24.5 C
Brasília
sexta-feira, 10 julho, 2020

Deputado Delmasso apoia construção do Hospital do Servidor

Saiba Mais

SindSaúde DF
SindSaúde DF
Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos de Serviços de Saúde do Distrito Federal

Projeto foi apresentado pelo SindSaúde ao GDF e prevê a edificação de um hospital que atenderá todas as categorias

A presidente do SindSaúde, Marli Rodrigues, recebeu o deputado distrital Rodrigo Delmasso (PRB), na última quinta-feira (7), para uma conversa sobre a atual situação dos servidores da Saúde, o foco foi a saúde mental dos profissionais e a construção do Hospital do Servidor Público.

Durante o encontro, o deputado comprometeu-se a apoiar na Câmara Legislativa do Distrito Federal o projeto da construção do Hospital do Servidor Público. Essa pauta, que é exclusiva do SindSaúde, foi acatada também pelo governador Ibeneis Rocha.

Durante a reunião, o deputado Delmasso recebeu da presidente Marli um ofício pedindo que o Hospital do Servidor use, provisoriamente, a estrutura do atual prédio do Hospital Regional do Guará, que deve ser desocupado até fevereiro de 2020, enquanto as instalações definitivas sejam executadas. O deputado aprovou a ideia e disse que sairá em defesa dessa proposta.

Segundo o deputado, o atual HRGu não responde às demandas da comunidade que atende, e a verba de R$ 2,5 milhões foi destinada, por meio de emenda parlamentar, na Lei Orçamentária Anual (LOA), em 2018 e 2019, para elaboração do projeto do novo hospital da Região de Saúde Centro-Sul. O hospital será construído por parceria público privada, na QE 23 do Guará II, no terreno do Posto de Saúde 2, ao lado de posto de combustíveis e em frente à QE 17. De acordo com o projeto elaborado pela Secretaria de Saúde, o hospital terá entre 390 a 420 leitos – o atual HRGu tem apenas 53 leitos.

“Não tenho dúvidas que essa é uma necessidade urgente. E estou pronto para intermediar junto ao governo do DF para que o atual prédio do Hospital Regional do Guará, assim que for desocupado, seja utilizado para a instalação imediata do Hospital do Servidor Público. Vou trabalhar para isso na CLDF”, afirmou o deputado Delmasso.

Relatório da Diretoria de Epidemiologia em Saúde do Servidor mostrou que em 2017 o GDF emitiu 15.557 licenças referentes a enfermidades psicológicas a todos os servidores. Destes a Educação e a Saúde foram responsáveis pela emissão, respectivamente, de 7.639 (49,1% do total) e 6.430 (41,3% do total) do total de atestados.

Este projeto foi compromisso de campanha do então candidato ao governo do DF, Ibaneis Rocha. E reafirmado em reunião, já como governador, com o SindSaúde no dia 29 de janeiro.

“Não é justo que algumas categorias tenham auxílio na saúde e outras não. Por isso, o sindicato acredita que a elaboração do projeto do hospital é a melhor forma de dar a oportunidade de um atendimento digno para os que servem a população”, afirma Marli Rodrigues.

- Advertisement -

Últimas Notícias

MP abre crédito extraordinário de R$ 348 milhões para Saúde, Educação e Cidadania

Principal destino do dinheiro é o Ministério da Saúde, R$ 332 milhões

Nova lei prioriza profissionais essenciais na realização de testes para Covid

Dezenas de categorias são consideradas essenciais pela lei, entre elas, médicos, policiais, assistentes sociais e dentistas

SindSaúde mantém atendimento online aos sindicalizados

A diretoria do SindSaúde em reunião nesta terça-feira (8), entendeu que ainda não é o momento adequado...
- Advertisement -
- Publicidade -
Precisa de ajuda??