SindSaúde DF

15/08/2019 - 12:29 Notícias SindSaúde DF

SES faz a 3ª chamada de transferências do Iges-DF

Informação adicional
  • Imagens: Bruno Leão

Servidores da lista divulgada devem comparecer nesta sexta-feira (16) na sede da secretaria

A Secretaria de Saúde faz a 3ª chamada de servidores que solicitaram o retorno do Instituto de Gestão Estratégica de Saúde do Distrito Federal (Iges–DF) para a Pasta. Os trabalhadores da lista devem comparecer a sede da SES no auditório da administração central nesta sexta-feira (16) às 9h com o formulário do Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde (CNES) preenchido.

De acordo com a Portaria nº 213, de 8 de abril de 2019, publicada no DODF de 9 de abril deste ano,, quando o modelo de gestão foi expandido para algumas unidades de saúde do DF, os servidores destas unidades puderam manifestar sua decisão de permanecer no Iges-DF ou retornar à SES preenchendo a solicitação por uma plataforma online. Segundo a Subsecretaria de Gestão de Pessoas (Sugep) as chamadas serão graduais conforme a possibilidade de substituições por parte do Iges-DF.

CLIQUE AQUI para ter acesso a lista nominal de servidores que devem comparecer à SES nesta sexta-feira (16) às 9h com o FORMULÁRIO DO CNES preenchido.

14/08/2019 - 09:45 Notícias SindSaúde DF

Governador do DF reabre diálogo para reajuste de servidores e garante plano de saúde para todos

Em conversa com a presidente Marli Rodrigues, Ibaneis Rocha reforçou que busca equilíbrio financeiro até 2020 e atenderá demandas da categoria

Em diálogo na manhã desta quarta-feira (14) com a presidente do SindSaúde-DF, Marli Rodrigues, o governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, garantiu que 100% dos servidores terão plano de saúde até o fim do ano ou, no mais tardar, até o início do próximo ano. O governador garantiu também que pretende reestabelecer a economia do DF, no próximo ano, e reabrir o diálogo para o reajuste da categoria.

“Certamente, ano que vem, podemos sentar à mesa para tratar de um reajuste digno para as categorias”, afirmou Ibaneis em mensagem enviada à presidente Marli Rodrigues.

O reajuste das categorias, incorporação da GATA (Gratificação de Atividade Técnico-Administrativa), é uma das demandas do SindSaúde-DF, já tratadas com o governador no início do atual mandato. 

Para a presidente do SindSaúde, é fundamental a saúde física e a saúde financeira do servidor. Ela lembra ainda que há muito tempo os trabalhadores aguardam essa posição do governador.

“O diálogo é passo importante dessa negociação, já que estamos vindo de um governo passado onde fomos abandonados durante quatro anos”, afirma Marli Rodrigues.

Ouça o áudio completo abaixo:

 

Plano de Saúde

Nesta quarta-feira (14) foi noticiado que o Governo do Distrito Federal prepara uma licitação para acelerar a promessa feita no início do ano de fornecer o plano de saúde aos servidores. O benefício será oferecido enquanto não é executada a construção do Hospital do Servidor, proposta sugerida também pelo SindSaúde-DF e acatada pelo governador.

Segundo matéria do Portal Metrópoles, a Secretaria de Fazenda, Planejamento, Orçamento e Gestão (SEFP) organiza um edital para contratar empresa que será responsável por auxiliar na estruturação, operação e dar apoio à gestão do benefício. Ibaneis Rocha garantiu que essa contratação garantirá o plano de saúde a todos os servidores.

Plano de Saúde no IPREV

No Diário Oficial do DF publicado no último dia 12 de agosto, uma portaria cria, no âmbito do Instituto de Previdência do DF - Iprev/DF, o Programa de Assistência à Saúde dos Servidores do Iprev/DF - SAÚDESERV - IPREV. A partir da publicação, a Diretoria de Administração e Finanças do Iprev foi autorizada a adotar as medidas necessárias para a implantação do benefício aos servidores lotados no instituto.

São beneficiários do SAÚDESERV - IPREV os servidores efetivos do Instituto, ativos e aposentados; servidores cedidos e à disposição do Instituto; servidores ocupantes de cargo em comissão sem vínculo efetivo; e servidores requisitados, além dos dependentes destes servidores citados.

O Programa de Assistência à Saúde será prestado em regime de livre escolha, compreendendo a contratação direta pelo beneficiário titular, incluindo seus dependentes, ou pelo beneficiário especial, de Plano de Saúde, ou Seguro Saúde, mediante reembolso parcial dessas despesas pelo Iprev/DF.

Clique aqui e acesse regulamento completo do benefício no IPREV. 

 

13/08/2019 - 11:28 Notícias SindSaúde DF

Servidores do DF podem ter até 120 dias para compensar faltas

Informação adicional
  • Imagens: Bruno Leão

Projeto enviado à CLDF pelo governador atende demanda antiga do SindSaúde-DF

Uma demanda antiga do SindSaúde-DF em defesa dos servidores pode ser aprovada, muito em breve, na Câmara Legislativa do Distrito Federal. Segundo matéria publicada nesta terça-feira (13) no Portal Metrópoles, o governador Ibaneis Rocha enviou Projeto de Lei Complementar (PLC) à Câmara pedindo a ampliação para quatro meses do prazo que os servidores têm para justificar ausências no trabalho.

