26.1 C
Brasília
sexta-feira, 22 janeiro, 2021

Câmara Legislativa aprova regulamentação do ensino domiciliar no DF

Distritais também aprovaram a prorrogação dos contratos de professores temporários para 2021

Saiba Mais

SindSaúde DF
SindSaúde DF
Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos de Serviços de Saúde do Distrito Federal

Os deputados distritais aprovaram, nesta terça-feira (1º), a regulamentação do ensino domiciliar no DF, também conhecido como homeschooling.

Com 12 votos favoráveis e 5 contrários, o texto segue agora para a sanção ou veto do governador. 

A proposta aprovada é a síntese de projetos de lei dos deputados João Cardoso (Avante), Júlia Lucy (Novo), Eduardo Pedrosa (PTC) e Rodrigo Delmasso (Republicanos), além de texto original apresentado pelo Governo do Distrito Federal (GDF).

Cadastro e monitoramento

Segundo o projeto aprovado na CLDF, as famílias educadoras deverão ser cadastradas pela Secretaria de Educação do DF. A pasta deverá manter uma lista com os estudantes.

O aprendizado dos alunos será monitorado por uma instituição de ensino pública ou privada e os estudantes serão avaliados regularmente.

Os estudantes domiciliares terão os mesmos direitos dos alunos das escolas públicas, inclusive de ter acesso à carteirinha estudantil e ao passe livre.

As famílias deverão comprovar aptidão educacional para ministrar as aulas ou contratar um profissional para educar as crianças. Em ambos os casos será necessária a aprovação e o monitoramento de uma instituição de ensino.

A Secretaria de Educação deverá disponibilizar serviço de consultoria, digital ou presencial, aos pais ou responsáveis para tirar dúvidas quanto aos conteúdos programáticos, avaliações e outras dúvidas.

Contratos temporários

Distritais votaram em primeiro turno nesta terça também o Projeto de Lei nº 1.572 de 2020, de autoria do Poder Executivo, que permite ao secretário de Educação prorrogar o contrato temporário dos cerca de 10 mil professores substitutos da rede de ensino do Distrito Federal, em caso de emergência ou calamidade. 

A prorrogação prevista é de 1 ano. Os atuais professores temporários fizeram concurso em 2018 e poderiam trabalhar até dezembro de 2020. 

Segundo o texto aprovado, a decisão final da prorrogação caberá à Secretaria de Educação, que tem processo de escolha da banca organizadora do concurso aberto. Foi aprovada uma emenda excluindo do texto a possibilidade de ampliação de contratos nos quadros da saúde pública ou outras áreas.

Inicialmente, a prorrogação será de um ano letivo, seguindo os moldes do contrato atual. Mas em situação de emergência ou calamidade pública, uma renovação pelo mesmo período será possível.

Outros projetos aprovados

  • Nome de Félix Ângelo Palazzo para ocupar uma das cadeiras da diretoria da Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento do DF (Adasa-DF). Palazzo presidiu o SLU e agora segue para a agência. 
  • Projeto de Lei Complemantar nº 63 de 2020, de autoria do Poder Executivo, que “Altera a Lei Complementar nº 751, de 28 de dezembro de 2007, que cria o Fundo de Modernização, Manutenção e Reequipamento da Polícia Civil do Distrito Federal – FUNPCDF e dá outras providências”.
  • Projeto de Lei nº 946 de 2020, de autoria do Deputado Hermeto, que “Dispõe sobre a publicização de informações sobre fugitivos e foragidos da justiça e dá outras providências”.
  • Projeto de Lei nº 1.566 de 2020, de autoria da Deputada Júlia Lucy, que “Institui a política de acolhimento em família acolhedora de crianças e adolescentes afastados do convívio familiar por decisão judicial e dá outras providências”.
  • Projeto de Lei nº 1.342 de 2020, de autoria da Deputada Arlete Sampaio, que “Altera a Lei nº 6.569, de 5 de maio de 2020, que institui a Política de Assistência Integral à Mulher – PAIM e dá outras providências”.
  • Projeto de Lei nº 1.468 de 2017, de autoria do Deputado Chico Vigilante Lula das Silva, que “Dá o nome de Padre Brandão à Praça localizada em frente e ao lado da Paróquia Santo Inácio de Loyola situada na QN 311 em Samambaia”.

Com informações da Agência CLDF

- Advertisement -

Últimas Notícias

GDF Saúde já possui 2,5 mil instituições credenciadas

O GDF Saúde, plano de saúde para os servidores públicos do Distrito Federal, já possui mais de 20 mil...

Leia os principais destaques SOBRE AS VACINAS contra o coronavírus

O que está sendo dito no Brasil e no mundo sobre a imunização contra a Covid-19

Plantão Covid 19 – acompanhe as principais notícias do Brasil e do mundo sobre o coronavírus [JANEIRO]

O SindSaúde-DF reúne abaixo as principais notícias sobre Coronavírus no Brasil e no mundo. Tudo que está sendo dito...
- Advertisement -
- Publicidade -
Precisa de ajuda??