23.5 C
Brasília
sexta-feira, 3 dezembro, 2021

Semana Nacional do Doador de Sangue destaca a importância da doação

Fundação Hemocentro promove até 26 de novembro uma série de eventos que contará com música e coleta móvel

Saiba Mais

SindSaúde DF
Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos de Serviços de Saúde do Distrito Federal

A Fundação Hemocentro de Brasília (FHB), realiza a partir desta segunda-feira (22) até a próxima sexta-feira (26) a Semana Nacional do Doador de Sangue, o evento que conta com diversas atrações musicais e carreta para coleta móvel. O objetivo é homenagear os doadores mais frequentes e incentivar novos.

Atrações musicais:
Para começar, nesta segunda (22), a artista Nambir Kaur realizou uma apresentação de harpa às 14h. Na terça (23), às 9h, os músicos serão Will Mourão e Sebastian Nadales no baixo acústico e bandolim. Na quinta (25), será a vez do chorinho com Paulo Córdova, Leo Araujo, Lucas Ramalho, Pati Barcellos e Nicolas Madalena. A semana termina na sexta (26) com o violão do músico Dygo Moreno.

Além das atrações culturais, em parceria com o Boulevard Shopping, o Hemocentro terá um grande mural, que formará um “Hall da Fama” com a exposição dos nomes dos 27 principais doadores e multiplicadores que foram destaque durante o ano na doação de sangue. O Painel além de ser instalado ao lado da sala de doação do FHB, também será exposto no Shopping.

Coleta móvel
Como parte das comemorações da Semana do Doador, a carreta Hemocentro Itinerante, para a coleta de sangue, ficará disponível até sexta-feira (26) no estacionamento do JK Shopping, em Taguatinga. Segundo o presidente do Hemocentro, Osnei Okumoto, a localização da Carreta foi uma escolha estratégica por atender três regiões administrativas da Capital. “A população do Distrito Federal abraça a doação de sangue, por isso o Hemocentro Itinerante vai ficar em um local estratégico que atende três regiões administrativas muito importantes para o Hemocentro de Brasília”, afirma Okumoto.

A importância da doação de sangue

Segundo a Organização Mundial de Saúde, uma única doação pode salvar até 4 vidas. No Brasil cerca de 1,6% dos brasileiros doam sangue regularmente. O número está dentro dos parâmetros definidos pela OMS, no entanto é preciso melhorar para que os estoques de sangue se mantenham estáveis. A doação é um ato voluntário, não dói nada e em cerca de um dia o organismo repõe todo o sangue doado.

Estoque de sangue

Para doar sangue durante a pandemia são necessários alguns cuidados, como:
• Estar alimentado (não ingerir alimentos gordurosos antes da doação);
• Dormir pelo menos 6 horas no período de 24 horas;
• Estar saudável sem sintomas de gripes, resfriados ou com tosse nos últimos 30 dias
• Pesar mais de 50 kg
• Ter entre 16 e 59 anos
• Não ter tido hepatite após os 11 anos

Além disso, quem teve covid-19 deve aguardar 30 dias após recuperação total dos sintomas para se candidatar à doação de sangue. Caso tenha tido contato com alguém com suspeitas ou diagnóstico positivo para o vírus, é necessário esperar pelo período de 14 dias.
Pessoas recentemente vacinadas também devem esperar pelo período de 7 dias para se candidatar para a doação. Para doar é necessário fazer o agendamento pelo site hemocentro.df.gov.br. O atendimento é de segunda a sábado, das 7h15 às 18h.

- Advertisement -spot_img

Últimas Notícias

Denúncia no HRG – Chefia expõe os servidores a situações de assédio moral violento

O SindSaúde em reunião na manhã desta sexta-feira (3), recebeu denúncias de assédio moral sofrido por servidores do  Hospital...

Plantão Covid 19 – acompanhe as principais notícias do Brasil e do mundo sobre o coronavírus [DEZEMBRO]

O SindSaúde-DF reúne abaixo as principais notícias sobre Coronavírus no Brasil e no mundo. Tudo que está sendo dito...

Leia os principais destaques SOBRE AS VACINAS contra o coronavírus

O que está sendo dito no Brasil e no mundo sobre a imunização contra a Covid-19
- Advertisement -spot_img
- Publicidade -spot_img