Em reunião com o governador, em janeiro deste ano, a presidente do SindSaúde-DER, Marli Rodrigues, havia reforçado o pedido. Um termo de compromisso foi assinado pelo governador para atender as demandas do sindicato. (Clique aqui e leia matéria completa)

O projeto, segundo o Portal Metrópoles, deve ser votado em caráter de urgência.

Leia abaixo matéria completa do portal:

O Governo do Distrito Federal (GDF) pretende ampliar para quatro meses o prazo permitido para que servidores públicos da administração direta e indireta possam compensar as ausências registradas nos postos de trabalho. Projeto de lei complementar (PLC) enviado à Câmara Legislativa (CLDF) prevê a alteração do Regimento Jurídico Único dos servidores distritais e estende a possibilidade de reposição de faltas. A pedido do governador, Ibaneis Rocha (MDB), a matéria tramita com urgência na Casa.
 
De acordo com a Secretaria de Fazenda, Orçamento, Planejamento e Gestão, a flexibilidade de compensação busca possibilitar “uma melhor adequação de horário às rotinas a serem adotadas pelos gestores”.
 
Com a alteração no texto, a lei passa a valer com o seguinte conteúdo: “Em caso de falta ao serviço, atraso, ausência ou saída antecipada, desde que devidamente justificados, é facultado à chefia imediata, atendendo a requerimento do interessado, autorizar a compensação de horário a ser realizada até o final do quarto mês subsequente ao da ocorrência”.
 
Até então, o prazo estipulado era de até 30 dias após o registro.
 
Segundo a legislação atual, “o atraso, a ausência justificada ou a saída antecipada são computados por minutos, a serem convertidos em hora, dentro de cada mês”. Atualmente, entre os mais de 110 mil funcionários públicos lotados nos órgãos do GDF, apenas 34.371 registram frequência por meio digital.
 
12/08/2019 - 11:52 Notícias SindSaúde DF

Sindicalizado pode adquirir plano com 6GB de internet, além de WhatsApp e ligações ilimitados

Informação adicional
  • Imagens: Éder Oliveira

São duas opções de planos telefônicos com aparelho Samsumg A10 ou LG K12

O SindSaúde-DF recebeu novos aparelhos para os sindicalizados que tenham interesse em adquirir planos especiais em parceria com a Claro. A promoção vale enquanto durarem os estoques.

O benefício para os associados inclui 6GB de internet, WhatsApp à vontade, SMS ilimitado e ligações ilimitadas para qualquer operadora do Brasil.

O sindicalizado pode contratar seu plano e retirar seu aparelho na sede do SindSaúde.

Veja as opções de aparelhos e escolha o seu:

1 - Celular LG K12 Plus Platinum, 32GB, 3GB Android 8.1, 32GB 5.7, câmera 16MPX'', plano com 6GB de internet, WhatsApp à vontade, SMS ilimitado, ligações ilimitadas para qualquer operadora do Brasil.

2 - Celular Samsung A10 preto 32GB, 6.2'', 2GB RAM, 13MP, Dual Chip, plano com 6GB de internet, WhatsApp à vontade, SMS ilimitado, ligações ilimitadas para qualquer operadora do Brasil.

Os planos têm mensalidades a partir de R$ 119,90 por mês (com o aparelho incluso) e a vigência do contrato deve ser de, no mínimo, 24 meses.

O pagamento mensal do contrato será por débito automático em conta corrente do Banco de Brasília (BRB).

Atendimento de segunda à sexta-feira:
Horário: 9h às 17h
SDS Ed. Venâncio lll sala 109/113 - Brasília, DF, 70393-902
Telefones: (61) 4063-9077 ou (61) 3225-6579
WhatsApp: 61 99653-6237

09/08/2019 - 16:42 Notícias SindSaúde DF

Ações de exercício findo são destaques nas vitórias da semana

Informação adicional
  • Imagens: Éder Oliveira

Jurídico SindSaúde defende servidores em processos que somam mais de R$ 14,2 mil

O Departamento Jurídico do SindSaúde venceu 3 processos referentes a exercício findo e servidoras receberão valores que juntos somam mais de R$ 14,2 mil. Os advogados do sindicato auxiliam sindicalizados em todas as áreas: Cível, Administrativa, Familiar, Criminal, Juizado Especial e Trabalhista.

O 3º Juizado Especial da Fazenda Pública do DF condenou o Governo do Distrito Federal a pagar R$ 4.919,85 a servidora referente a valores reconhecidos administrativamente. Em outro caso, trabalhadora receberá do DF a quantia de R$ 5.956,69, também dívida de exercício findo. Por fim, o mesmo órgão julgador, condenou o DF a pagar R$ 3.491,74 a servidora, pelo mesmo motivo das ações anteriores.

O Índice de Preços ao Consumidor Amplo Especial - IPCA-E será usado na correção monetária em todos os casos.

Uma das novidades de 2019 é o WhatsApp Jurídico, por meio dele o servidor pode tirar dúvidas sobe processos, acompanhar ações coletivas e individuais. O número é (61) 99314-3952.

