21.5 C
Brasília
sábado, 29 janeiro, 2022

SindSaúde participa de live da Servir Brasil com a bancada do DF sobre a Reforma Administrativa

Estiveram presentes a deputada Érica Kokay, o deputado e coordenador da Servir, professor Israel Batista e o Senador Izalci

Saiba Mais

SindSaúde DF
Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos de Serviços de Saúde do Distrito Federal

A Servir Brasil realizou na quinta-feira (1º), um evento online em suas redes sociais onde foram feitos questionamentos sobre o que a bancada do DF pensa sobre a Reforma Administrativa – PEC 32/20. Estiveram presentes na live a deputada Érica Kokay (PT-DF), o deputado e coordenador da Servir, professor Israel Batista (PV-DF) e o Senador Izalci (PSDB/DF). Todos os parlamentares da Câmara e do Senado da bancada do DF foram convidados a participar, alguns justificaram a ausência e outros não responderam. Participaram diversos representantes de movimentos sindicais.

O coordenador e deputado professor Israel Batista falou no evento online que, “é preciso radicalizar contra o governo! Pois o mesmo está sendo monitorado pela OCDE porque o Brasil recuou no combate a corrupção”. “A intenção do governo é nítida, intenções antidemocráticas!”, ressaltou o deputado.

A diretora do SindSaúde, Laura Batista Cunha, que teve fala durante a live, argumentou que, “ficou muito claro, que temos que fazer uma campanha para o povo. Para que todos entendam que uma coisa é o estado e outra coisa é o governo. A política de governo muda de quatro em quatro anos, já a política de estado tem que ser permanente. O que garante a permanência, a prestação de serviço público de qualidade, são os servidores públicos”, destacou Laura.

A proposta de Reforma Administrativa que foi enviada em setembro de 2020, agride a funcionalidade do serviço público brasileiro, criando tipos diferentes de vínculos com o estado. Ela atinge não somente os servidores atuais, mas também os novos. Para combater a PEC 32/20, a Comissão Especial da Reforma Administrativa foi instalada no dia 09 de junho. Ao total, integram a comissão 34 membros.

O senador Izalci Ferreira participou e esclareceu o que acha da reforma administrativa. Para ele, “a estabilidade do serviço público é fundamental! Não é o momento de implantar uma reforma estruturante no período de pandemia, onde você se quer tem o poder da palavra. Ficamos estarrecidos como o governo quer conduzir essa reforma administrativa e tributária”, afirma.

A deputada federal Erica Kokay também deixou sua opinião, “nós estamos vendo uma proposta de emenda constitucional que não é uma reforma administrativa, ela deforma uma concepção de estado, tenta capturar um estado que está previsto na nossa constituição, que é o estado de proteção social. Ferindo os princípios fundamentais da constituição”, disse. 

Para quem não conseguiu assistir ao evento online, o vídeo está disponível no link abaixo:

Live Reforma Administrativa: O que pensa a bancada do DF

- Advertisement -spot_img

Últimas Notícias

2.712 servidores recebem mais de R$ 9,8 milhões em pecúnias nesta sexta (28/1)

A Secretaria de Saúde do DF divulgou o pagamento de R$ 9.817.703,40 (nove milhões, oitocentos e dezessete mil, setecentos...

SES paga TPD de novembro nesta sexta-feira (28)

Secretaria de Saúde paga na noite desta sexta-feira (28), os valores referentes ao Trabalho por Período Determinado (TPD) realizado...

Anvisa aprova uso de autotestes de Covid no Brasil

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou, nesta sexta-feira (28), durante sua 3ª Reunião Extraordinária Pública do ano,...
- Advertisement -spot_img
- Publicidade -spot_img