18.5 C
Brasília
sábado, 23 outubro, 2021

Holocausto nunca mais

Maior símbolo da barbárie humana, o extermínio de tantas pessoas jamais pode se repetir

Saiba Mais

SindSaúde DF
Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos de Serviços de Saúde do Distrito Federal

O Holocausto, também conhecido pelos judeus como Sheol, foi o genocídio sistematizado de diversos grupos de seres humanos considerados pelo governo nazista como “indesejáveis”, principalmente, a população judaica. Estima-se que 6 milhões de judeus foram executados pelo governo alemão, além de centenas de milhares de indivíduos de outros grupos, como prisioneiros de guerra, homossexuais, ciganos e eslavos

Inicialmente, o plano era de expulsar todos os judeus europeus para colônias na África, como Uganda e Madagascar, mas à medida que a Segunda Guerra Mundial foi se estendendo, e as fortunas da Alemanha mais uma vez se esvaia, iniciou-se a “Solução Final”, ou seja, campos de concentração e de morte, onde os judeus dos territórios conquistados eram transportados para serem utilizados como trabalho escravo no maquinário de guerra alemão. Quando eles não eram mais capazes de trabalhar (como no caso de idosos), eles eram sistematicamente executados.

O Holocausto representa a maior barbárie humana, o cúmulo de séculos de ódio irracional e patológico sendo lançados sobre as comunidades mais marginalizadas e frágeis da Europa. Deve se manter para sempre como o símbolo da selvageria e monstruosidade que acontece quando o ser humano abandona a razão e a compaixão e se deixa controlar pelos seus instintos mais básicos e violentos.

Para que nunca mais aconteça

Nesta quinta-feira (8), às 10h (5h de Brasília), tudo parou em Israel por dois minutos. Israelenses pararam suas caminhadas, motoristas desceram de seus automóveis e todos ficaram em silêncio enquanto sirenes tocaram para recordar o Dia do Holocausto em memória dos seis milhões de judeus exterminados pelos nazistas durante a Segunda Guerra Mundial.

No Brasil, nesta quarta-feira (07), em memória de todos os judeus mortos, foi projetada nas torres do congresso nacional, a frase “Holocausto Nunca Mais”, a ação foi organizada pela Confederação Israelita do Brasil (Conib). A iniciativa marca o Yom Hashoá VehaGvurá (Dia do Holocausto e do Heroísmo), quando no mundo inteiro presta homenagem à memória das vítimas. Lembra-se também o espírito de resistência dos que conseguiram se rebelar em cidades europeias ocupadas e em campos de concentração e extermínio.

Segundo texto publicado no site da Conib, “A luta contra o antissemitismo é permanente. O ódio aos judeus cresce globalmente e não faltam negacionistas e revisionistas que distorcem a História. É preciso sempre lembrar este episódio soturno para que algo parecido não volte a ocorrer nunca mais, com mais ninguém”.

- Advertisement -spot_img

Últimas Notícias

ESSA É A NOSSA 3ª PARCELA – SindSaúde disponibiliza tabela do pagamento da diferença das 4 horas

A área técnica do SindSaúde elaborou a tabela com os ganhos salariais do pagamento da diferença das 4 horas...

Prêmio Congresso em Foco ocorreu nesta quinta-feira (21)

A 14ª edição do Prêmio Congresso em Foco aconteceu nesta quinta-feira (21), de forma híbrida, e premiou deputados e...

Antecipada a segunda dose das vacinas AstraZeneca e Pfizer no DF

A Secretária de Saúde anunciou na quinta-feira (21), que será antecipada a partir desta sexta-feira (22), a vacinação contra...
- Advertisement -spot_img
- Publicidade -spot_img