Atendimento do Departamento Jurídico para sindicalizados:
De segunda à sexta-feira
Horário: 9h às 17h
SDS Ed. Venâncio lll sala 109/113 - Brasília, DF, 70393-902
Telefones: (61) 4063-9077 ou (61) 3225-6579
WhatsApp Jurídico (informações de ações coletivas, agendamentos e dúvidas procedimentais): (61) 99314-3952
JURÍDICO SINDSAÚDE

06/08/2019 - 16:56 Notícias SindSaúde DF

Conferência Nacional de Saúde segue com debates sobre SUS

Informação adicional
  • Imagens: Éder Oliveira

SindSaúde recepciona os participantes do evento com um stand de atendimentos básicos de saúde

A 16ª Conferência Nacional de Saúde, que teve início no domingo e se encerra nesta quarta-feira (7), segue com os debates em defesa de um Sistema Único de Saúde (SUS) fortalecido. O evento ocorre no Pavilhão de Exposições do Parque da Cidade, em Brasília.

O SindSaúde continua com stand no local recepcionando os participantes e oferecendo atendimentos básicos de saúde como uma forma de boas-vindas.

O sindicato também esteve presente no ato unificado que reuniu mais de 4500 pessoas na Praça do Museu da República, no fim da tarde desta segunda-feira (5), onde seis ex-ministros da Saúde lançaram manifesto em defesa do SUS.

A 16ª Conferência Nacional de Saúde (8ª+8)*

O encontro tem por tema: “Democracia e Saúde” e é realizado pelo Conselho Nacional de Saúde (CNS) e Ministério da Saúde. O objetivo da conferência é defender os princípios básicos do Sistema Único de Saúde (SUS), a saúde pública como direito de todos e a democracia brasileira.

06/08/2019 - 14:00 Notícias SindSaúde DF

Recadastramento para servidores da Saúde começa em dezembro

Informação adicional
  • Imagens: Bruno Leão

Prazo para atualização de dados dos servidores da Pasta será de 1º de dezembro de 2019 até 14 de fevereiro de 2020

Os servidores da Secretaria de Saúde (SES) terão que atualizar seus dados junto ao Governo do DF a partir de 1º de dezembro de 2019. A portaria nº 256, que regulamenta o recadastramento, foi publicada no Diário Oficial do Distrito Federal (DODF) desta terça-feira (6). Todos os servidores públicos ativos da Administração Direta, Autárquica e Fundacional do DF, e dos empregados públicos das empresas dependentes do Tesouro do DF deverão realizar o procedimento, cada um em datas específicas.

Segundo a Secretaria de Estado de Fazenda, Planejamento, Orçamento e Gestão do DF (SEPLAG), ao todo serão 130 mil trabalhadores envolvidos no processo.
Foi apresentado um calendário, e os servidores da Saúde terão o prazo de 1º de dezembro de 2019 a 14 de fevereiro de 2020 para se atualização dos dados. O recadastramento deverá ser realizado por meio do site: http://sistemas.df.gov.br/recadastramento.

Caso o agente público possua mais de um vínculo, efetivo ou comissionado, com o GDF, e que esses vínculos sejam de órgãos/entidades distintas devem se recadastrar em ambos, exceto se o prazo definido for o mesmo para as entidades que trabalha, nesta situação deve ser realizado apenas um recadastramento.

Segue abaixo o calendário completo do recadastramento:

calendário de recastramento

05/08/2019 - 12:15 Notícias SindSaúde DF

Democracia e Saúde é tema de conferência em Brasília

Informação adicional
  • Imagens: Conselho Nacional de Saúde

O SindSaúde participa da 16ª Conferência Nacional de Saúde e luta pela valorização do SUS

Começou neste domingo (4) a 16ª Conferência Nacional de Saúde (8ª+8), realizada no Pavilhão de Exposições do Parque da Cidade, em Brasília. O sindicato está presente no evento com um stand de atendimentos básicos de saúde. Na cerimônia de abertura, que reuniu milhares de pessoas, estavam presentes usuários e trabalhadores do SUS, sindicalistas, gestores e especialistas em saúde.

WhatsApp Image 2019 08 05 at 12.13.12

Entre os membros da mesa, estava o presidente do Conselho Nacional de Saúde (CNS), Fernando Pigatto, que agradeceu a participação de todos e convocou para um debate respeitoso e sólido. “Temos que celebrar juntos todas as diferenças que existem entre nós. Essa é a verdadeira democracia que pregamos”, destacou.

Diversas autoridades estavam presentes, assim como o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, que destacou a importância do evento na construção de um SUS brasileiro cada vez mais íntegro. “Estamos aqui para desejar que esta conferência seja um marco histórico e que façam um bom debate”, afirmou.

Democracia e Saúde

O encontro, que será de 4 a 7 de agosto, no Pavilhão de Exposições do Parque da Cidade em Brasília, tem por tema: “Democracia e Saúde” e é realizado pelo Conselho Nacional de Saúde (CNS) e Ministério da Saúde. O objetivo da conferência é defender os princípios básicos do Sistema Único de Saúde (SUS), a saúde pública como direito de todos e a democracia brasileira. O SindSaúde está presente com um estande, onde oferece atendimentos básicos de saúde, informações sobre a luta sindical e apontamentos sobre o atual situação da saúde no país.

