26.1 C
Brasília
quinta-feira, 9 julho, 2020

2019 – O ANO DA REDENÇÃO E DA RECONSTRUÇÃO!

Saiba Mais

Marli Rodrigues
Marli Rodrigueshttps://sindsaude.org.br/
Diretora-Presidente do SindSaúde-DF

Novos ares sopram na Capital do país. Ventos de prosperidade e reconstrução apontam para um futuro promissor.Um filho de Brasília assumiu o comando dessa cidade maravilhosa. O governador Ibaneis deflagrou o período de grandes mudanças, de projetos arrojados, com os olhos voltados para a nossa população tão maltratada e descrente da classe política.

Tudo caminha para que voltemos a ser a capital da esperança. O sonho que Dom Bosco profetizou se concretizará. Aqui, entre os paralelos 15° e 20°,  será reerguida uma cidade rica, abundante e próspera!

É com essa expectativa que a sociedade e os servidores públicos acolhem o novo governo. O titular da saúde, escolhido a dedo pelo governador, tem mostrado sensibilidade e vontade para desenvolver projetos que coloquem a pasta num lugar de excelência. Nossa expectativa é positiva. Boa parte de sua equipe , formada por pessoas jovens, tem tudo para dar uma oxigenada na gestão e trazer ideias inovadoras e tão ousadas, como as metas estipuladas pelo comandante do Buriti.

No entanto, é preciso cautela em algumas setores da saúde onde antigos gestores, sabidamente incompetentes e assediadorea, insistem em permanecer.Não defendemos uma “caça às bruxas”. Porém, é preciso firmeza para evitar a permanência de sabotadores ligados à gestão passada. Pessoas que já tiveram a sua oportunidade de fazer um trabalho eficiente e fracassaram em sua incompetência. 

Temos absoluta confiança no “timing” do governador eleito e que essas situações não serão aceitas. Um homem que foi eleito graças à sua ousadia, inteligência e resiliência não há de permitir essa continuidade contaminada e reprovada nas urnas. O novo chefe do executivo local é um visionário. Acreditou em um projeto vitorioso, mas que num primeiro momento foi visto com desconfiança e relutância por parte da classe política que hoje engrossam as fileiras dos bajuladores e pseudo-apoiadores. 

A postura de Ibaneis em se comprometer com a saúde e com a valorização dos servidores foi fundamental para que possamos ser parceiros e lutar por nossa dignidade e a manutenção de nossos direitos, além de novas conquistas. E assim, a saude e seus servidores caminharam ao lado de Ibaneis.Quando tinha menos de 2% nas intenções de voto! Não bastava tirar Rollemberg, era preciso eleger um novo governo, que pudesse ser o arquiteto dessa grande obra que é a reconstrução de nossa cidade. E na saúde, termos a oportunidade de ser os protagonistas desse projeto. 

Muitos desafios nos aguardam. Queremos contribuir com esse sonho de uma Brasília melhor para todos. Onde os pacientes tenham atendimento, remédios, exames e sejam tratados com humanidade e dignidade. A satisfação do usuário do sistema público de saúde é a coroação de nosso trabalho. Sofremos com a dor do outro e o abandono dos pacientes. Adoecemos com a precariedade do sistema. Precisamos quebrar os paradigmas negativos que pairam sobre a saude pública e seus agentes. Somos servidores do públicos! Somos artífices dessa reconstrução do SUS no Distrito Federal! Que o novo governo mostre a sua grandeza e valorize os seus parceiros nessa empreitada! 

Afinal, na vida, uma estrada só é caminho quando é mão dupla. Caso contrário, é abismo na certa!
Vamos caminhar juntos para tornarmos a prestar um serviço de excelência! Diálogo, Respeito e Reconhecimento são os caminhos para uma parceria duradoura e feliz

Um feliz 2019 para todos!

Marli Rodrigues 

- Advertisement -

Últimas Notícias

MP abre crédito extraordinário de R$ 348 milhões para Saúde, Educação e Cidadania

Principal destino do dinheiro é o Ministério da Saúde, R$ 332 milhões

Nova lei prioriza profissionais essenciais na realização de testes para Covid

Dezenas de categorias são consideradas essenciais pela lei, entre elas, médicos, policiais, assistentes sociais e dentistas

SindSaúde mantém atendimento online aos sindicalizados

A diretoria do SindSaúde em reunião nesta terça-feira (8), entendeu que ainda não é o momento adequado...
- Advertisement -
- Publicidade -
Precisa de ajuda??