a proteção”, destaca a presidente do SindSaúde-DF, Marli Rodrigues.

Assim

Problema resolvido na raiz: SindSaúde cobra mudança em lei sobre abono em licença de acompanhamento

Seg, 20 Jan 2020

Secretário de Economia garantiu à presidente Marli Rodrigues que fará tudo para manter o direito do servidor e garantir em lei o abono

A presidente do SindSaúde, Marli Rodrigues, reuniu-se, nesta segunda-feira (20), com o secretário de Economia do Distrito Federal, André Clemente, para sugerir uma mudança na Lei 840/11 e garantir tranquilidade aos servidores em relação ao abono em licença de acompanhamento.

Na última semana, uma nota técnica da Subsecretaria de Gestão de Pessoas da Secretaria de Economia alertou as demais secretarias sobre a impossibilidade de concessão de abono de ponto a servidor que esteve licenciado por motivo de doença em pessoa da família.

A nota foi retirada e suspensa pelo governo, dias depois, mas acendeu o alerta de inconsistência jurídica relacionada ao tema.

“O Departamento Jurídico do SindSaúde se debruçou sobre o tema e entendeu que a Lei 840/11 precisa ser alterada para garantir tranquilidade aos servidores e resolver esse impasse definitivamente.

Participe da campanha "A GATA em primeiro lugar"

Seg, 20 Jan 2020

Troque sua foto nas redes sociais para o tema da campanha do SindSaúde-DF pela incorporação da GATA. Basta clicar no link e adicionar a marca em seu perfil personalizado. É simples e fácil.

WhatsApp Image 2020 01 20 at 13.01.07

Esta Campanha dos servidores da Saúde do DF é pela incorporação da 3ª parcela da Gratificação de Apoio Técnico Administrativo (GATA), que, desde 2015, deveria ter sido paga.

O ano começou e a cobrança da categoria é que a incorporação total da GATA seja o primeiro ponto a ser debatido e executado pelo GDF, antes mesmo do diálogo sobre o reajuste. Por isso, o SindSaúde, desde agora, vai lutar para que este direito seja respeitado.

Para participar clique neste link: https://sindsau.de/37cvF8W

- Após abrir a página inicial clique em “Add to Facebook” (é necessário ter um perfil no Facebook).
- O site pegará sua foto de perfil atual e aplicará o tema “Eu quero a GATA”.

Alerta: Aplicativo Portal.DF é tentativa de golpe, afirma GDF

Sex, 17 Jan 2020

Um comunicado da Diretoria de Segurança da Informação da Secretaria de Economia (DISEGI) orienta que os servidores não façam o download do aplicativo Portal.DF, disponível no Google Play. O app é, segundo a pasta, clandestino e tem o objetivo de roubar os dados pessoais dos servidores.

A orientação da secretria é que quem já tiver realizado o download, deve desinstalar o aplicativo imediatamente e informar o ocorrido à Subsecretaria de Tecnologia da Informação da PGDF (SUTIC), por meio do ramal 9603, que irá reportar o ocorrido à Secretaria de Economia.

A DISEGI infomrou ainda que está tomando as medidas necessárias para retirar o Portal.DF da loja de aplicativos.

Nota técnica retira do servidor direito a abono em licença de acompanhamento

Qui, 16 Jan 2020

Segundo documento da Secretaria de Economia, esta licença médica não configura efetivo exercício e impossibilita o abono anual. Jurídico SindSaúde tomará medidas

A Subsecretaria de Gestão de Pessoas da Secretaria de Economia do DF enviou nota técnica à gerência de Coordenação de Gestão de Pessoas, ou seja, para as subsecretarias de Gestão de Pessoas (SUGEPs) de todas as secretarias do GDF, apontando a impossibilidade de concessão de abono de ponto a servidor que esteve licenciado por motivo de doença em pessoa da família.

Essa nota técnica muda radicalmente a interpretação do abono de ponto anual dos servidores do DF. De acordo com o documento, o trabalhador que, ao longo do ano, se afastar de suas atividades para acompanhar tratamento de doença em seus familiares não terá o direito ao abono anual. Segundo a nota, este licenciamento não configura o “efetivo exercício” de suas funções.

É