Ato Unificado

No dia 5 de agosto, segunda-feira, às 17h, haverá um ato em defesa da Saúde, Democracia e Direitos Sociais. A concentração será às 17h na praça do Museu Nacional. O SindSaúde e a NovaMente estarão presentes e distribuirão cartilhas sobre saúde mental do trabalhador.

“É de suma importância que existam momentos de debate e construção de um SUS cada vez mais eficaz e digno. Neste momento de tanta discordância política, não se pode esquecer que a Saúde é de todos e deve ser pensada por todos. A gratuidade e o acesso à saúde devem ser um bem protegido pelo país inteiro”, assegura Marli Rodrigues, presidente do SindSaúde-DF.

01/08/2019 - 17:29 Notícias SindSaúde DF

Ações de exercício findo somam quase R$ 100 mil

Informação adicional
  • Imagens: Bruno Leão

O Jurídico foi vitorioso em 7 ações de exercício findo, além de um pagamento da GAB)

O mês de agosto inicia com vitórias do Departamento Jurídico do SindSaúde. Foram 7 servidores que ganharam em ações referentes a exercício findo e que somam mais de R$ 99,4 mil. Além de uma ação que condenou o GDF a pagar a Gratificação de Incentivo às Ações Básicas de Saúde (GAB) a servidora.

O 1º Juizado Especial da Fazenda Pública do DF julgou procedente que 4 servidores que tiveram apoio jurídico do sindicato recebam valores relativos aos acertos financeiros decorrentes de exercícios anteriores. As quantias são R$ 26.881,75, R$ 6.837,30, R$ 1.834,03 e R$ 12.508,77, respectivamente.

O GDF foi sentenciado a pagar verbas em exercício findo no valor de R$ 845,64 e R$ 21.526,56, a dois servidores. A decisão foi do 2º Juizado Especial da Fazenda Pública do DF.

Servidora receberá o valor de R$ 29.237,79, referente aos acertos financeiros decorrentes de exercícios anteriores. Desta vez o órgão julgador foi o 3º Juizado Especial da Fazenda Pública do DF.

O Índice de Preços ao Consumidor Amplo Especial - IPCA-E será usado na correção monetária em todos os casos.

Por fim, o DF foi condenado ao pagamento da Gratificação de Incentivo às Ações Básicas de Saúde (GAB) desde 01/10/2017, cujas parcelas já vencidas deverão ser corrigidas monetariamente desde quando deveriam ter sido pagas a servidora. A sentença foi do 1º Juizado Especial da Fazenda Pública do DF.

Atendimento do Departamento Jurídico para sindicalizados:
De segunda à sexta-feira
Horário: 9h às 17h
SDS Ed. Venâncio lll sala 109/113 - Brasília, DF, 70393-902
Telefones: (61) 4063-9077 ou (61) 3225-6579
WhatsApp Jurídico (informações de ações coletivas, agendamentos e dúvidas procedimentais): (61) 99314-3952
JURÍDICO SINDSAÚDE

01/08/2019 - 13:54 Notícias SindSaúde DF

16ª Conferência Nacional de Saúde começa neste domingo

Informação adicional
  • Imagens: Bruno Leão

O SindSaúde estará presente no evento que tem como tema “Democracia e Saúde” e será marcado pela defesa do SUS

O SindSaúde participará do 16ª Conferência Nacional de Saúde, promovido pelo Conselho Nacional de Saúde (CNS) de 4 a 7 de agosto, no Pavilhão de Exposições do Parque da Cidade em Brasília. O tema do encontro será: “Democracia e Saúde”. O sindicato estará presente com um estande, onde oferecerá atendimentos básicos de saúde, informações sobre a luta sindical e apontamentos sobre o atual situação da saúde no país.

Para a organização, o objetivo da conferência é defender os princípios básicos do Sistema Único de Saúde (SUS), a saúde pública como direito de todos e a democracia brasileira.

O momento é realizado pelo Conselho Nacional de Saúde (CNS) e Ministério da Saúde e estima receber mais de 5 mil pessoas, entre agentes de saúde, líderes sindicais, movimentos sociais, conselheiros de saúde, trabalhadores e gestores do SUS.

De forma democrática, a conferência é um elo entre a sociedade e o governo, pois debaterá o melhoramento e a elaboração do Plano Nacional de Saúde.

8ª+8

Em 2019, o evento fará memória a 8ª Conferência Nacional de Saúde, realizada em 1986, de onde surgiram as bases para a seção “Da Saúde” da Constituição Brasileira, em 1988.

Oportunidade para repensar, reconstruir, reafirmar, impulsionar e efetivar os princípios e diretrizes do Sistema Único de Saúde (SUS) e garantir a saúde como direito humano para todos.

Ato Unificado

No dia 5 de agosto, segunda-feira, às 17h, haverá um ato em defesa da Saúde, Democracia e Direitos Sociais. A concentração será às 17h na praça do Museu Nacional. O SindSaúde e a NovaMente estarão presentes e distribuirão cartilhas sobre saúde mental do trabalhador.

“É uma honra e uma alegria podermos participar da 16ª Conferência Nacional de Saúde. A defesa do SUS e da democracia sempre foi um pilar no movimento sindical. É para isto que existimos, para lutarmos por condições de trabalho adequadas e por atendimento digno para todos os brasileiros”, destaca a presidente do SindSaúde, Marli Rodrigues.


