16.1 C
Brasília
quinta-feira, 6 agosto, 2020

Segurança dos servidores deve ser garantida

Saiba Mais

Marli Rodrigues
Marli Rodrigueshttps://sindsaude.org.br/
Diretora-Presidente do SindSaúde-DF

Batalha contra o coronavírus precisa de cuidados especiais principalmente para os trabalhadores

A direção do SindSaúde acompanha com atenção a situação dos servidores da Saúde que estão na linha de frente do trabalho de combate à pandemia do coronavírus no Distrito Federal. Além de uma rotina desgastante e estressante, o profissional da Saúde está exposto mais diretamente ao vírus.

Segundo matéria do G1 desta segunda-feira (30), cento e quatro funcionários do Hospital Sírio-Libanês em São Paulo já testaram positivo para o novo coronavírus e foram afastados para isolamento por 14 dias. Importante dizer que não se trata apenas de médicos, mas existe toda uma equipe que mantém uma unidade de saúde em funcionamento, a reportagem apresenta que entre os infectados do Sírio-Libanês SP estão enfermeiros, técnicos de enfermagem, limpeza, recepção e manutenção.

A primeira morte registrada no DF, foi a de Viviane Rocha, 61 anos, graduada em enfermagem, era assessora técnica do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass). Era uma defensora do Sistema Único de Saúde (SUS). 

Ainda nesta segunda (30), as autoridades espanholas anunciaram que quase 12,3 mil dos infectados pelo novo coronavírus no país são profissionais da saúde. O número é cerca de 14% do total de casos de Covid-19 no país.

Empenho e proteção

Diante deste cenário, a diretoria do SindSaúde cobra do Governo do Distrito Federal empenho na proteção dos servidores da Saúde, seja por meio de distribuição adequada de equipamentos de proteção individual (EPIs), assim como no monitoramento de profissionais que apresentarem sintomas de contaminação pelo vírus, para que sejam testados e acompanhados com atenção.

A SES publicou neste domingo (29), que a Saúde investirá R$ 56 milhões em mais insumos e serviços contra o coronavírus. Dos itens listados estão álcool em gel, testes para Covid-19, ventiladores pulmonares e ambulâncias. O aviso de dispensa de licitação foi publicado em edição extra do Diário Oficial do DF (DODF) deste sábado (28). 

Precisam estar inclusos neste investimento os equipamentos de proteção, necessários neste momento, para os profissionais da saúde. Para a diretoria, o cenário mundial e, agora, nacional, demonstram com clareza a real propensão a que os trabalhadores estão sujeitos durante o combate ao Covid-19.

Cuidar de quem cuida

O GDF precisa estar preparado para cuidar de quem cuida dos pacientes neste momento de pandemia. A Saúde não pode ter perdas de pessoal nas equipes, pois nossa categoria já trabalha no limite e com toda dedicação, mesmo quando não há condições ideais.

Questionada, a assessoria da Saúde afirmou que os estoques de equipamentos estão abastecidos e que aos servidores que possam ter sintomas da doença ou contaminação confirmada, o Plano de Contingência é geral, para atendimento de todos.

- Advertisement -

Últimas Notícias

Plantão Covid 19 – acompanhe as principais notícias do Brasil e do mundo sobre o coronavírus

O SindSaúde-DF reúne abaixo as principais notícias sobre Coronavírus no Brasil e no mundo. Tudo que está...

Pequenas e microempresas poderão ter dívidas com a União parceladas

Nova lei estende descontos sobre multas, juros e encargos e dá carência para início dos pagamentos de dívidas com a União

Perde validade MP que isentou conta de luz de consumidor de baixa renda

Medida provisória instituiu a isenção por causa da pandemia do novo coronavírus
- Advertisement -
- Publicidade -
Precisa de ajuda??