16.1 C
Brasília
quinta-feira, 6 agosto, 2020

Líder do governo garante apoio à manutenção da GMOV

Servidores farão nova assembleia nesta terça-feira (11), no auditório da Secretaria de Saúde

Saiba Mais

SindSaúde DF
SindSaúde DF
Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos de Serviços de Saúde do Distrito Federal

Os servidores da Secretaria de Saúde se reúnem novamente em assembleia, nesta terça-feira (11), a partir das 10h, no Auditório da SES-DF, para discutir a manutenção do pagamento da Gratificação de Movimentação (GMOV) para os trabalhadores da Administração Central (ADMC). E o SindSaúde garantiu um apoio extra à demanda dos servidores. O líder do Governo, deputado Claudio Abrantes (PDT), participará da assembleia e garantiu apoio aos funcionários.

A proposta do SindSaúde de mudar o texto da Lei Distrital 318/1992 foi aprovada na última assembleia e agora precisa do apoio da Câmara Legislativa.

“Hoje, com toda a dificuldade que servidor público já tem, perder algum tipo de gratificação ou benefício é algo que não podemos pactuar. Vamos trabalhar de maneira firme para que isso seja resolvido o quanto antes e o servidor tenha tranquilidade sobre os seus direitos”, disse o deputado.

A presidente do SindSaúde, Marli Rodrigues, explicou que a questão é política e os servidores estão mobilizados para defender seus direitos, mas precisam de apoio.

Entenda o caso

Em 24 de janeiro, uma decisão da Justiça apontou ilegalidade no pagamento da GMOV para os servidores da ADMC por entender que órgão não corresponde a uma “unidade de Saúde”.

No entendimento do Tribunal de Justiça do DF, por conta da nomenclatura adotada no texto do artigo 3º da Lei 318/1992, a expressão “unidade de saúde” despreza estes trabalhadores lotados na ADMC.

Para o sindicato, esta segregação é indevida, pois se trata de servidores da Pasta que moram em região administrativa diferente a que estão lotados, e por isso não é justo que não recebam a gratificação como todos os outros. A GMOV corresponde a 10% do vencimento do salário.

Para corrigir este imbróglio foi protocolado um ofício ao secretário de Economia, André Clemente, com a proposta de alteração legislativa, mudando na Lei a expressão “unidades de saúde” por “órgão da Secretaria de Estado de Saúde do DF”.

Com esta modificação, não caberão mais interpretações diferentes ou a exclusão da gratificação para qualquer servidor da Saúde que se encaixe nas condições previstas na lei.

- Advertisement -

Últimas Notícias

Plantão Covid 19 – acompanhe as principais notícias do Brasil e do mundo sobre o coronavírus

O SindSaúde-DF reúne abaixo as principais notícias sobre Coronavírus no Brasil e no mundo. Tudo que está...

Pequenas e microempresas poderão ter dívidas com a União parceladas

Nova lei estende descontos sobre multas, juros e encargos e dá carência para início dos pagamentos de dívidas com a União

Perde validade MP que isentou conta de luz de consumidor de baixa renda

Medida provisória instituiu a isenção por causa da pandemia do novo coronavírus
- Advertisement -
- Publicidade -
Precisa de ajuda??