Serviço
16ª Conferência Nacional de Saúde (8ª+8)
Quando: De 4 a 7 de agosto de 2019
Onde: Brasília, DF (Pavilhão de Exposições do Parque da Cidade)
Contato: www.conselho.saude.gov.br/16cns
(61) 3315 2150 [email protected]

30/07/2019 - 14:32 Notícias SindSaúde DF

Contracheques de servidores já estão corrigidos sem desconto indevido

Informação adicional
  • Imagens: Éder Oliveira

Os valores foram reparados e não será preciso folha suplementar

Os contracheques dos servidores da Saúde que tinham sido lançados no sistema com descontos indevidos, na última sexta-feira à noite, já foram corrigidos nesta terça-feira, segundo informou a Subsecretaria de Gestão de Pessoas (SUGEP-SES). 

Os descontos de Imposto de Renda estavam com valores atípicos em alguns contracheques do pagamento da folha de julho. Agora, já foram relançados com a correção.

Segundo a Coordenadoria de Administração de Pessoal da Secretaria de Fazenda, Planejamento e Gestão do DF (COAP/SEFP), o erro foi devido a uma inconsistência gerada pelo próprio sistema e que foi ajustado pela equipe técnica.

Entenda o problema

Desde a noite desta sexta-feira (26), servidores da Saúde usaram as redes sociais relatando descontos indevidos no Imposto de Renda. Alguns disseram que o valor cobrado foi quase o dobro do mês de junho.

Ainda no sábado pela manhã, a Subsecretaria de Gestão de Pessoas (SUGEP), junto com a SEFAZ, buscou a causa do problema e uma solução.

A SUGEP garantiu ainda aos servidores que ninguém seria prejudicado.

A presidente do SindSaúde DF, Marli Rodrigues, destaca a importância dessa medida de reparação. “São compromissos e atitudes da gestão que fazem a diferença na vida dos servidores. Erros acontecem, o que importa é a agilidade e a vontade de corrigi-los”, conclui.

29/07/2019 - 14:36 Notícias SindSaúde DF

Saúde paga R$ 7,5 milhões em pecúnias nesta segunda-feira

Informação adicional
  • Imagens: Éder Oliveira

 Valores são para aposentados entre 16 de agosto e 5 de setembro, além de restantes de antigas aposentadorias

A Secretaria de Saúde do DF deve pagar, na noite desta segunda-feira (29), um total de R$ 7.552.660,30 em pecúnias para 97 servidores aposentados. De acordo com informações da Secretaria de Fazenda, Planejamento, Orçamento e Gestão do DF, o pagamento deve ser compensado nas contas dos servidores na manhã desta terça-feira (30).

Os recursos quitam dívidas com aposentados entre 16 de agosto e 5 de setembro de 2016, além de pagar também valores de resíduos devidos para 22 aposentados entre 2003 a 2015.

A liberação de recursos deste mês foi de R$ 2 milhões a mais do valor que vinha sendo liberado após acordo com o governo.

O pagamento mensal faz parte do compromisso assumido pelo governador Ibaneis Rocha, em reunião com a presidente do SindSaúde, Marli Rodrigues, para quitar as dívidas de pecúnias com servidores.

“Sabemos que os cofres públicos estavam esvaziados no fim do último governo, mas temos percebido o esforço em acabar com esse calote aos aposentados. O pagamento de pecúnias tem que estar entre as prioridades do GDF e essa regularidade acontece por conta do diálogo constante do sindicato com a Sugep e o Fundo de Saúde do DF. Estamos sempre em busca do melhor para o servidores e temos sido ouvidos e atendidos” finaliza.

* Procurada, a SES ainda não respondeu os questionamentos do SindSaúde até o fechamento da matéria.

27/07/2019 - 11:34 Notícias SindSaúde DF

Servidores da Saúde têm descontos indevidos no contracheque de julho

Valores estão previstos em pagamentos do trabalho realizado no mês vigente

Desde a noite desta sexta-feira (26), quando os contracheques do GDF foram disponibilizados na internet, servidores da Saúde usaram as redes sociais para postagem de diversas reclamações em relação a descontos indevidos no Imposto de Renda.

Alguns relatam que o valor cobrado é quase o dobro do mês passado. Diversas mensagens foram enviadas pelos trabalhadores questionando a situação.

Uma nota, atribuída à Gestão de Pessoas da SES, informa que:

“Atenção, servidores da SES!
Recebemos relatos de vários servidores acerca de inconsistência com descontos maior no IR lançado em seus contracheques de julho. A SUGEP informa que a DIPAG (Diretoria de Pagamento) já está trabalhando para identificar o ocorrido e buscar a solução junto à SEFP (Secretaria de Fazenda e Planejamento). A equipe técnica trabalha para corrigir o problema antes do pagamento".

O SindSaúde fez contato com a subsecretária de Gestão de Pessoas (SUGEP), Silene Almeida, que nos informou que a SES divulgará nota aos servidores. Adiantou, porém, que desde a noite desta sexta-feira, quando foi informada por vários servidores sobre a ocorrência, fez contato com a Diretoria de Pagamento da SES para que verificassem a situação para identificar quantos e quais servidores foram atingidos.

