22.5 C
Brasília
sexta-feira, 22 outubro, 2021

Demandando o Gabinete de Crise – SindSaúde publica denúncias e cobra soluções da SES

O objetivo é contribuir, diariamente, na identificação dos problemas e buscar uma resposta da Pasta

Saiba Mais

SindSaúde DF
Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos de Serviços de Saúde do Distrito Federal

O SindSaúde passará a publicar as denúncias que chegam no sindicato, quase que diariamente, de falta de insumos e recursos necessários para um bom atendimento nas unidades de saúde da Rede Pública do Distrito Federal. A ideia é contribuir com o Gabinete de Crise da Secretaria de Saúde, demandando os problemas e cobrando soluções da Pasta.

Logo que assumiu a SES, o general Manoel Pafiadache criou um Gabinete de Crise com objetivo de identificar problemas e encontrar soluções, a curto prazo, para a Saúde. O Gabinete é composto por gestores de cada área da Pasta. Os encontros do grupo são diários para levantamento de carências, acompanhar processos de aquisição de insumos e até problemas com contratos e infraestrutura.

De acordo com a SES, haverá também reuniões mensais com todas as equipes da ponta, superintendentes e diretores das Regiões de Saúde.

“Para mim, não há problema que não possa ser resolvido quando se trabalha em grupo e em equipe. O Gabinete de Crise foi criado justamente para que, juntos, possamos buscar soluções e somar esforços de todas as áreas para resolver os problemas que têm ocorrido ultimamente”, destacou Pafiadache.

Denúncias

Você pode participar desta ação enviando suas denúncias para o SindSaúde, após apuração da carência publicaremos em nosso portal para que o Gabinete de Crise possa acolher as demandas e apresentar soluções.

Para a presidente do SindSaúde, Marli Rodrigues, é necessário que os servidores tenham todo o suporte necessário para bem atender os pacientes. “A pior coisa para um profissional da saúde é não ter os insumos, equipamentos e infraestrutura necessários para um acolhimento eficiente e digno aos usuários do SUS. Esta será uma forma de apresentar as carências e cobrar uma pronta resposta do Gabinete de Crise da SES”, destaca.

“Além de trabalhar 16 horas mensais de graça, o servidor não suporta mais desenvolver suas atividades correndo riscos por falta de material adequado”, finaliza Marli.

Envie suas denúncias de falta de material ou infraestrutura para o e-mail: [email protected]

- Advertisement -spot_img

Últimas Notícias

ESSA É A NOSSA 3ª PARCELA – SindSaúde disponibiliza tabela do pagamento da diferença das 4 horas

A área técnica do SindSaúde elaborou a tabela com os ganhos salariais do pagamento da diferença das 4 horas...

Prêmio Congresso em Foco ocorreu nesta quinta-feira (21)

A 14ª edição do Prêmio Congresso em Foco aconteceu nesta quinta-feira (21), de forma híbrida, e premiou deputados e...

Antecipada a segunda dose das vacinas AstraZeneca e Pfizer no DF

A Secretária de Saúde anunciou na quinta-feira (21), que será antecipada a partir desta sexta-feira (22), a vacinação contra...
- Advertisement -spot_img
- Publicidade -spot_img