26.6 C
Brasília
sexta-feira, 10 julho, 2020

40 HORAS: SindSaúde recebe mais de 500 cadastros. Veja lista

Saiba Mais

SindSaúde DF
SindSaúde DF
Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos de Serviços de Saúde do Distrito Federal

Primeira relação está disponível no Portal e novos nomes ainda estão sendo incluídos

O SindSaúde-DF recebeu mais de 500 cadastros de servidores que estão disponíveis para estender a jornada de trabalho para 40 horas semanais, de acordo com a necessidade do serviço. Desde 9 de janeiro, o sindicato registra os trabalhadores que informaram no SEI a necessidade de ampliação da carga para que a entidade lute pelo benefício. Todos os servidores já devem estar inscritos no SEI (Sistema Eletrônico de Informações) antes de informar ao SindSaúde-DF.

A primeira lista, divulgada abaixo, tem os primeiros servidores cadastrados. O documento será atualizado diariamente e os novos nomes estão sendo incluídos. Nesta sexta-feira (18), a lista atualizada será disponibilizada aqui no Portal.

Para o servidor que ainda não fez seu cadastro e deseja ampliação de carga para 40 horas, o sindicato disponibiliza o WhatsApp (61 99653-6237) para o pedido. Após fazer o requerimento no SEI, basta entrar em contato e repassar as informações necessárias.

A ampliação da jornada para 40 horas semanais é uma pauta inegociável do SindSaúde e todos os pedidos serão encaminhados à Secretaria de Saúde.

“Ainda há tempo para os servidores se cadastrarem. O direito às 40 horas é uma medida urgente a ser concedida aos trabalhadores da SES. Isso vai corrigir o deficit de pessoal e a sobrecarga de trabalho”, afirma a presidente do SindSaúde, Marli Rodrigues.

Para mais informações, os servidores podem entrar em contato pelo WhatsApp do SindSaúde-DF (61 99653-6237).

 

CLIQUE AQUI E ACESSE A LISTA COM OS PRIMEIROS NOMES CADASTRADOS 

*** Estão divulgados apenas os primeiros 3 números da matrícula dos servidores

- Advertisement -

Últimas Notícias

MP abre crédito extraordinário de R$ 348 milhões para Saúde, Educação e Cidadania

Principal destino do dinheiro é o Ministério da Saúde, R$ 332 milhões

Nova lei prioriza profissionais essenciais na realização de testes para Covid

Dezenas de categorias são consideradas essenciais pela lei, entre elas, médicos, policiais, assistentes sociais e dentistas

SindSaúde mantém atendimento online aos sindicalizados

A diretoria do SindSaúde em reunião nesta terça-feira (8), entendeu que ainda não é o momento adequado...
- Advertisement -
- Publicidade -
Precisa de ajuda??