Informou ainda que, a folha é calculada e rodada pela SEFP e que já fez contato com a subsecretária de Gestão de Pessoas do órgão, Tânia Monteiro,  e ela pediu para tranquilizar os colegas da Saúde. Segundo a gestora da SEFP, serão feitas as verificações necessárias e todo desconto indevido será pago, junto com o pagamento, em folha suplementar.

A subsecretária da SUGEP/SES afirmou que julga importante esse esclarecimento para os servidores e, por isso, envidou todos os esforços com a sua equipe para uma resposta rápida e efetiva.

Entenda o problema

O cálculo da folha de pagamento deste mês de julho, que é feito pela Secretaria de Estado de Fazenda Pública, veio um desconto maior do Imposto de Renda no contracheque de alguns servidores da pasta.

Até o momento, não há relatos que isso tenha ocorrido em outras pastas. No entanto, na SES, há registros de descontos a mais de valores diversos.

De acordo com a SUGEP da SES, a equipe da SEFP só tomou conhecimento do problema após serem acionados por eles.

A presidente do SindSaúde DF, Marli Rodrigues, destacou que a rápida solução evita transtornos para os servidores. “A providência imediata é o que sempre esperamos e tem sido executada. Mostra que nós, servidores, temos esse canal direto e permanente”, finaliza Marli.

26/07/2019 - 17:51 Notícias SindSaúde DF

Ações de exercício findo se destacam entre vitórias do Jurídico

Informação adicional
  • Imagens: Éder Oliveira

Servidores saíram vencedores também em processos da GATA e GAB

O Departamento Jurídico do SindSaúde encerra a semana com sucesso em mais processos e ações na Justiça. Foram 9 deferimentos favoráveis a servidores para o recebimento de dívidas de exercício findo que somam mais de R$ 66,7 mil. Há também dois casos de incorporação da GATA em 1ª instância, ou seja, vitória na primeira etapa.

O 2º Juizado Especial da Fazenda Pública do DF julgou procedente que 5 servidores recebam valores reconhecidos administrativamente. Em um dos casos o servidor receberá R$ 40.319,10. O mesmo órgão sentenciou o DF a pagar R$ 702,40, R$ 4.081,77, R$ 1.159,92 e R$ 4.060,26, respectivamente, a 4 servidores.

O GDF foi condenado a pagar verbas em exercício findo no valor de R$ 5.434,58 e R$ 3.247,70 a dois trabalhadores. A decisão foi do 1º Juizado Especial da Fazenda Pública do DF.

Por fim, o 3º Juizado Especial da Fazenda Pública do DF julgou procedente que o governo pague R$ 2.036,76 e R$ 6.032,22 a dois profissionais por dívidas de exercícios anteriores.

Em todos os casos anteriores os valores deverão ser corrigidos monetariamente pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo Especial - IPCA-E.

Uma servidora teve sentença favorável pelo 1º Juizado Especial da Fazenda Pública do DF e receberá o pagamento da Gratificação de Incentivo às Ações Básicas de Saúde – GAB por parte do GDF.

Houve ainda, dois casos de incorporação da GATA procedentes em 1ª instância. A direção do SindSaúde alerta os servidores, que, caso o governo do DF não cumpra com a incorporação da GATA, é importante que os servidores acionem a Justiça até agosto de 2020 para recebimento da GATA retroativa.

Atendimento do Departamento Jurídico para sindicalizados:
De segunda à sexta-feira
Horário: 9h às 17h
SDS Ed. Venâncio lll sala 109/113 - Brasília, DF, 70393-902
Telefones: (61) 4063-9077 ou (61) 3225-6579
WhatsApp Jurídico (informações de ações coletivas, agendamentos e dúvidas procedimentais): (61) 99314-3952
JURÍDICO SINDSAÚDE

25/07/2019 - 14:28 Notícias SindSaúde DF

SES paga TPD de maio nesta quinta-feira

Informação adicional
  • Imagens: Éder Oliveira

Serão mais de R$ 5,9 milhões que estarão na conta de 4.654 servidores

A Secretaria de Saúde do DF pagará nesta quinta-feira (25) os valores referentes ao Trabalho em Período Definido (TPD) de maio de 2019. Ao todo 4.654 servidores da Pasta receberão em suas contas na sexta-feira (26) as respectivas quantias, o montante é de R$ 5.970.882,20. Quase R$ 100 mil irão para os 108 profissionais que trabalharam nas tendas de hidratação durante o surto de dengue.

A informação foi confirmada pela SES, por meio da Subsecretaria de Gestão de Pessoas e Fundo de Saúde do DF (SUGEP) e pelo Fundo de Saúde do DF (FSDF).

“Estamos em constante diálogo com a SUGEP e o FSDF para que os servidores recebam seus direitos dentro do prazo previsto em lei. O pagamento feito de forma correta pelo governo incentiva os profissionais a se dedicarem cada vez mais com um atendimento digno e compromissado para a sociedade”, destaca Marli Rodrigues, presidente do SindSaúde.

