22.5 C
Brasília
sexta-feira, 22 outubro, 2021

Luciano Hang acusado de integrar o ‘gabinete paralelo’ comparece a CPI da Covid

O pedido de requerimento foi feito pelo senador Renan Calheiros (MDB-AL)

Saiba Mais

SindSaúde DF
Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos de Serviços de Saúde do Distrito Federal

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid-19 desta quarta-feira (29), traz a participação do empresário Luciano Hang, acusado de compor o chamado ‘gabinete paralelo’. Formado por um grupo de apoiadores, o gabinete era responsável por aconselhar o presidente sobre a pandemia, com ideias sem comprovação científica, como o “tratamento precoce” com hidroxicloroquina e ivermectina.

Acompanhe aqui ao vivo:

O relator da CPI, Renan Calheiros (MDB-AL), responsável pela convocação de Hang, foi aprovada na quarta-feira (22). Durante o depoimento de Pedro Benedito Batista Jr., diretor da empresa de planos de saúde Prevent Senior o nome de Luciano foi citado, coincidentemente no mesmo dia da aprovação. Um dos hospitais Prevent, o Sancta Maggiore, em São Paulo, também foi responsável pela hospitalização da mãe do empresário, Regina Hang, de 82 anos, que morreu em fevereiro deste ano.

O empresário publicou na mesma semana, um vídeo em suas redes sociais, afirmando que a morte de sua mãe poderia ter sido evitada com o “tratamento preventivo”. No entanto, o prontuário de Regina declara que ela, teria sim, feito tratamento com hidroxicloroquina e ivermectina antes da internação. Durante a sua internação ela foi submetida a ozonioterapia por via retal, tratamento proibido pelo Conselho Federal de Medicina.

Ocultação de prontuário

Todas as informações apresentadas pelo prontuário indicavam a morte por Covid-19, porém a doença não consta no atestado de óbito, negligenciando mais um número de morte. Luciano reafirma que a morte de sua mãe não foi por Covid.

O diretor da Prevent Senior confirmou em seu depoimento que em alguns casos o hospital Sancta Maggiore retirava a classificação de covid-19 do prontuário de pacientes que deixavam de apresentar sintomas da doença.

Para o senador Renan Calheiros, “a presença desse senhor nesta Comissão Parlamentar de Inquérito é mais do que recomendável”, aponta. O senador Jean Paul Prates (PT-RN), destaca que, Luciano Hang foi “desumano”, pois “não respeitou nem a própria mãe para defender o governo: deixou que a Prevent Senior falsificasse a causa da morte dela, ocultando a covid-19”.

- Advertisement -spot_img

Últimas Notícias

ESSA É A NOSSA 3ª PARCELA – SindSaúde disponibiliza tabela do pagamento da diferença das 4 horas

A área técnica do SindSaúde elaborou a tabela com os ganhos salariais do pagamento da diferença das 4 horas...

Prêmio Congresso em Foco ocorreu nesta quinta-feira (21)

A 14ª edição do Prêmio Congresso em Foco aconteceu nesta quinta-feira (21), de forma híbrida, e premiou deputados e...

Antecipada a segunda dose das vacinas AstraZeneca e Pfizer no DF

A Secretária de Saúde anunciou na quinta-feira (21), que será antecipada a partir desta sexta-feira (22), a vacinação contra...
- Advertisement -spot_img
- Publicidade -spot_img