26.6 C
Brasília
sexta-feira, 10 julho, 2020

SindSaúde cobra pagamentos de direitos dos servidores e projeto do hospital para a categoria

Saiba Mais

SindSaúde DF
SindSaúde DF
Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos de Serviços de Saúde do Distrito Federal

Presidente Marli Rodrigues se reuniu com o secretário Osnei Okumoto e deputado Delmasso

A presidente do SindSaúde-DF, Marli Rodrigues, se reuniu com o secretário de Saúde, Osnei Okumoto, e com o deputado distrital Rodrigo Delmasso, na manhã desta quinta-feira (28) para tratar dos interesses dos servidores, especialmente no que diz respeito ao pagamento de direitos engavetados em gestões anteriores e a construção de um hospital para esses trabalhadores.

O deputado Delmasso levou em sua pauta a construção de um novo hospital para a região Centro Sul, no Guará. O parlamentar informou ao secretário que inclusive já destinou emenda de R$1,5 milhão para os projetos arquitetônico e complementar. Com uma nova unidade, o prédio atual seria desocupado e liberado para abrigar então, de forma provisória, o Hospital do Servidor Público, até que uma unidade maior e moderna, seja construída, provavelmente na Asa Sul. Essa é a proposta do SindSaúde, que foi acatada pelo deputado.

O secretário Osnei informou que a construção do Hospital para o servidor já está aprovada pelo governador Ibaneis Rocha e que estudos já estão sendo feitos para a área pretendida.

Ele destacou ainda que aprovou a ideia de já instalar o hospital provisoriamente no prédio do atual Hospital do Guará. “Vamos avaliar a viabilidade e, se for possível, acho ótima essa ideia.”

A presidente Marli Rodrigues destacou que é importante dar andamento nessa proposta. “Nossos trabalhadores precisam dessa segurança que é o hospital exclusivo. Isso trará o atendimento não só nessa gestão, mas em todas. Para sempre teremos o Hospital do Servidor Público. E o atendimento será para todos os servidores do Distrito Federal”, afirma.

Para a sindicalista, a gestão precisa entender que o bom andamento da pasta passa pela valorização dos servidores. 

Parte da diretoria do SindSaúde também participou da reunião para cobrar a valorização dos servidores.

Processo Parado

Ao cobrar do secretário de Saúde que os direitos dos servidores sejam respeitados e os pagamentos atrasados sejam feitos, a presidente Marli Rodrigues lembrou das centenas de servidores que estão prejudicados pelo congelamento da processo da progressão das referências entre 1993 e 2000.

O Secretário afirmou que irá tomar ciência de todo o processo e dar andamento para que esses direitos sejam pagos. (LEIA MATÉRIA COMPLETA AQUI)

Outra demanda da reunião foi o fim do “Turno da fome”, instituído pelo governo de Rollemberg em maio de 2018. (LEIA MATÉRIA COMPLETA AQUI)

- Advertisement -

Últimas Notícias

MP abre crédito extraordinário de R$ 348 milhões para Saúde, Educação e Cidadania

Principal destino do dinheiro é o Ministério da Saúde, R$ 332 milhões

Nova lei prioriza profissionais essenciais na realização de testes para Covid

Dezenas de categorias são consideradas essenciais pela lei, entre elas, médicos, policiais, assistentes sociais e dentistas

SindSaúde mantém atendimento online aos sindicalizados

A diretoria do SindSaúde em reunião nesta terça-feira (8), entendeu que ainda não é o momento adequado...
- Advertisement -
- Publicidade -
Precisa de ajuda??