Mulheres são as que mais adoecem na Saúde

Mulheres são as que mais adoecem na Saúde

19/07/2019 - 12:28 // Por SindSaúde DF // Imagens: Éder Oliveria // Notícias

Trabalhadoras responderam por 80,5% das licenças durante o ano de 2018

As mulheres adoeceram mais que os homens na Secretaria de Saúde do Distrito Federal durante o ano de 2018. Elas responderam por 80,5% das licenças emitidas no ano passado, um total de 31.117 afastamentos.

As servidoras representam 70% da força de trabalho da Secretaria de Saúde. Como em toda a pasta, o maior motivo de afastamento delas foi problemas de transtorno mental e comportamental - 36% do total.

Problemas como ansiedade e depressão lideram os afastamentos - 28,9% e 26,8%, respectivamente. Estresse grave e depressão recorrente também estão entre os motivos que fazem com que os funcionários públicos do DF deixem o trabalho, 17% dos casos.

Perfil do absenteísmo

O levantamento do Perfil do Absenteísmo-doença dos servidores públicos foi realizado pela Secretaria de Fazenda do DF e mostrou que têm aumentado, ano após ano, as licenças dos servidores da pasta.

Em 2018, 15.316 servidores da Saúde tiraram 38.648 licenças, um aumento de 14,3% em relação a 2017. Os homens tiraram menos licenças - respondendo por 30% da força de trabalho, eles se afastaram 7.531 vezes.

A saúde mental é o foco do trabalho do Centro de Atendimento e Estudos da Saúde do Servidor Público do DF (Caessp-DF), conhecido como Espaço NovaMente. Idealizado pelo SindSaúde, o espaço funciona no Guará, num local de 4 mil metros quadrados de área verde.

Recentemente, a técnica de enfermagem aposentada Elzimar Mendes iniciou tratamento na NovaMente. Acometida por depressão há quase três décadas, ela alega que a sua doença sempre foi mal vista entre os seu colegas de trabalho e pelos chefes. “Todos me viam como se eu estivesse forjando uma coisa, como se eu estivesse mentindo, que eu não quisesse trabalhar, mas as pessoas não tinham noção do que eu passava. Tive síndrome do pânico, depressão e muita insônia”.

Espaço Novamente

O local foi criado para atender servidores afastados do trabalho por problemas de saúde mental. Além dos consultórios para atendimento, há espaço para acompanhantes, redário, sala de pesquisa, ambientes ao ar livre e espaço para atividades em grupo.

Os servidores têm atendimento interdisciplinar com profissionais da psicologia, terapia ocupacional, fisioterapia, educação física e serviço social.

Atualmente, o Espaço NovaMente atende servidores da Saúde e do Sistema Penitenciário. Nas próximas semanas começará também o atendimento de trabalhador da Educação e está em estudo a ampliação para servidores da Justiça (Sistema Socioeducativo) e agentes de fiscalização do DF.

A NovaMente disponibiliza, em seu site, o cadastro para o acolhimento e atendimento aos servidores filiados ao SindSaúde-DF. Após a realização desse registro, o interessado será contatado pela equipe da NovaMente, que o informará se ele conseguiu ou não a vaga.

Veja também:

Notícias SES faz a 3ª chamada de transferências do Iges-DF Servidores da lista divulgada devem comparecer nesta sexta-feira (16) na sede da secretaria A Secretaria de...
Notícias Governador do DF reabre diálogo para reajuste de servidores e garante plano de saúde para todos Em conversa com a presidente Marli Rodrigues, Ibaneis Rocha reforçou que busca equilíbrio financeiro até...
Notícias Servidores do DF podem ter até 120 dias para compensar faltas Projeto enviado à CLDF pelo governador atende demanda antiga do SindSaúde-DF Uma demanda antiga do SindSaúde-DF...
Notícias Sindicalizado pode adquirir plano com 6GB de internet, além de WhatsApp e ligações ilimitados São duas opções de planos telefônicos com aparelho Samsumg A10 ou LG K12 O SindSaúde-DF recebeu...