É claro que o Papai Noel não esquece de ninguém

É claro que o Papai Noel não esquece de ninguém

03/12/2018 - 15:42 // Por SindSaúde DF // Imagens: Dico Artista e Peter Neylon // Notícias

O governador eleito prometeu novos tempos para a Saúde e estamos na expectativa

Chegou dezembro e, com ele, os últimos dias de agonia vividos na gestão Rollemberg. É tempo de festas e confraternizações. Neste período natalino, renasce em todos a esperança por dias melhores. Nós do SindSaúde e todos os servidores da pasta estamos com o olhar voltado para o tempo. Contando os dias que restam para dar adeus ao flagelo desses últimos quatro anos e também na expectativa de novos e promissores dias.  Mais que nunca, o sindicato se sente motivado para o diálogo e para a efetivação dos nossos direitos, sequestrados covardemente pelo governo que foi derrubado nas urnas.

O governador eleito, Ibaneis Rocha, tomará posse no dia 1º de janeiro e este momento será mais uma oportunidade de mostrar que o papel do sindicato é buscar e participar da construção de uma Saúde melhor para a população e para os servidores. O governador eleito fez muitas promessas e o servidor da Saúde acreditou e confiou nas propostas apresentadas. Aderiu de forma maciça a esse projeto, com a expectativa de uma relação de valorização e respeito com os mesmos. O resultado foi uma eleição com números avassaladores.

E agora? O que o "Papai Noel" nos reserva? Esperamos que as promessas se cumpram e a prometida gestão em parceria com os agentes públicos seja realidade na Saúde pública a partir de 2019.

No termo de compromisso, assinado pelo governador eleito com o SindSaúde, ele afirmou que vai cumprir diversas pautas da Saúde e do funcionalismo público. Será que os presentes que estão embaixo da árvore de Natal serão abertos? Teremos o pagamento da GATA? Da nossa isonomia? Da 3ª parcela do reajuste? Da revisão do TPD? Do pagamento das pecúnias, dentre tantas outras demandas? Estamos todos esperançosos que nossos direitos se tornem um presente real!

Podemos sonhar com melhores condições de trabalho nas unidades da rede pública de Saúde? Todos os "presentes" aspirados pelos servidores são na verdade o fruto de nossas lutas. Conquistas que foram negadas e que qualquer governo comprometido com a legalidade teria cumprido.

Com certeza, o governador Ibaneis Rocha entende que, ao tratar de forma digna os servidores da Saúde, estará zelando pelo bem-estar da sociedade. O agente público é o elo entre o povo e o governante. Dessa forma, respeitar o servidor é respeitar o público atendido.

Somos conscientes de nosso papel institucional e, mesmo nesses quatro anos de calvário, que se encerra em 2018, fizemos o nosso melhor. Nos desdobramos para assegurar assistência aos pacientes, aos trancos e barrancos. Adoecemos... Alguns partiram, vencidos pela depressão e por patologias decorrentes da sobrecarga desumana a que fomos submetidos. Além disso, sofremos com o descaso com a nossa saúde laboral, o que acarretou em longos períodos de afastamento e cumprimento de carga horária mesmo estando doentes.

Desejamos que tudo isso fique no passado...

Já estamos ouvindo o trenó que trará novos tempos e continuamos firmes em nosso papel de sindicato, para cobrar do governador e seu secretário de Saúde respeito e todos os direitos dos servidores e usuários.

SindSaúde-DF

 

Veja também:

Notícias SindSaúde coleciona vitórias em 2018 Mesmo com perseguição, sindicato garantiu aos servidores decisões coletivas importantes no Legislativo e Judiciário  Apesar da...
Notícias MP quer saber se SES tem condições reais de assumir serviço de remoção de corpos A partir de janeiro, em casos de mortes naturais, atendimento não será mais do IML....
Notícias Incompetência: SES devolve mais recurso federal e ainda fica com saldo devedor Ministério da Saúde enviou ofício com a cobrança por conta de pagamento sem atualização dos...
Notícias NÃO DEIXE SEUS DIREITOS CAÍREM EM EXERCÍCIO FINDO! Todo final de ano é aquela correria até os setores de pagamento da Secretaria de...