Deputado Delmasso apoia construção do Hospital do Servidor

Deputado Delmasso apoia construção do Hospital do Servidor

11/02/2019 - 14:34 // Por SindSaúde DF // Imagens: Arte: Éder Oliveira / Foto: Rogério Lopes // Notícias

Projeto foi apresentado pelo SindSaúde ao GDF e prevê a edificação de um hospital que atenderá todas as categorias

A presidente do SindSaúde, Marli Rodrigues, recebeu o deputado distrital Rodrigo Delmasso (PRB), na última quinta-feira (7), para uma conversa sobre a atual situação dos servidores da Saúde, o foco foi a saúde mental dos profissionais e a construção do Hospital do Servidor Público.

Durante o encontro, o deputado comprometeu-se a apoiar na Câmara Legislativa do Distrito Federal o projeto da construção do Hospital do Servidor Público. Essa pauta, que é exclusiva do SindSaúde, foi acatada também pelo governador Ibeneis Rocha.

Durante a reunião, o deputado Delmasso recebeu da presidente Marli um ofício pedindo que o Hospital do Servidor use, provisoriamente, a estrutura do atual prédio do Hospital Regional do Guará, que deve ser desocupado até fevereiro de 2020, enquanto as instalações definitivas sejam executadas. O deputado aprovou a ideia e disse que sairá em defesa dessa proposta.

Segundo o deputado, o atual HRGu não responde às demandas da comunidade que atende, e a verba de R$ 2,5 milhões foi destinada, por meio de emenda parlamentar, na Lei Orçamentária Anual (LOA), em 2018 e 2019, para elaboração do projeto do novo hospital da Região de Saúde Centro-Sul. O hospital será construído por parceria público privada, na QE 23 do Guará II, no terreno do Posto de Saúde 2, ao lado de posto de combustíveis e em frente à QE 17. De acordo com o projeto elaborado pela Secretaria de Saúde, o hospital terá entre 390 a 420 leitos – o atual HRGu tem apenas 53 leitos.

"Não tenho dúvidas que essa é uma necessidade urgente. E estou pronto para intermediar junto ao governo do DF para que o atual prédio do Hospital Regional do Guará, assim que for desocupado, seja utilizado para a instalação imediata do Hospital do Servidor Público. Vou trabalhar para isso na CLDF", afirmou o deputado Delmasso.

Relatório da Diretoria de Epidemiologia em Saúde do Servidor mostrou que em 2017 o GDF emitiu 15.557 licenças referentes a enfermidades psicológicas a todos os servidores. Destes a Educação e a Saúde foram responsáveis pela emissão, respectivamente, de 7.639 (49,1% do total) e 6.430 (41,3% do total) do total de atestados.

Este projeto foi compromisso de campanha do então candidato ao governo do DF, Ibaneis Rocha. E reafirmado em reunião, já como governador, com o SindSaúde no dia 29 de janeiro.

“Não é justo que algumas categorias tenham auxílio na saúde e outras não. Por isso, o sindicato acredita que a elaboração do projeto do hospital é a melhor forma de dar a oportunidade de um atendimento digno para os que servem a população”, afirma Marli Rodrigues.

Veja também:

Notícias ATENÇÃO: Saiba como funcionarão unidades de saúde no feriado com ponto facultativo Apenas Emergências, UPAs e Samu funcionarão em horário integral Durante o feriado da Semana Santa, a...
Notícias SES publica normas para servidores que trabalham em unidades de saúde Em publicação no Diário Oficial, a pasta define como o funcionário deve atender o público...
Notícias SindSaúde flagra falta de estrutura em UBS de Ceilândia. Veja fotos: Assédio, falta de condições de trabalho e muito improviso para atender a população do Sol...
Notícias SindSaúde constata assédio moral grave na UBS nº 1, em Ceilândia Gestão tentou impedir entrada da presidente para fiscalizar situação na unidade A presidente do SindSaúde, Marli...