SindSaúde
Espaço para falar da saúde mental do servidor

Espaço para falar da saúde mental do servidor

7 Mai 2018

Quem se preocupa com a saúde mental do servidor da Saúde no Distrito Federal? Muitos não conseguem procurar ajuda pois a doença já tomou conta ou uma tragédia já aconteceu.

Os poucos, quando conseguem, percebem que necessitam de assistência médica e interdisciplinar e já apresentam a doença tão avançada que o tratamento já não causa tanto impacto como deveria causar.

Inaugurando o Outro Lado do Servidor, vamos trazer informações acerca da saúde mental dos servidores da Saúde, antes que seja tarde.

Como diz o bom e velho ditado popular: “mente sã, corpo são”.

Traremos de forma resumida algumas das principais patologias que acometem a saúde mental do servidor.

Um agente do governo que lida com os mais variados cenários dantescos e trágicos da situação humana. O recurso mais valioso que o estado pode ter são os recursos humanos. Nessa ideia, traremos conselhos e dicas para a prevenção do servidor, para possibilitar que ele descubra uma possível doença mental em curso para buscar profissionais interdisciplinares para um possível diagnóstico de sofrimento mental. Saber onde e qual a melhor conduta em tratamentos disponíveis em nosso meio.

Certa vez, um governador falou que servidor é substituível. Porém, eu falo que servidor é único e cada um tem sua qualidade especial sabendo colocar no setor certo ele traz eficácia e resultado ao sistema como um todo. Isso que um bom gestor faz: lidera pessoas para potencializar as qualidades boas delas e diminuir suas deficiências.

Te aguardo nos próximos artigos dessa coluna.

 

Dr. Marcel Marcolino
Médico formado pela Universidade Federal de Rondônia
Pós Graduado em Saúde da Família pela Universidade Federal do Ceará