21.6 C
Brasília
segunda-feira, 19 abril, 2021

CLDF vota Mesa Diretora para 2021 e 2022

O deputado distrital Rafael Prudente (MDB) é reeleito e continuará à frente da Câmara Legislativa com seu vice Rodrigo Delmasso

Saiba Mais

SindSaúde DF
SindSaúde DF
Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos de Serviços de Saúde do Distrito Federal

A Câmara legislativa do Distrito Federal (CLDF), votou na manhã desta terça-feira (15), a nova Mesa Diretora. Com 21 votos, o deputado distrital Rafael Prudente (MDB) foi reeleito presidente da Casa para o biênio de 2021 e 2022. Assim como o vice-presidente da CLDF, Rodrigo Delmasso (Republicanos), que também continuará com o cargo no período.

“Fico feliz, porque cheguei à Presidência com 17 votos. E, agora, após algumas falhas e alguns acertos, somos reconduzidos com alguns votos a mais”, afirmou o deputado Rafael Prudente.

Concorrendo também à presidência, o deputado Reginaldo Veras (PDT) que obteve apenas dois votos. O distrital Fábio Felix (PSol) adotou postura independente e se absteve da votação.

Na 1ª Secretaria foi eleito o deputado Iolando Almeida (PSC). O primeiro suplente é o deputado Jorge Vianna (Podemos). Na 2ª Secretaria permanece Robério Negreiros (PSD) na condução. A suplência ficou com Agaciel Maia (PL). E por fim, na 3ª secretaria, foi eleito o deputado Reginaldo Sardinha (Avante), suplência de Hermeto (MDB).

O deputado Fernando Fernandes (Pros) será o ouvidor da CLDF. A corregedoria ficará com o deputado Hermeto (MDB).

Comissões

Comissão de Constituição e Justiça: Presidente Jaqueline Silva (PTB), vice-presidente Martins Machado (Republicanos).

Comissão de Economia, Orçamento e Finanças: Presidente Agaciel Maia (PL), vice-presidente José Gomes (PSB)

Comissão de Defesa do Consumidor: Presidente Chico Vigilante (PT),  vice-presidente Valdelino Barcelos (PP).

Comissão de Defesa dos Direitos Humanos, Cidadania, Ética e Decoro Parlamentar: Presidente Fábio Felix (Psol), vice-presidente Agaciel Maia (PL).

Comissão de Assuntos Fundiários:  Presidente Cláudio Abrantes (PDT), vice-presidente Hermeto (MDB).

Comissão de Segurança: Presidente Roosevelt Vilela (PSB), vice-presidente Fernando Fernandes (PROS).

Comissão de Desenvolvimento Econômico Sustentável, Ciência, Tecnologia, Meio Ambiente e Turismo: Presidente Júlia Lucy (Novo), vice-presidente Daniel Donizet (PL).

Comissão de Fiscalização Governança Transparência e Controle: Presidente  José Gomes (PSB),  vice-presidente Robério Negreiros (PSD).

Comissão de Assuntos Sociais : Presidente Martins Machado (Republicanos), vice-presidente Iolando Almeida (PSC).

Comissão de Educação, Saúde e Cultura: Presidente  Arlete Sampaio (PT), vice-presidente Leandro Grass (Rede).

Comissão de Transporte e Mobilidade Urbana: Presidente  Valdelino Barcelos (PP),  vice-presidente Agaciel Maia (PL).

Comissão especial destinada ao exame de mérito das Propostas de Emenda à Lei Orgânica: Presidente  Eduardo Pedrosa (PTC), vice-presidente Robério Negreiros (PSD).

Projetos aprovados

Após a votação para eleição da Mesa Diretora da CLDF, os deputados distritais apreciaram e aprovaram projetos enviados pelo Poder Executivo. Entre eles, a prorrogação do estado de calamidade pública no DF até 30 de junho de 2021, o que institui o Fundo de Modernização, Manutenção e Reaparelhamento dos Órgãos de Auditoria de Atividades Urbanas e de Fiscalização e Inspeção de Atividades Urbanas – FUNDAFAU, o que institui o Fundo de Aprimoramento do Controle Interno do DF e o do Serviço Voluntário Gratificado (SVG).

Houve o envio de novas matérias, por parte do Poder Executivo, a serem apreciadas ainda nesta terça.

