15.8 C
Brasília
segunda-feira, 13 julho, 2020

Enfrentamento ao crack é caso de saúde pública

Saiba Mais

SindSaúde DF
SindSaúde DF
Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos de Serviços de Saúde do Distrito Federal

O governador do DF Agnelo Queiroz declarou, em entrevista radiofônica, que o combate ao crack é uma questão que envolve saúde pública e área social. Ele ressaltou a participação dos Centros de Atenção Psicossocial (CAPS) no plano de combate as drogas do Comitê de Enfrentamento ao Crack e Outras Drogas. A entrevista foi ao ar na terça-feira, 08/11, durante o programa Conversa com o Governador, da Rádio Cultura FM.

“Temos que tratar os dependentes da droga (crack) através de assistência psicológica, ajuda médica e tratamento de saúde. Na outra ponta temos que investir em prevenção e repressão”, analisou o governador.

Os CAPS são coordenados pela Secretaria de Saúde (SES/DF) e prestam atendimento na área de saúde mental de pacientes com transtornos e também dependentes de drogas. O DF conta com Centros de Atenção Psicossocial em Ceilândia, Guará, Sobradinho, Santa Maria, Itapoã e na Rodoviária do Plano Piloto.

 

- Advertisement -

Últimas Notícias

MP abre crédito extraordinário de R$ 348 milhões para Saúde, Educação e Cidadania

Principal destino do dinheiro é o Ministério da Saúde, R$ 332 milhões

Nova lei prioriza profissionais essenciais na realização de testes para Covid

Dezenas de categorias são consideradas essenciais pela lei, entre elas, médicos, policiais, assistentes sociais e dentistas

SindSaúde mantém atendimento online aos sindicalizados

A diretoria do SindSaúde em reunião nesta terça-feira (8), entendeu que ainda não é o momento adequado...
- Advertisement -
- Publicidade -
Precisa de ajuda??