25.5 C
Brasília
quinta-feira, 23 maio, 2024

Servidores da saúde dos anos de 1987 a 1990 podem ter valores a receber do PIS PASEP: SindSaúde-DF na Luta por restituição

Prezado trabalhador da saúde que iniciou sua carreira entre 1987 e 1990, é importante que você saiba que pode ter valores a receber do PIS PASEP.

Saiba Mais

O SindSaúde-DF está aguardando uma decisão da Justiça para uma ação que visa restituir os valores que deveriam ter sido depositados e corrigidos nas contas PASEP dos servidores da Saúde que trabalhavam no serviço público antes da Constituição Federal de 1988.

O banco responsável por gerir as contas individuais do PASEP, visando a valorização do montante ao longo do tempo, não efetuou os depósitos nem a correção ao longo de mais de 30 anos. Ao se aposentarem e tentarem resgatar os valores, os servidores descobriram que tinham apenas entre R$ 900 e R$ 1,5 mil, quando, na maioria dos casos, os montantes deveriam ser em média de R$ 50 mil.

QUEM TEM DIREITO

Quem tem direito a esses valores do PASEP são os servidores que trabalharam no serviço público entre 1971 e 1989. Durante esse período, o Programa de Formação do Patrimônio do Servidor (PASEP) era depositado em contas individuais dos beneficiários.

Após a redemocratização, no entanto, a destinação do programa foi alterada, passando a ser direcionada ao Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT). No entanto, essa mudança não afetou as contas já existentes. O Banco do Brasil tinha o dever legal de manter e atualizar os valores das contas individuais até que os beneficiários pudessem retirá-los, o que, segundo o coordenador jurídico do SindSaúde-DF, Leonardo Chagas, nunca aconteceu.

Além da atualização dos saldos, o SindSaúde-DF também busca reparação dos danos materiais para os servidores. “Todos os direitos dos servidores da Saúde foram conquistados com muita luta, e não vamos abrir mão de nenhum deles. Se você tem direito a esse PASEP, entre em contato com o sindicato”, enfatiza a presidente do SindSaúde, Marli Rodrigues.

O serviço de atendimento jurídico continua disponível para os membros do sindicato por videochamada. Isso inclui a abertura de novos processos e situações emergenciais. Os pedidos de novas demandas devem ser feitos pelo servidor através do WhatsApp Jurídico, enquanto os casos urgentes serão avaliados pela coordenação, e se necessário, será agendado atendimento por vídeo, seguindo o calendário da equipe de advogados.

Relação de documentos para a Ação Coletiva do PASEP:

1. Procuração;

2. RG e CPF;

3. Comprovante de residênccia;

4. Último contracheque;

5. Publicação da aposentadoria no DODF;

6. Extratos da(s) Conta(s) de Participação(ões) no PIS e ou PASEP,

do período anterior a outubro de 1988 até a data do saque do saldo.

Consultas sobre processos em andamento e outras dúvidas podem continuar sendo enviadas e avaliadas por mensagem para o número: 61 999182715 – WhatsApp do Jurídico.”

- Advertisement -spot_img

Últimas Notícias

Jurídico do Sindsaúde ganha quase 10 mil reais em causas para filiados

O departamento jurídico do SindSaúde obteve sucesso na Justiça em quatro ações de filiados na última semana, totalizando quase...

Departamento jurídico do Sindsaúde tem conquistado vitória em processos de pagamento dos precatórios para servidores com mais de 60 anos

Os advogados do Sindsaúde têm obtido sucesso consistente em processos de pagamento de precatórios para servidores da saúde com...

Servidores da saúde empenham-se na luta por recomposição salarial

No Clube da Saúde, nessa terça-feira, uma assembleia geral convocada pelo SindSaúde reuniu uma força-tarefa determinada pelos servidores da...
- Advertisement -spot_img
- Publicidade -spot_img