19.5 C
Brasília
segunda-feira, 20 setembro, 2021

Vacina contra a Covid-19, isso muda tudo, isso muda a vida dos brasileiros

Precisamos nos unir em defesa da vacina contra a Covid-19 no Brasil e é imperativo que façamos a defesa da vacina e da Anvisa

Saiba Mais

Marli Rodrigueshttps://sindsaude.org.br/
Diretora-Presidente do SindSaúde-DF

Até agora, mais de 160 mil brasileiros morreram em decorrência do novo coronavírus e a parte mais dolorida nessa história toda é a perda dos nossos queridos amigos, irmãos, filhos, pais, avós, amores…

O presidente do Brasil, infelizmente, comemorou a suspenção dos testes de uma vacina. Essa postura é péssima! Não é possível que o representante máximo diga a quem quiser ouvir que “todo mundo vai morrer um dia”, desconsiderando as famílias que hoje choram a mortes dos seus. Sabemos que a vida é finita, mas não devemos plantar a morte ninguém.

A marca de milhares de brasileiros mortos não deve, de forma alguma, credenciar as autoridades a serem inconsequentes.

Neste momento, as forças democráticas precisam se unir em defesa da Anvisa e exigir a pela breve chegada da vacina contra a Covid-19.

A Anvisa é um patrimônio do povo e detém a confiança dos brasileiros. Devemos respeitar esse órgão, mantendo sua autonomia e liberdade. São centenas de técnicos, cientistas e servidores, homens e mulheres que conduzem pesquisas e zelam pela sua história.

A Anvisa não tem cabresto e o povo não pode ser vítima da consciência de um presidente indigno.

Não se pode politizar a imunização da vacina contra o novo coronavírus e, em nome de uma ideologia, sacrificar a vida de milhares. O presidente precisa entender que defender a vacina é defender a vida e isso não tem preço.

Por exemplo, a erradicação da poliomielite foi viável graças a demonstração de união do mundo inteiro, onde o interesse pela defesa da vida foi maior que qualquer outro.

Atualmente, existem alguns projetos de vacinas no mundo, em fase final de testes em seres humanos: Inglaterra, China, Alemanha, Rússia e Estados Unidos. E o Brasil realizou parcerias com instituições desses países, além de abrigar suas próprias investigações de um imunizante que proteja a população.

Todos os dias navios cargueiros atracam na costa brasileira trazendo produtos da China, que são consumidos pelos brasileiros. São computadores, máscaras, roupas, vacinas, relógios, games, telefones, inclusive a pólvora veio da China.

É intrigante que Bolsonaro só ataque a vacina, por conta das disputas políticas. E a política não pode se sobrepor a vida!

A vacina não tem passaporte e a única exigência que existe para sua aprovação vem da Anvisa.

O povo brasileiro precisa se unir em uma só voz e entoar um grande coro, para que até os surdos ouçam: Precisamos da vacina contra a Covid-19, pois assim estaremos seguros.

Só a vacina mudará a vida dos brasileiros e trará a tão esperada normalidade.

Vem, vacina.

- Advertisement -spot_img

Últimas Notícias

Reforma Administrativa deve ser votada na terça-feira (21) na Comissão Especial

A Comissão Especial da Reforma Administrativa apresentou o encerramento do debate da Proposta de Emenda à Constituição 32/20, nesta...

Pediu dinheiro para receber algo de um processo judicial? É golpe!

Se você tem um valor para receber na Justiça e receber uma mensagem pedindo que transfira parte para garantir...

Jurídico vence em mais uma ação de exercício findo

Mais uma ação vitoriosa do Jurídico do SindSaúde-DF trará tranquilidade para uma sindicalizada. O Governo do Distrito Federal foi...
- Advertisement -spot_img
- Publicidade -spot_img