24/07/2019 - 17:36 Notícias SindSaúde DF

Casos de dengue seguem aumentando no DF

Informação adicional
  • Imagens: Éder Oliveira

Já são 36,3 mil notificações e 33 mortes pela doença

O informativo epidemiológico, divulgado pela Secretaria de Saúde do DF na última segunda-feira (22), mostra que a capital do País chegou a 36.389 casos prováveis e notificados de dengue. Ao todo, já foram 33 mortes pela doença, de janeiro a junho deste ano. Ainda há um óbito em um caso provável de dengue que está sendo investigado.

Para reduzir os índices e evitar mortes, existem as ações que são responsabilidades do governo, as campanhas de conscientização, o diagnóstico e tratamento de infectados e a manutenção de áreas públicas.

Porém, há também a necessidade da população se unir na eliminação de focos de proliferação das lavas do mosquito. Para isso, manter suas casas, quintais, comércios e apartamentos limpos e sem recipientes que contenham ou possibilitem o acúmulo de água parada.

“Nem a mudança das temperaturas fez os números reduzirem. Isso tudo é um aviso para lembrar que 2020 é logo ali. É preciso começar as estratégias da próxima campanha. De continuar vistorias em possíveis focos de proliferação do mosquito e preparar equipes no acompanhamento de novos caso”, lembra a presidente do SindSaúde-DF, Marli Rodrigues.

Cuidados Básicos
Fechar tonéis e caixas d’água, manter calhas sempre limpas, deixar garrafas viradas com a boca para baixo, lixeiras tampadas, ralos limpos e com aplicação de tela, colocar areia em vasos de plantas para evitar acúmulo de água, limpar regularmente potes de água dos animais e de forma alguma deixar água acumulada em qualquer lugar da casa ou do terreno.

Os sintomas mais comuns em pessoas infectadas são: dor de cabeça, febre alta e de início abrupto (39˚ C a 40˚ C), dores no corpo e atrás dos olhos, fraqueza e náuseas. Em sua forma mais grave, a doença ainda provoca dores abdominais intensas, vômitos persistentes e sangramento nas mucosas. Em caso de suspeita um médico deve ser procurado.

Para denunciar algum local que possa ser foco de reprodução do mesmo, clique aqui.

24/07/2019 - 15:39 Notícias SindSaúde DF

SindSaúde e NovaMente participarão de ato unificado em defesa do SUS

Informação adicional
  • Imagens: Éder Oliveira

Evento, no próximo dia 5 de agosto, será durante a 16ª Conferência Nacional de Saúde

O SindSaúde e o Centro de Atendimento e Estudos da Saúde do Servidor Público do Distrito Federal (Caessp-DF) - Espaço NovaMente - participarão, no próximo dia 5 de agosto, do ato unificado "Saúde, Democracia e Direitos Sociais" em defesa do Sistema Único de Saúde (SUS), em Brasília.

O evento na capital federal prevê a participação de aproximadamente 5 mil pessoas e será durante a 16ª Conferência Nacional de Saúde, organizada pelo Conselho Nacional de Saúde (CNS), que ocorrerá de 4 a 7 de agosto.

A proposta é debater melhorias para as políticas de saúde, que vêm passando por um processo constante de redução de investimentos desde 2016, quando houve a aprovação da Emenda Constitucional (EC) n° 95, que congelou investimentos em saúde até 2036.

Ato unificado

O ato em defesa da Saúde, Democracia e Direitos Sociais será no Museu Nacional, às 17h. Além do suporte e defesa da causa, o SindSaúde e a NovaMente também distribuirão uma cartilha sobre saúde mental do trabalhador.

“O SUS vem passando por um processo de abandono e isso reflete diretamente no atendimento da população e também na saúde do servidor”, explica a presidente do SindSaúde, Marli Rodrigues.

Segundo dados do Conselho Nacional de Saúde, o SUS é a única opção de assistência à saúde para mais de 75% das pessoas que vivem no Brasil.

 

SERVIÇO:
Ato Nacional Unificado “Saúde, Democracia e Direitos Sociais”
5 de agosto de 2019, às 17h
Praça do Museu da República- Brasília/DF.

23/07/2019 - 16:13 Notícias SindSaúde DF

NovaMente firma parceria com Sindpen-DF e atenderá Agentes de Atividades Penitenciárias

Informação adicional
  • Imagens: NovaMente

Os sindicalizados do Sindpen-DF serão atendidos gratuitamente por uma equipe interdisciplinar composta por psicólogos, enfermeiro, educador físico, terapeuta ocupacional, fisioterapeuta e assistente social

Estudos mostram que os agentes de atividades penitenciárias tendem a sofrer constantes pressões decorrentes tanto da organização do trabalho a que são submetidos, quanto dos fenômenos sociais que os envolvem. Fatores como a precarização do trabalho e o estresse diário podem ocasionar alterações no funcionamento psicológico, prejudicando o desempenho do indivíduo na vida familiar, social, pessoal, no trabalho, nos estudos, na compreensão de si e dos outros, na possibilidade de autocrítica, na tolerância aos problemas e na possibilidade de ter prazer na vida em geral.
 
Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS, 2017), existe uma prevalência cada vez mais frequente desses transtornos entre os servidores do sistema penitenciário, por isso é urgente a necessidade de identificação precoce desses problemas para que sejam realizadas intervenções mais eficazes.
 
