15.8 C
Brasília
segunda-feira, 13 julho, 2020

BRB não pode descontar mais do que 30% dos salários de sindicalizados, determina Justiça

Saiba Mais

SindSaúde DF
SindSaúde DF
Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos de Serviços de Saúde do Distrito Federal

Servidores em situação de superendividamento entraram com ação junto ao SindSaúde para garantir redução no valor do débito em conta mensal

O SindSaúde é procurado constantemente por servidores que encontram-se em situação de superendividamento devido aos valores referentes à empréstimos consignados junto ao Banco de Brasília (BRB). Nesta semana, dois sindicalizados conseguiram a redução dos descontos abusivos graças ao trabalho do Departamento Jurídico do SindSaúde, que assegurou que o débito não ultrapasse 30% de seus vencimentos.

Os servidores que também estiverem sofrendo com débitos que comprometam boa parte dos salários devem recorrer ao jurídico do SindSaúde. O atendimento é feito de forma totalmente gratuita e sem custos advocatícios ao sindicalizado.

Outro caso

Outra ação de uma servidora, movida pelo Jurídico do SindSaúde, foi julgada procedente para condenar o Governo do Distrito Federal a pagar R$ 2.228,54 devidamente corrigidos  e com juros. O valor é proveniente de acertos financeiros já reconhecidos administrativamente.

Atendimento jurídico do SindSaúde
De segunda à sexta, 9h às 17h.
Local: Edifício Venâncio III, 1º andar – Conic.

- Advertisement -

Últimas Notícias

MP abre crédito extraordinário de R$ 348 milhões para Saúde, Educação e Cidadania

Principal destino do dinheiro é o Ministério da Saúde, R$ 332 milhões

Nova lei prioriza profissionais essenciais na realização de testes para Covid

Dezenas de categorias são consideradas essenciais pela lei, entre elas, médicos, policiais, assistentes sociais e dentistas

SindSaúde mantém atendimento online aos sindicalizados

A diretoria do SindSaúde em reunião nesta terça-feira (8), entendeu que ainda não é o momento adequado...
- Advertisement -
- Publicidade -
Precisa de ajuda??