22.6 C
Brasília
terça-feira, 2 março, 2021

138.270

Secretário de Saúde enviará nesta quinta (3) o projeto da modernização da carreira para a Casa Civil

SindSaúde e servidores reunidos na ADMC cobraram de Osnei Okumoto que o projeto saísse da SES o mais rápido possível

Saiba Mais

SindSaúde DF
SindSaúde DF
Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos de Serviços de Saúde do Distrito Federal

O SindSaúde reuniu-se com os servidores da Saúde no auditório da Administração Central (ADMC) da SES, na manhã desta quinta-feira (3), para cobrar do secretário de Saúde que o projeto da modernização da Carreira de Assistência à Saúde fosse enviado para a Casa Civil.

Com auditório lotado, servidores de diversas categorias da saúde reivindicaram a presença do secretário. Após a militância unida dos trabalhadores, o secretário de Saúde, Osnei Okumoto, compareceu ao local para ouvir a demanda do sindicato e dar uma resposta sobre o tema.

Estiveram presentes, a presidente do SindSaúde, Marli Rodrigues, diretores do sindicato, o secretário de Saúde, Osnei Okumoto, o secretário de Relações Institucionais do DF, Vitor Paulo, e a Secretária-adjunta, Beatris Gautério.

A presidente Marli Rodrigues lembrou que esta é uma luta antiga e importante para a categoria, segundo ela, a modernização da carreira de Assistência à Saúde é uma questão de justiça, já que é uma das últimas carreiras do GDF a ter a carreira modernizada. “Nós precisamos que este projeto saia daqui [SES] e vá para a Casa Civil, este projeto obedeceu todos os trâmites e foi elaborado de maneira correta e eficaz, nós vamos ser queremos esta conquista e vitória ainda este ano”, afirma.

Para Osnei, um projeto que veio da Secretaria de Economia e vai para a Casa Civil, tem o reconhecimento do seu secretariado. Segundo o secretário, a modernização tem que acontecer e que compreender a importância do projeto ser aprovado o quanto antes.

“Vou selar o compromisso com vocês que vamos enviar a documentação para a Casa Civil ainda hoje”, destacou o secretário.

De acordo com Vitor Paulo, a luta pela modernização da carreira não é só dos servidores, mas também do Governo, pois entende o quanto os servidores da Saúde merecem esta valorização. “Reconheço o quanto esta modernização fará justiça à carreira. É natural que cada um lute pela sua valorização”, completou. O secretário de Relações Institucionais do DF se comprometeu a articular junto às Casas, às secretarias e assegurou que conversará com cada parlamentar para que o projeto seja aprovado o mais rápido possível.

Para Marli é hora de fazer justiça pelos servidores da Saúde que muitas vezes são injustiçados pelos governos e pela mídia, mas que, sobretudo este ano de pandemia, ficou clara a importância destes profissionais para a sociedade.

“se existe um servidor comprometido com a saúde pública do Distrito Federal são os trabalhadores da SES”, ponderou a presidente.

No fim da reunião, o secretário de saúde confirmou e assegurou que o projeto será enviado ainda hoje para a Casa Civil. Marli agradeceu o apoio dos secretários e lembrou que a luta continua, mas que a categoria sairá vitoriosa.

Servidores mobilizados
Esta é a segunda reunião nesta semana com os servidores da Saúde e o SindSaúde. Na última terça-feira (1º), o SindSaúde-DF reuniu-se com os futuros analistas e técnicos da nova Carreira de Modernização de Assistência à Saúde da Secretaria de Saúde.

Na quarta-feira (2), a presidente do SindSaúde, Marli Rodrigues, esteve na Secretaria de Saúde em reunião com o secretário Osnei Okumoto para tratar do envio do projeto de modernização da carreira da Saúde à Casa Civil.

O projeto
O PL construído e apresentado pelo SindSaúde busca assegurar maior eficiência dos agentes públicos e, consequentemente, uma prestação de serviços de excelência à sociedade com uma carreira moderna e que valorize o servidor público da Saúde.

O Projeto de Lei alcançará um total de 10.661 servidores, sendo 2.887 Especialistas, 5.841 Técnicos em Saúde e 1.933 Auxiliares de Saúde.

A proposta do SindSaúde não apresenta nenhum impacto financeiro e segue as modernizações de carreiras que já ocorreram no DF como nas Carreiras de Políticas Públicas e Gestão Governamental, Gestão de Resíduos Sólidos, Gestão Ambiental e de Apoio às atividades da Polícia Civil, por exemplo.

A proposta do SindSaúde simplifica o que hoje se define como especialidade, revê os cargos dentro da estrutura da SES focando na área de atuação do servidor, mantém os direitos conquistados e fomenta a qualificação continuada.

Enfim, visa a valorização do servidor e suas habilidades profissionais, projetando a aplicação desses conhecimentos no alcance da eficiência do serviço público aliada a qualidade de vida do servidor.

É possível acompanhar o andamento do processo no SEI pelo número 00040-00030642/2020-46.

- Advertisement -

Últimas Notícias

Servir Brasil está na linha de frente da guerra contra a reforma administrativa

A Frente Parlamentar Mista em Defesa do Serviço Público, a Servir Brasil, sempre se posicionou na linha de frente...

COVID-19: Cenário atual da pandemia no Brasil e no DF

O número de casos e óbitos do novo coronavírus no Brasil continua em alta. Após um ano da chegada...

Plantão Covid 19 – acompanhe as principais notícias do Brasil e do mundo sobre o coronavírus [MARÇO]

O SindSaúde-DF reúne abaixo as principais notícias sobre Coronavírus no Brasil e no mundo. Tudo que está sendo dito...
- Advertisement -
- Publicidade -
Precisa de ajuda??