Já no início da noite, foi aprovada pelos deputados a prorrogação do estado de calamidade pública no DF até 30 de junho de 2021. A autoria do projeto é do Executivo. Com isso, o governo fica desobrigado a cumprir as metas estabelecidas na Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), para poder redirecionar investimentos para ações de combate à pandemia.

Com a aprovação do SVG o Poder Executivo poderá, durante o período da pandemia da Covid-19, remunerar a prestação de serviço público extraordinário e específico, conforme o projeto de lei nº 1.637/2020. Na justificativa deste projeto, o GDF afirma que o SVG é “para fortalecimento do combate aos efeitos da pandemia”.

Outro projeto de lei que chegou na CLDF e foi aprovado é o que instituiu as condições e os procedimentos de apuração do ICMS aos contribuintes industriais, atacadistas ou distribuidores do setor de bebidas alcoólicas que terá a alíquota de 15% mantida e não passará para 17% como estava previsto.

Foi também aprovado o projeto para estimular as aposentadorias no âmbito da CLDF, o Projeto de Resolução nº 60 de 2020 oferece incentivos de caráter indenizatório para servidores que já se encontram no final da carreira.

Veja os projetos aprovados nesta terça

• Projeto de Lei Complementar nº 70 de 2020, de autoria do Poder Executivo, que “Institui o Fundo de Modernização, Manutenção e Reaparelhamento dos Órgãos de Auditoria de Atividades Urbanas e de Fiscalização e Inspeção de Atividades Urbanas – FUNDAFAU e dá outras providências”
• Projeto de Lei Complementar nº 71 de 2020, de autoria do Poder Executivo, que “Institui o Fundo de Aprimoramento do Controle Interno do Distrito Federal – PRÓCONTROLE INTERNO e dá outras providências”
• Projeto de Lei nº 1.637 de 2020, de autoria do Poder Executivo, que “Institui o Serviço Voluntário Gratificado”
• Projeto de Lei nº 1.634 de 2020, alterando a Lei nº 5.005/2012, de autoria do Poder Executivo, que instituiu as condições e os procedimentos de apuração do ICMS aos contribuintes industriais, atacadistas ou distribuidores, o setor de bebidas alcoólicas
• Projeto de decreto legislativo, de autoria do Poder Executivo, que prorroga o estado de calamidade pública no Distrito Federal até 30 de junho de 2021.
• Projeto de Lei nº 1.622 de 2020, remanejamento de Orçamento de 9 milhões da Terracap. Cancelando da aquisição e recuperação de imóveis, para o pagamento da execução de sentenças
• Projeto de Lei nº 1.636 de 2020, que abre Crédito Suplementar de R$ 25.000.000,00 para o Plano de Saúde dos Servidores
• Projeto de Lei nº 1.641 de 2020, que abre crédito suplementar de 1 milhão em favor da CODHAB para dar continuidade a manutenção de serviços administrativos gerais
• Projeto de Lei nº 1.639 de 2020, que altera à Lei Orçamentária Anual do DF no valor de R$ 91.568.371,00 em favor da Terracap
• Projeto de Lei nº 1.642 de 2020, que altera à Lei Orçamentária Anual do DF no valor de R$ 40 milhões em favor da Terracap para manutenção e aquisição de imóveis
• Projeto de Lei nº 1.574 de 2020, que abre crédito suplementar à Lei Orçamentária Anual do DF no valor de R$ 24.769.395,00 em favor da Secretaria de Comunicação
• Projeto de Lei nº 1.631 de 2020, projeção das receitas tributárias para o exercício 2020

- Advertisement -

Últimas Notícias

Jurídico do SindSaúde vence em processos de danos morais e para limitar desconto de empréstimo

O Jurídico do SindSaúde conseguiu deferir o pedido de tutela provisória de urgência que determina o Banco de Brasília...

Hospitais Sírio Libanês e DF Star começam a atender o plano GDF Saúde

Os hospitais Sírio Libanês e DF Star abriram atendimento a partir desta semana, para atender os beneficiários do GDF...

Plantão Covid 19 – acompanhe as principais notícias do Brasil e do mundo sobre o coronavírus [ABRIL]

O SindSaúde-DF reúne abaixo as principais notícias sobre Coronavírus no Brasil e no mundo. Tudo que está sendo dito...
- Advertisement -
- Publicidade -
Precisa de ajuda??