22.5 C
Brasília
sexta-feira, 28 janeiro, 2022

Entenda a Lei nº 5.174 e o calote sofrido pelos servidores [parte 2]

Saiba Mais

SindSaúde DF
Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos de Serviços de Saúde do Distrito Federal

Após mobilização em 2013, o então governador do DF, Agnelo Queiroz (PT), encaminhou à Câmara Legislativa do DF um projeto de Lei visando a uniformização da carga horária de todos os servidores da Saúde do DF. Após todo o rito necessário para a provação do PL na CLDF o Projeto foi aprovado em plenário e, em seguida, foi sancionado pelo Executivo, surgindo a Lei nº 5.174/2013.

De acordo com o normativo, a aplicação seria escalonada em setembro de 2014, 2015 e 2016. A prevista revisão de jornada de trabalho foi cumprida em 2014, só que com a entrada de Rodrigo Rollemberg, a Lei não foi mais cumprida, representando um verdadeiro calote nos servidores da Saúde até hoje.

- Advertisement -spot_img

Últimas Notícias

2.712 servidores recebem mais de R$ 9,8 milhões em pecúnias nesta sexta (28/1)

A Secretaria de Saúde do DF divulgou o pagamento de R$ 9.817.703,40 (nove milhões, oitocentos e dezessete mil, setecentos...

SES paga TPD de novembro nesta sexta-feira (28)

Secretaria de Saúde paga na noite desta sexta-feira (28), os valores referentes ao Trabalho por Período Determinado (TPD) realizado...

Anvisa aprova uso de autotestes de Covid no Brasil

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou, nesta sexta-feira (28), durante sua 3ª Reunião Extraordinária Pública do ano,...
- Advertisement -spot_img
- Publicidade -spot_img