23 C
Brasília
quarta-feira, 25 novembro, 2020

Com 4 meses de atraso, Planalto libera R$ 160 milhões contra a covid para idosos

O repasse beneficia 2,1 mil instituições de longa permanência que acolhem 68,8 mil idosos

Saiba Mais

SindSaúde DF
SindSaúde DF
Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos de Serviços de Saúde do Distrito Federal

O Poder Executivo liberou nesta semana R$ 160 milhões para abrigos de idosos aplicarem no enfrentamento à pandemia de coronavírus.

Previsto na Lei 14.018, de 2020, o repasse beneficia 2.118 instituições de longa permanência responsáveis pelo acolhimento de 68.896 pessoas. Cada abrigo recebeu o equivalente a R$ 2.322,34 por idoso atendido.

A liberação dos R$ 160 milhões encerra uma espera de quatro meses. A lei que instituiu o auxílio foi sancionada no dia 29 de junho pelo presidente Jair Bolsonaro.

Mas ele vetou um dispositivo que dava prazo de 30 dias para o Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos divulgar a lista das instituições contempladas. A relação dos abrigos beneficiados foi publicada no dia 23 de outubro.

Benefício

De acordo com a lei, os R$ 160 milhões devem ser usados preferencialmente para ações de prevenção e controle da infecção dentro dos abrigos; compra de insumos e equipamentos básicos para segurança e higiene de residentes e funcionários; aquisição de medicamentos; e adequação dos espaços para isolamento dos casos suspeitos e leves.

As instituições de longa permanência para idosos (Ilps) são como residências coletivas, que atendem idosos carentes e/ou abandonados. Eles recebem cuidados como fisioterapia, remédios, alimentação e vestuário. Parte das instituições é mantida com doações e mensalidades, que se somam ao orçamento dos serviços de saúde e de assistência social.

Combate à pandemia

Segundo o portal Siga Brasil, mantido pelo Senado, o auxílio emergencial às Ilps representa 0,03% do orçamento autorizado pelo Poder Executivo para o combate à pandemia.

Dos R$ 605,26 bilhões anunciados até segunda-feira (2) para todas as ações de enfrentamento ao coronavírus, foram efetivamente pagos R$ 469,69 bilhões — o equivalente a 77,6%.

Fonte: Agência Senado e Agência Câmara

- Advertisement -

Últimas Notícias

CLDF aprova adiamento de aumento da alíquota previdenciária e remanejamento de crédito para governo

Com derrubada de veto do governo, GDF só poderá cobrar aumento da reforma da previdência em janeiro

Plantão Covid 19 – acompanhe as principais notícias do Brasil e do mundo sobre o coronavírus [NOVEMBRO]

O SindSaúde-DF reúne abaixo as principais notícias sobre Coronavírus no Brasil e no mundo. Tudo que está...

Cenário mundial de violência contra a mulher é desolador, diz ONU

No dia Dia Internacional de Combate à Violência contra a Mulher, balanço divulgado mostra que o cenário se agravou com o isolamento social
- Advertisement -
- Publicidade -
Precisa de ajuda??