Categoria aprova proposta para incorporação da GATA com parcelas antecipadas

Categoria aprova proposta para incorporação da GATA com parcelas antecipadas

10/03/2020 - 11:58 // Por SindSaúde DF // Imagens: Henrique Cavalheiro // Notícias

Governo recua e altera PL para quitar gratificação em um prazo de um ano

Os servidores da Saúde do Distrito Federal decidiram, em assembleia geral realizada pelo SindSaúde-DF, aceitar a proposta para incorporação da Gratificação de Atividade Técnica-administrativa (GATA) com parcelas antecipadas. A assembleia aconteceu na manhã desta terça-feira (10), no Clube da Saúde.

Em reunião com a presidente Marli Rodrigues nesta segunda-feira (9), o governador Ibaneis Rocha confirmou que o governo recuou nas datas das parcelas e o pagamento será em abril de 2020, outubro de 2020 e março de 2021, quitando os 30% restantes da GATA dentro de um ano.

O primeiro PL enviado previa pagamento parcelado nos seguintes meses: abril de 2020; novembro de 2020; e julho de 2021. O SindSaúde-DF apresentou contraproposta para quitação em parcela única até junho de 2020. No entanto, o GDF alegou que não há verba para pagamento em uma parcela e apenas recuou nos prazos para pagamento;

A nova proposta do GDF ainda deixa aberto espaço para que o governo antecipe as parcelas caso haja disponibilidade orçamentária e financeira.

“Sem dúvida a incorporação dos 30% em parcela única era o que esperávamos há 5 anos. Mas não podemos esperar mais. A categoria aprovou a nova proposta para virarmos essa página”, explica a presidente do SindSaúde, Marli Rodrigues.

Após a incorporação da GATA, o SindSaúde iniciará a luta para cobrança do retroativo.

"Uma assembleia importantíssima que fecha com chave de ouro uma luta de resistência que a nossa categoria travou há 12 anos para incorporar a sua maior gratificação. Isso mostra a capacidade de negociação, principalmente a capacidade de resistência, enfrentando todos os percalços que essa luta trouxe para nós. A gente fecha com chave de ouro, sabemos muito bem valorizar a cada luta nossa e isso foi extremamente importante para a construção dessa vitória", destacou a presidente.

Assim que houver as novas tabelas de cálculos da incorporação da GATA, o SindSaúde publicará aqui no portal e nas redes sociais.

Pauta aprovada na assembleia geral:

1 - Aprovar a proposta e lutar pela antecipação das parcelas;

2 – Judicializar o retroativo;

3 – Compor o grupo do projeto para a modernização da Carreira da Saúde Pública;

4 – Construção do Hospital do Servidor;

5 – Campanha para aprovação da GMOV.

Veja também:

Notícias Coronavírus: SES corrige informação e diz que não há morte pela doença no DF  A Secretaria de Saúde do Distrito Federal divulgou nota, na manhã deste sábado (28), informando...
Notícias SES paga R$5,5 milhões em TPD nesta sexta-feira No total, 4.090 servidores vão receber pelo trabalho extra de janeiro A Secretaria de Saúde deposita,...
Notícias O SUS é maior! Muitos brasileiros esperavam a voz do chefe da nação e aguardavam que as palavras do...
Notícias Campanha de vacinação contra gripe começa com novas regras. Entenda Por conta da pandemia de coronavírus, a imunização foi antecipada e seguirá ordem alfabética para...