26.5 C
Brasília
sexta-feira, 3 fevereiro, 2023

Saúde abrirá mais 1.585 vagas para temporários

As contratações serão para agentes de saúde, fisioterapeutas, padioleiros, motoristas, psicólogos e assistentes sociais

Saiba Mais

SindSaúde DF
SindSaúde DF
Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos de Serviços de Saúde do Distrito Federal

O Governo do Distrito Federal divulgou nesta terça-feira (29) que reforçará os quadros de pessoal da saúde pública, para melhor atender a população. Atualmente, a Secretaria de Saúde se prepara para mais uma série de contratações que prevêem concurso público, seleção de temporários e ainda criação de novas carreiras. Só para trabalho temporário, serão convocados mais 1.535 trabalhadores.

Segundo a pasta, entre as prioridades está a realização dos novos contratos anuais para agentes de vigilância ambiental (AVA) e agentes comunitários em saúde (ACS). Serão mais 500 vagas para cada categoria.

Segundo a secretária de Saúde, Lucilene Florêncio, em paralelo, a pasta trabalha para realizar, no próximo ano, o concurso público de cargo efetivo para as duas carreiras. “Estamos em fase de elaboração do edital e o Tribunal de Contas pediu vistas do processo. Mas acreditamos que vamos superar em breve os questionamentos e dar prosseguimento ao certame”, informa. O edital prevê 17 vagas imediatas e 400 de cadastro de reserva para o cargo de AVAS; além de 102 vagas imediatas e 500 de cadastro de reserva para o cargo de ACS. 

Para o início do ano, ainda há previsão de outras contratações temporárias. A SES trabalha para concluir o processo de escolha e admissão de mais 300 técnicos em enfermagem, 50 condutores, 80 padioleiros, 70 fisioterapeutas, 50 psicólogos e 35 assistentes sociais. “Faremos contratações temporárias já que essas carreiras não têm concurso vigente”, explica a diretora de Planejamento, Monitoramento e Avaliação do Trabalho da Secretaria de Saúde, Renata Martins. 

A gestora ainda destaca que a Secretaria de Saúde também já tem autorização e prepara concurso público para as carreiras de analista e técnico em Assistência Pública à Saúde, todos cargos efetivos. Para o de nível superior estão previstas 300 vagas imediatas e mais 1952 de cadastro de reserva; já no caso do técnico, serão ofertadas 50 vagas imediatas, além de outras 1700 de cadastro de reserva. “A banca examinadora já foi escolhida. Agora o processo está na Procuradoria para parecer. Em breve, o edital estará nas ruas”, detalha Renata Martins. 

Outro concurso aguardado pelos concurseiros é o de técnico em enfermagem. No setor de contratos da SES, os servidores preparam o certame com 200 vagas imediatas e mais 1.000 para cadastro de reserva. A previsão é de que o edital possa estar na rua ainda no primeiro semestre de 2023.

Novas carreiras

A atual gestão da Secretaria de Saúde também se empenha na Câmara Legislativa do DF para aprovar projeto de lei que cria quatro novas categorias dentro da carreira de Especialista em Saúde Pública. São elas: químico; educador físico; Direito e Legislação; e médico veterinário. “São carreiras de extrema importância no dia a dia administrativo e também na ponta, lá no atendimento direto ao cidadão”, explica a secretária de Saúde, Lucilene Florêncio. 

Segundo ela, na carreira de especialista, a proposta é elaborar um concurso com até 322 vagas imediatas e mais 2.057 de cadastro de reserva.

*Com informações da Agência Saúde-DF 

- Advertisement -spot_img

Últimas Notícias

Milhares de voluntários da Saúde se alistam para cuidar de Yanomâmis

O Brasil e o mundo ficaram chocados com as cenas de abandono e exploração à comunidade indígena Yanomâmi, em...

Agentes comunitários da saúde agora podem acumular dois cargos públicos

Uma grande vitória para os agentes comunitários de saúde (ACS) e para os agentes de combate às endemias (ACE)...

Câncer de pênis – 25% dos casos levam à amputação do órgão em brasileiros

No ano passado, o Brasil registrou 1.933 casos desse tipo de câncer. Apesar de a doença ser considerada responsável...
- Advertisement -spot_img
- Publicidade -spot_img