Jurídico SindSaúde esclarece sobre Recurso Extraordinário do STF

Jurídico SindSaúde esclarece sobre Recurso Extraordinário do STF

28/01/2019 - 18:34 // Por SindSaúde DF // Notícias

Nota explicativa sobre o julgamento do recurso no Supremo (905.357/RR)

Como do conhecimento de todos, foi pautado pelo Supremo Tribunal Federal o julgamento do recurso no. 905.357/RR, de interesse do estado de Roraima, com o fim de decidir se é legítimo o reajuste anual constitucional dos servidores daquele estado com base em lei local.

O Distrito Federal, numa tentativa de correlacionar os assuntos pediu para acompanhar o resultado no processo (amigo da corte), num esforço para relacionar o assunto com a situação vivida no Distrito Federal com o não pagamento dos reajustes de seus servidores por dificuldade financeira.

O Sindsaude/DF reitera que não entende qualquer relação entre os assuntos, mesmo que alguns Juízes locais tenha suspendido ações com base na decisão do Ministro e que aguarda o desfecho do caso para seguir regularmente com suas demandas pela implementação da GATA e isonomia.

Ainda que o entendimento local persista em relação ao referido processo, em caso de julgamento negativo na Suprema corte, a correlação dos assuntos terá que ser declarada nas ações individuais.

Seguimos na Luta!

 

 



Veja também:

Notícias Líder do governo garante que em 2020, em primeiro lugar, a GATA. Ano também será de diálogo para reajuste Em reunião com Diretoria do SindSaúde, deputado Claudio Abrantes destacou a atuação do sindicato na...
Notícias Deputados aprovam, em primeiro turno, orçamento 2020 com 3ª parcela de reajuste Segundo turno deve ser votado nesta quinta-feira Os deputados distritais aprovaram nesta quarta-feira (11), em primeiro...
Notícias Saúde lança campanhas solidárias para mobilizar servidores Iniciativa da SUGEP incentiva a doação de produtos de higiene, roupas e também doação de...
Notícias SindSaúde inicia recesso de fim de ano em 9 de dezembro Durante o período, haverá plantão Jurídico para emergências e prazos judiciais Comunicamos a todos os associados...