21.6 C
Brasília
segunda-feira, 19 abril, 2021

Ibaneis decreta lockdown total no DF a partir de domingo (28)

Novo decreto do GDF suspende todas as atividades e estabelecimentos comerciais e industriais

Saiba Mais

SindSaúde DF
SindSaúde DF
Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos de Serviços de Saúde do Distrito Federal

O Governo do Distrito Federal, publicou em Edição Extra do Diário Oficial do DF, na noite desta sexta-feira (26), um novo decreto que suspende, a partir de domingo (28), todas as atividades e estabelecimentos comerciais e industriais. A decisão é uma tentativa de diminuir a disseminação do novo coronavírus na Capital.

Estão suspensos os eventos, de qualquer natureza, que exijam licença do Poder Público; atividades coletivas de cinema e teatro; atividades educacionais em todas as escolas, universidades e faculdades, das redes de ensino pública e privada; academias de esporte de todas as modalidades; museus; zoológico, parques ecológicos, recreativos, urbanos, vivenciais e afins; boates e casas noturnas; atendimento ao público em shoppings centers, feiras populares e clubes recreativos.

CLIQUE AQUI e leia a edição extra do DODF com o decreto do governador

Ficam excluídos da suspensão de funcionamento os estabelecimentos considerados essenciais, tais como: supermercados; minimercados; mercearias e padarias; postos de combustíveis; hospitais, clínicas veterinárias; funerárias e serviços relacionados; serviços de fornecimento de energia, água, esgoto, telefonia e coleta de lixo; lojas de material de construção; e cultos, missas e rituais de qualquer credo ou religião.

Cenário da Covid-19 no DF

A média móvel de mortes por Covid-19 no DF subiu para 11 nesta quinta. Na comparação com o indicador apurado há 14 dias, houve crescimento de 8,5%. “Essas novas variantes estão se disseminando pelo país. A gente já sabe que elas existem e são bem mais graves. A gente tem conversado com os técnicos da Secretaria de Saúde e, eles, por sua vez, com o pessoal do ministério (da Saúde)”, comentou Ibaneis.

A medida afeta principalmente lojas, restaurantes e bares, outros serviços ficarão em home office. “Estamos com 92% de UTIs ocupadas e vamos tomar as providências aos poucos, na medida do que for necessário. Por enquanto, essas são as providências urgentes”, disse o governador.

- Advertisement -

Últimas Notícias

Jurídico do SindSaúde vence em processos de danos morais e para limitar desconto de empréstimo

O Jurídico do SindSaúde conseguiu deferir o pedido de tutela provisória de urgência que determina o Banco de Brasília...

Hospitais Sírio Libanês e DF Star começam a atender o plano GDF Saúde

Os hospitais Sírio Libanês e DF Star abriram atendimento a partir desta semana, para atender os beneficiários do GDF...

Plantão Covid 19 – acompanhe as principais notícias do Brasil e do mundo sobre o coronavírus [ABRIL]

O SindSaúde-DF reúne abaixo as principais notícias sobre Coronavírus no Brasil e no mundo. Tudo que está sendo dito...
- Advertisement -
- Publicidade -
Precisa de ajuda??