23.5 C
Brasília
sexta-feira, 23 outubro, 2020

Brasil não atingiu a meta para nenhuma das principais vacinas indicadas a crianças de até um ano

Dados apontam cobertura na queda pela 1ª vez em 20 anos.

Saiba Mais

SindSaúde DF
SindSaúde DF
Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos de Serviços de Saúde do Distrito Federal

O Programa Nacional de Imunizações de 2019, em dados analisados pela Folha de São Paulo, registra a existência de queda nas coberturas vacinais nos últimos cinco anos, cuja redução já chega a até 27% para alguns imunizantes.

Em meio a pandemia do novo coronavírus, equipes de saúde dizem ver atrasos na busca pela vacinação também neste ano —o que indica a possibilidade de nova queda histórica nos índices.

A meta de vacinação de bebês e crianças, em geral, costuma variar entre 90% para vacinas contra a tuberculose e rotavírus e 95% para as demais. Abaixo desse número, há 1 forte risco do retorno de doenças já eliminadas ou aumento na transmissão daquelas que estão controladas.

A vacina tríplice viral, que protege contra sarampo, teve o maior índice de cobertura de vacinação de rotina (91,6%). Já a pentavalente, que protege contra difteria, tétano e coqueluche, entre outras doenças, teve o menor registro (69%).

Para Marli Rodrigues, presidente do SindSaúde, diversas questões podem alterar essa meta. “A falsa sensação de que algumas doenças não existem mais, a dificuldade de os responsáveis levarem suas crianças aos locais de vacinação e problemas na distribuição na rede de saúde preocupam bastante e agravam essa situação”, disse Marli.

Com números tão negativos para a população e com tanta expectativa em novas vacinas para diversas doenças, o presidente Bolsonaro promove campanha anti-vacina e segue desmontando a estrutura de saúde, que está sem ministro da saúde há mais de 3 meses.

“Corremos o risco de velhas doenças voltarem a nos assombrar”, alerta Marli Rodrigues.

- Advertisement -

Últimas Notícias

Plantão Covid 19 – acompanhe as principais notícias do Brasil e do mundo sobre o coronavírus [OUTUBRO]

O SindSaúde-DF reúne abaixo as principais notícias sobre Coronavírus no Brasil e no mundo. Tudo que está...

Vacinação é a única forma de conter o coronavírus e salvar vidas

Em entrevista exclusiva, ex-ministro da Saúde comenta decisões do governo federal sobre vacinação e combate à Covid-19
- Advertisement -
- Publicidade -
Precisa de ajuda??