SindSaúde orienta aposentados sobre direitos

SindSaúde orienta aposentados sobre direitos

19/09/2019 - 15:59 // Por SindSaúde DF // Imagens: Bruno Leão // Notícias

Encontro com servidores do Gama discute direitos como: exercício findo, pecúnias e PIS PASEP

A Direção do SindSaúde promoveu na manhã desta quarta-feira (18) reunião com os aposentados da Saúde do DF da regional do Gama. O evento ocorreu no Hospital Regional do Gama (HRG). Nas próximas semanas, a presidente Marli Rodrigues deve se reunir com aposentados de todas as regionais com o mesmo objetivo.

Na pauta, a orientação aos servidores sobre seus direitos para buscarem, junto ao governo, possíveis diferenças de valores que possam existir após anos de prestação de serviços.

Um dos assuntos do encontro foi o PIS PASEP. O sindicato alertou que o PASEP é uma obrigação do Estado Brasileiro e não foi devidamente atualizado de acordo com os benefícios financeiros e atualizações dos últimos anos. Por isso, o departamento Jurídico orientou que cabe uma reparação judicial. O SINDSAÚDE-DF já havia aprovado em assembleia o ajuizamento de uma ação coletiva cobrando as atualizações das contas PIS/PASEP para os já sindicalizados ou novos associados que se aposentaram nos últimos 5 (cinco) anos.

Outro tema foi o direito chamado de “exercício findo”. Estes valores são dívidas reconhecidas pelo GDF e que não foram pagas dentro do exercício que deveriam.

O SindSaúde disponibiliza aos seus sindicalizados a consulta para descobrir se existe algum valor a receber. Se houver, o Jurídico, com a declaração de confissão de dívida do GDF e os documentos pessoais do servidor, abre o processo no Judiciário para que o devedor pague.

Por fim, e também muito importante, foi feita a discussão sobre pecúnia. Que é o direito dos servidores que se aposentam de receber benefícios convertidos em dinheiro. Um grande exemplo, é a dos profissionais que não tiraram suas licenças-prêmio durante o tempo de serviço e então elas se tornam pecúnia indenizatória.

A aposentada de laboratório desde 2015, Vania Bueno, não tinha conhecimento sobre vários pontos demonstrados na reunião e vai refazer os cálculos para saber se ainda lhe cabe algum direito que não foi pago. “Acho importante o sindicato esclarecer aos aposentados os seus direitos, nem todos têm a noção que pode haver algo que ainda não lhe foi pago devidamente”, afirmou Vania.

Os servidores aposentados interessados em refazer esses cálculos e cobrar seus diretos terão apoio do SindSaúde para abertura e acompanhamento dos processos.

Veja também:

Notícias Jurídico tem êxito em ações de exercício findo e GATA Ao todo, processos de oito servidores tiveram sentenças positivas A semana termina com mais vitórias no...
Notícias SindSaúde cobra a manutenção de adicionais a servidores afastados Ofício encaminhado à SES reclama descontos indevidos de adicional de insalubridade e auxílio alimentação em...
Notícias Servidor poderá participar de palestra sobre alta performance no serviço público Ônibus sairão de cinco Administrações Regionais para transportar servidores interessados   Em homenagem ao Dia do Servidor...
Notícias Servidores da Saúde ainda são os que mais adoecem Segundo boletim, profissionais da pasta são os mais acometidos por doenças mentais e comportamentais Os servidores...