Pensando nisso, o Sindicato dos Agentes de Atividades Penitenciárias (Sindpen-DF) firmou uma parceria com o Espaço NovaMente, de iniciativa do SindSaúde-DF, visando acolher e atender de forma interdisciplinar os sindicalizados, com profissionais da psicologia, terapia ocupacional, fisioterapia, enfermagem, educação física e serviço social.
 
Para dar início ao tratamento gratuito, o Sindpen está disponibilizando 15 vagas para atendimento. Interessados, entrem em contato com o sindicato através do telefone (61) 3321-1949 ou no WhatSapp (61) 8321-0201. As vagas serão preenchidas por ordem cronológica das inscrições.
23/07/2019 - 10:45 Notícias SindSaúde DF

Ansiedade e depressão são principais motivos de afastamento de servidores

Informação adicional
  • Imagens: Éder Oliveira

Transtornos mentais e comportamentais foram responsáveis por 19% das licenças da Saúde em 2018

Os servidores da Secretaria de Saúde tiraram 38.648 licenças para tratar de saúde em 2018. Destas, 7.435 foram para tratar de problemas de transtorno mental ou comportamental, 19,2% do total.

Entre os problemas mais registrados estão a ansiedade e a depressão. O percentual de servidores com transtornos ansiosos dentro das 7.435 licenças chegou a 28,9%, seguido de episódios depressivos, com 26,8%.

Em seguida aparece o estrese grave, com 17,3% dos episódios de licenças por transtorno mental ou comportamental, e o transtorno depressivo recorrente, com 17,2%.

Saúde mental

Não é o primeiro ano que a saúde mental é o que mais afasta servidores da Secretaria de Saúde. Em 2017 este já era o principal motivo de afastamento e licenças para cuidar da saúde.

O motivo, inclusive, deu origem ao Centro de Atendimento e Estudos da Saúde do Servidor Público do DF (Caessp-DF) - Espaço NovaMente-, criado pelo SindSaúde-DF.

“Nós ficamos assistindo servidores se afastarem e, muitas vezes, nem voltarem por falta de cuidado. O Estado virou as costas, nós não poderíamos fazer o mesmo. E assim surgiu a NovaMente”, explica a presidente do SindSaúde, Marli Rodrigues.

Espaço NovaMente

O Espaço NovaMente funciona no Guará, num espaço de 4 mil metros quadrados de área verde. Além dos consultórios para atendimento há espaço para acompanhantes, redário, sala de pesquisa, ambientes ao ar livre e espaço para atividades em grupo.

Os servidores afastados do trabalho ou em processo de afastamento têm atendimento interdisciplinar com profissionais da psicologia, terapia ocupacional, fisioterapia, educação física e serviço social.

A NovaMente disponibiliza, em seu site, o cadastro para o acolhimento e atendimento aos servidores filiados ao SindSaúde-DF. Após a realização desse registro, o interessado será contatado pela equipe da NovaMente, que o informará se ele conseguiu ou não a vaga.

22/07/2019 - 16:23 Notícias SindSaúde DF

Semana começa com vitórias em ações da GATA e exercício findo

Informação adicional
  • Imagens: Éder Oliveira

Jurídico saiu vitorioso em 3 processos de exercício findo e um de incorporação da GATA em 2ª instância

O SindSaúde, por meio do seu Departamento Jurídico, auxilia servidores em ações e processos na Justiça. Esta semana inicia com três vitórias decorrentes de exercício findo, que juntas somam mais de R$ 26 mil. Há também uma incorporação da GATA procedente em 2ª instância. Além de um recebimento de valores referentes a horas extras.

O 2º Juizado Especial da Fazenda Pública do DF sentenciou o GDF a pagar R$ 8.501,65 a servidor correspondente ao montante reconhecido administrativamente. Em outro caso, o DF foi condenado a pagar verbas em exercício findo no valor de R$ 12.991,98 a servidora, a decisão foi do 1º Juizado Especial da Fazenda Pública do DF.

Processo referente a valores relativos a acertos financeiros decorrentes de exercícios anteriores fez o 3º Juizado Especial da Fazenda Pública do DF condenar o DF a pagar R$ 5.176,05 a servidor.

Em todos os casos anteriores os valores deverão ser corrigidos monetariamente pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo Especial - IPCA-E.

Servidor que fez horas extra em outubro de 2017 e não havia recebido o valor correspondente ganhará o valor de R$ 2.824,67 do GDF. A decisão foi do 1º Juizado Especial da Fazenda Pública do DF.

Acordaram, em 2ª instância, os desembargadores da 3ª Turma Cível do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios, que servidora tenha a incorporação da Gratificação de Atividade Técnico-Administrativa (GATA).

A direção do SindSaúde alerta os servidores, que, caso o governo do DF não cumpra com a incorporação da GATA, é importante que os servidores acionem a Justiça até agosto de 2020 para recebimento da GATA retroativa.

Atendimento do Departamento Jurídico para sindicalizados:
De segunda à sexta-feira
Horário: 9h às 17h
SDS Ed. Venâncio lll sala 109/113 - Brasília, DF, 70393-902
Telefones: (61) 4063-9077 ou (61) 3225-6579
WhatsApp Jurídico (informações de ações coletivas, agendamentos e dúvidas procedimentais): (61) 99314-3952

JURÍDICO SINDSAÚDE