22.5 C
Brasília
sexta-feira, 22 outubro, 2021

Brasil alcança marca de 100 milhões de pessoas vacinadas com a segunda dose

País registra menor número na média móvel desde abril de 2020, taxa do Distrito Federal preocupa a população

Saiba Mais

SindSaúde DF
Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos de Serviços de Saúde do Distrito Federal

Finalmente o Brasil atingiu um número considerável na Covid-19, que não seja o número de óbitos. Durante esta quarta-feira (13), o país conquistou a marca de 100 milhões de pessoas com o ciclo vacinal completo contra o coronavírus, esse número corresponde a 62,5% do público-alvo. Esse resultado tornou-se possível depois da chegada de mais de 300 milhões de doses que foram distribuídas para todos os estados.

O Ministério da Saúde prevê que até o fim de outubro esse número aumente. Está previsto a chegada de mais 51,5 milhões de doses, sendo 15,3 milhões da AstraZeneca e 36,1 milhões do imunizante da Pfizer. As doses fazem parte de um novo contrato que representa a entrega das 100 milhões de doses para todos os laboratórios.

No total, o Governo Federal contabilizou nos estados e no Distrito Federal cerca de 301 milhões de doses de vacina Covid-19. A Saúde aponta que a eficácia na logística de distribuição tornou possível, hoje (14/10), 93,7% do público-alvo vacinados com a primeira dose. Além disso, mais de 2,4 milhões de pessoas já foram contempladas com a dose de reforço.

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga afirma que, “caminhamos muito desde o início da Campanha de Vacinação, mas precisamos avançar ainda mais. Por isso, convido a todos os brasileiros que ainda não tomaram a segunda dose da vacina que volte ao posto de vacinação para completar o esquema vacinal. Só vacinados venceremos o vírus e voltaremos ao nosso normal”, explica.

Situação do Brasil

Por meio do avanço da vacinação, o Brasil registrou nesta quarta-feira (13), a menor média móvel já registrada desde 27 de abril de 2020. Durante as últimas 24 horas, contabilizou-se 201 mortes, o número total chegou a 601.643 desde o início da pandemia. Notando que a média móvel de mortes dos últimos 7 dias ficou em 318.

Apesar de representar um bom sinal, o feriado de Nossa Senhora Aparecida foi responsável pela queda, já que as equipes foram reduzidas, ocasionando um número menor de registros no sistema nacional. Os números agora passam por um novo levantamento, para tornar mais clara a situação da pandemia.

No Distrito Federal

Diferente de alguns estados, o Distrito Federal tem demonstrado uma alta no número de casos e óbitos pela Covid-19. A taxa de transmissão do DF é quase o dobro do resto do país, representando um avanço no vírus de 1,08%, aponta o boletim epidemiológico desta terça-feira (12). Números acima de 1 representam que a cada 100 pessoas diagnosticadas, outras 100 podem também ser infectadas, sendo assim, no DF a cada 100 pacientes infectados outros 108 contraem a doença.

- Advertisement -spot_img

Últimas Notícias

ESSA É A NOSSA 3ª PARCELA – SindSaúde disponibiliza tabela do pagamento da diferença das 4 horas

A área técnica do SindSaúde elaborou a tabela com os ganhos salariais do pagamento da diferença das 4 horas...

Prêmio Congresso em Foco ocorreu nesta quinta-feira (21)

A 14ª edição do Prêmio Congresso em Foco aconteceu nesta quinta-feira (21), de forma híbrida, e premiou deputados e...

Antecipada a segunda dose das vacinas AstraZeneca e Pfizer no DF

A Secretária de Saúde anunciou na quinta-feira (21), que será antecipada a partir desta sexta-feira (22), a vacinação contra...
- Advertisement -spot_img
- Publicidade -spot_img