24 C
Brasília
quinta-feira, 24 setembro, 2020

Servidora do grupo de risco conquista o direito ao teletrabalho durante a pandemia

Saiba Mais

SindSaúde DF
SindSaúde DF
Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos de Serviços de Saúde do Distrito Federal

Sindicalizada foi defendida pela equipe do Jurídico SindSaúde

O Jurídico SindSaúde segue na defesa dos servidores da Saúde para auxiliar em processos na Justiça. Em uma ação movida pelos advogados do sindicato, uma servidora conquistou o direito de realizar suas atividades em regime de teletrabalho durante a pandemia da Covid-19. A sindicalizada pertence ao grupo de risco.

A servidora tem 73 anos e é portadora de cardiopatia, hipertensão e diabetes, portanto, pertencente ao grupo de risco para o novo coronavírus. Ela trabalha em um hospital do DF e solicitou junto à sua chefia o regime de teletrabalho, o que foi negado. Com apoio do Jurídico do SindSaúde, ingressou no Judiciário com medida liminar para pedir o afastamento.

O 4º Juizado Especial da Fazenda Pública do DF deferiu o pedido liminar e determinou que a SES conceda, imediatamente, o regime de teletrabalho por 3 meses à profissional, sem prejuízo de sua remuneração.

Insalubridade

Em outra ação, o DF havia ingressado com ação de ressarcimento ao erário de restituição de valores recebidos indevidamente contra servidor. A quantia se referia a adicional de insalubridade. O servidor afirmou que não houve irregularidade no pagamento do adicional de insalubridade, pois só foi concedido após a realização de todos os procedimentos administrativos à época. Assim, a 4ª Vara da Fazenda Pública do DF julgou improcedente, pois entendeu que o servidor não agiu de má-fé e que o equívoco foi do Estado.

GATA

Por fim, decisão transitada em julgado concedeu, em 2ª instância, o direito ao pagamento da última parcela e retroativos da GATA (Gratificação de Apoio Técnico-Administrativo) a servidor.

Atendimento durante pandemia

O Jurídico SindSaúde-DF iniciou os atendimentos a servidores sindicalizados por videochamada. A medida foi disponibilizada para abertura de novos processos e para situações emergenciais e terá utilização enquanto durar o decreto que restringe o atendimento pessoal na sede do sindicato, motivado pela pandemia mundial do coronavírus.

As solicitações devem ser feitas pelo servidor via WhatsApp Jurídico (61 – 99314-3952). As novas demandas ou casos emergenciais serão avaliados pela coordenação e, caso necessário, será agendado o atendimento por vídeo, de acordo com calendário da equipe de advogados.

O servidor que tiver seu atendimento agendado para videochamada deve instalar o aplicativo do Skype em seu celular ou acessar a ferramenta no computador. Abaixo, disponibilizamos um vídeo tutorial para instalação do aplicativo.

A consulta a processos em andamento e outras dúvidas continuam a ser recebidas e avaliadas por mensagem no próprio WhatsApp (61 – 99314-3952).

 

CLIQUE AQUI PARA SABER MAIS SOBRE O ATENDIMENTO POR VIDEOCONFERÊNCIA

- Advertisement -

Últimas Notícias

Plantão Covid 19 – acompanhe as principais notícias do Brasil e do mundo sobre o coronavírus

O SindSaúde-DF reúne abaixo as principais notícias sobre Coronavírus no Brasil e no mundo. Tudo que está...

Nova lei altera recolhimento do ISS para município onde serviço é prestado

Texto sancionado apresenta regras para recolhimento dos Impostos sobre Serviços

Mais 172 equipes de Saúde da Família do DF são reconhecidas pelo MS

As equipes Estratégia Saúde da Família (ESF) estão distribuídas nas 172 unidades básicas de saúde do Distrito...
- Advertisement -
- Publicidade -
Precisa de ajuda??