17.5 C
Brasília
sábado, 12 junho, 2021

Secretaria de Economia libera orçamento para pagamento da parcela de maio das pecúnias

Após questionamento do SindSaúde, foi publicado em edição extra do DODF a liberação do crédito. O pagamento deve ser feito até no máximo segunda-feira (7) pela SES

Saiba Mais

SindSaúde DF
SindSaúde DF
Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos de Serviços de Saúde do Distrito Federal

Após o SindSaúde questionar a Secretaria de Saúde e a Secretaria de Economia sobre o pagamento da parcela do mês de maio da dívida deixada pelo governo Rollemberg das pecúnias para aposentados e pensionistas, acaba de ser publicado em edição extra do Diário Oficial do Distrito Federal, desta quarta-feira, 2 de junho de 2021, o Decreto Nº 42.151, que abre crédito suplementar no valor de R$ 5.500.000,00 (cinco milhões e quinhentos mil reais), para reforço de dotação orçamentária consignada no vigente orçamento.

A Secretaria de Economia do DF, na pessoa do seu secretário André Clemente, liberou o crédito para que a SES efetue o pagamento da parcela de maio das pecúnias dos aposentados e pensionistas.

Segundo já foi apurado pelo SindSaúde, a equipes do Fundo de Saúde da SES irá trabalhar diuturnamente para fazer o pagamento o quanto antes. O prazo máximo dado pela equipe é de até segunda-feira (7), à noite, realizar o depósito.

Para presidente do SindSaúde, Marli Rodrigues, foi de grande importância este olhar sensível do secretário André Clemente em solucionar este problema com rapidez. “Estas parcelas das pecúnias já fazem parte do planejamento financeiro mensal destas famílias. Além de que, é um direito que valoriza os servidores que dedicaram seus esforços ao longo de toda uma vida. O secretário de Economia compreendeu e foi solícito na resolução do impasse”, destaca Marli.

CLIQUE AQUI e leia a edição extra do DODF na íntegra

Pecúnias

Pecúnias são valores referentes a indenização de licença-prêmio, isto quando os servidores se aposentavam e não tinham usufruído o benefício na ativa.

O parcelamento da dívida da antiga gestão do GDF cumpre o determinado pelo Decreto 40.208/2019.

De acordo com o artigo n° 17 do Decreto, a partir da segunda cota recebida pelo servidor haveria atualização dos valores, incidindo a correção pelo Índice Nacional de Preço ao Consumidor (INPC). O valor mínimo de cada parcela é de R$ 2 mil (dois mil reais).

A norma estabeleceu que a indenização de licença-prêmio seja paga, todo mês, pelo órgão ou entidade do servidor, em até 36 parcelas mensais e sucessivas.


• O último pagamento de parcela das pecúnias foi realizado em 29 de abril de 2021. O montante foi de mais de R$ 8,5 milhões para 2.651 servidores aposentados ou pensionistas

  • Para o mês de maio, o valor será de R$ 8.641.849,13 para 2659 aposentados.

- Advertisement -spot_img

Últimas Notícias

Servir Brasil integra comissão especial para discutir a Reforma Administrativa

Foi instalada nesta quarta-feira (9) a Comissão Especial da Reforma Administrativa - PEC 32/20 que contará com a participação...

Pessoas com 53 a 59 anos ou mais sem comorbidades podem agendar vacinação contra a Covid-19

O Distrito Federal ampliou a faixa etária de vacinação contra a Covid-19. Pessoas a partir de 53 anos sem...

Plantão Covid 19 – acompanhe as principais notícias do Brasil e do mundo sobre o coronavírus [JUNHO]

O SindSaúde-DF reúne abaixo as principais notícias sobre Coronavírus no Brasil e no mundo. Tudo que está sendo dito...
- Advertisement -spot_img
- Publicidade -spot_img