22.6 C
Brasília
terça-feira, 2 março, 2021

138.270

Momento histórico: Mônica Calazans, 54 anos, é a primeira brasileira vacinada contra a Covid-19

A enfermeira recebeu na tarde deste domingo (18) a primeira dose do imunizante Coronavac no Brasil

Saiba Mais

SindSaúde DF
SindSaúde DF
Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos de Serviços de Saúde do Distrito Federal

Logo após a aprovação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para o uso emergencial da Coronavac, o Governo de São Paulo, vacinou a primeira pessoa no Brasil contra a Covid-19. A enfermeira Mônica Calazans, de 54 anos, recebeu a dose e pediu para que a população não tenha medo de se imunizar. O momento histórico ocorreu no domingo (17) no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP).

Atuando desde o início da pandemia no tratamento de infectados pelo novo coronavírus, a profissional de saúde, Mônica Calazans, orientou sobre a importância da imunização. “Estou falando agora como mulher, brasileira, mulher negra, que acreditem na vacina. Vamos pensar no monte de vidas que nós perdemos, quantas famílias nós perdemos, quantos pais, mães, irmãos. Eu quase perdi um irmão também com Covid. E diante disso é que eu tomei coragem e participei da campanha da vacina”, declarou.

A Coronavac, vacina contra a Covid-19 foi desenvolvida pelo Instituto Butantan em parceria com a farmacêutica chinesa Sinovac.

Esteve ao lado da primeira pessoa vacinada no Brasil, o governador de São Paulo, João Doria. “É a história de uma mulher negra que venceu todas as dificuldades para se tornar enfermeira e vive até hoje na zona leste, em Itaquera. Eu fiquei emocionado com a forma com que ela se dirigiu a mim com lágrimas nos olhos”, afirmou Doria.

Grande dia

Outra enfermeira que participou deste grande momento na história do Brasil, foi a profissional da enfermagem Jéssica Pires de Camargo, 30 anos, coube a ela a função de aplicar a primeira vacina contra a Covid-19 em Mônica Calazans.

Ao portal G1, Jéssica afirmou que ao desempenhar função tão honrosa lembrou-se de todos os profissionais de saúde que perderam a vida na linha de frente contra a Covid-19 nos últimos meses. “A chegada da vacina traz um sentimento de esperança para que agora as coisas se encaminhem, esperança que a pandemia acabe logo. E que as vidas perdidas não sejam esquecidas”, ponderou a enfermeira.

Para a presidente do SindSaúde, Marli Rodrigues, este momento marca a memória e o coração dos brasileiros, para ela, é o início do fim de um dos capítulos mais difíceis do Brasil. “O valor simbólico desta primeira pessoa vacinada é indescritível. Junto com a enfermeira Mônica Calazans, todos nós, profissionais de saúde, sentimos a emoção de escrever mais uma página de vitória da ciência e do SUS. Agora precisamos fortalecer a conscientização dos brasileiros na importância da imunização e que a vacina é segura e eficaz”, finalizou.

- Advertisement -

Últimas Notícias

Plantão Covid 19 – acompanhe as principais notícias do Brasil e do mundo sobre o coronavírus [MARÇO]

O SindSaúde-DF reúne abaixo as principais notícias sobre Coronavírus no Brasil e no mundo. Tudo que está sendo dito...

Leia os principais destaques SOBRE AS VACINAS contra o coronavírus

O que está sendo dito no Brasil e no mundo sobre a imunização contra a Covid-19

É preciso reinventar a PEC Emergencial e a reforma administrativa

A Proposta de Emenda Constitucional (PEC) no 186/2019, chamada PEC da Emergência Fiscal, e a Reforma Administrativa (PEC no...
- Advertisement -
- Publicidade -
Precisa de ajuda??