Saúde esclarece protocolos de proteção contra o coronavírus

Seg, 16 Mar 2020

Para evitar a proliferação do Coronavírus, o Governo do Distrito Federal decretou uma série de medidas preventivas nos últimos dias.

No portal da Saúde, o secretário-adjunto de Assistência à Saúde, Ricardo Tavares, esclarece algumas das dúvidas.

O gestor alerta para o tratamento dos pacientes em situações de risco desempenhado pelo Hospital Regional da Asa Norte (Hran). Além disso, disse que todos os protocolos de proteção estão sendo tomados por parte dos servidores em contato com pacientes infectados. Leia entrevista completa abaixo:

Hoje, quais são os hospitais de referência no tratamento do coronavírus?
O Hospital Regional da Asa Norte (Hran) e o Hospital de Base.

Como o Hran foi preparado para atender os possíveis casos de coronavírus?
No momento, o Hran tem uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) exclusiva para pacientes com diagnóstico confirmado e casos mais graves de coronavírus, além de parte de um andar para pacientes menos graves, mas que precisam de internação.

GDF cria comissão para negociar reajuste de servidores

Sex, 13 Mar 2020

Matéria do portal Metrópoles trata sobre negociação dos trabalhadores com o governo

Leia abaixo matéria completa:

Governo do Distrito Federal (GDF) criou comissão para negociar a revisão salarial das carreiras da administração pública do Distrito Federal nesta sexta-feira (13/03). Os 110 mil servidores públicos cobram do Palácio do Buriti a reestruturação das carreiras e o pagamento da terceira parcela do reajuste salarial prometido pelo ex-governador Agnelo Queiroz (PT). As novas propostas deverão ser apresentadas em 180 dias.

A comissão foi criada por meio de portaria no Diário Oficial do DF (DODF). O texto é assinado pelo secretário de Economia, André Clemente. Sindicatos. Os sindicatos terão assento na mesa de negociação com o GDF. Inicialmente, 27 entidades vão participar.

Dentro de 90 dias, os levantamentos serão entregues para a coordenação da comissão. Segundo a portaria, as decisões vão levar em consideração a evolução do quadro de pessoal da área nos últimos dois anos, quantitativo de servidores públicos e impacto financeiro.

De

Presidente do SindSaúde se reúne com gestor no Guará para tratar de denúncia

Sex, 13 Mar 2020

Servidores do Núcleo de Transporte denunciaram perseguição por parte da chefia

A presidente do SindSaúde-DF, Marli Rodrigues, esteve no Hospital Regional do Guará para tratar com o Diretor Administrativo da Região Centro Sul, Dr. Evillasio Sousa Ramos, sobre denúncias de servidores.

Os servidores do Núcleo de Transporte do HRGu denunciaram constantes assédios que estão sofrendo no ambiente de trabalho. Segundo os profissionais relataram, o chefe do Núcleo de Transportes, José Carlos Trindade, atua de forma distinta com alguns profissionais.

O diretor Evillasio foi informado pela presidente sobre tudo que foi denunciado e entendeu o que está acontecendo. Ele compreendeu a gravidade das denúncias e os problemas pelos quais os motoristas estão passando.

“Entregamos ao diretor a comprovação do assédio praticado contra esses servidores e solicitamos que medidas sejam tomadas”, afirmou a presidente Marli Rodrigues.

Equipe

Hoje a unidade conta com 18 motoristas – 12 servidores da Secretaria de Saúde e 6 cedidos do Ministério da Saúde.

CLDF aprova projetos da GATA e GMOV

Qua, 11 Mar 2020

Texto segue agora para sanção do governador

A Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF) aprovou, nesta quarta-feira (11), o projeto que altera a Lei da Gratificação de Movimentação (GMOV) e o PL da incorporação da Gratificação de Atividade Técnica-administrativa (GATA).

Os dois PLs, 988/2020 e 1014/2020, foram aprovados no plenário da CLDF, sem emendas. Eles foram enviados pelo Executivo com pedido de urgência e agora seguem para sanção do governador.

“Nada é fácil. Foram anos de calote na gestão anterior. A aprovação desses dois projetos encerra uma batalha de anos de debates, pressão e articulações. Agradecemos a sensibilidade dos deputados com os servidores da Saúde do DF. A luta do SindSaúde foi longa, mas saímos com mais essa vitória”, destaca Marli Rodrigues, presidente do SindSaúde.

GMOV

Com a aprovação da GMOV, os servidores da Administração Central da Secretaria de Saúde (ADMC), Parque de Apoio e Hemocentro terão a gratificação mantida no contracheque de forma definitiva.

Projetos da GATA e GMOV estão na pauta desta quarta-feira na CLDF

Qua, 11 Mar 2020

Servidores da Saúde aguardam que demandas sejam aprovadas pelos deputados


Estão na Ordem do Dia da Câmara Legislativa do Distrito Federal desta quarta-feira (11) dois importantes projetos para a categoria da Saúde do DF. Podem ser discutidos e votados o projeto que altera a Lei da GMOV e o PL da incorporação da GATA. Eles foram enviados pelo Executivo com pedido de urgência.

Caso optem pela celeridade, os deputados podem usar o plenário para analisar os dois projetos nas comissões e em seguida já colocar em votação.

Movimentação

O projeto que altera a Lei nº 318, de 23 de setembro de 1992, que garante a Gratificação de Movimentação (GMOV) para os servidores da Administração Central da Secretaria de Saúde, é uma reivindicação do SindSaúde ao GDF após reunião e assembleia com os servidores da unidade.

Em 24 de janeiro, uma decisão da Justiça apontou ilegalidade no pagamento da GMOV para servidores da ADMC por entender que órgão não corresponde a uma “unidade de Saúde”.

SindSaúde lança campanha “Moderniza Já!”

Ter, 10 Mar 2020

Após acatar projeto da GATA, categoria inicia campanha para modernização da carreira

Os servidores da Saúde do Distrito Federal decidiram em assembleia geral, realizada nesta terça-feira (10) pelo SindSaúde-DF, aprovar a proposta para incorporação da Gratificação de Atividade Técnica-administrativa (GATA) com parcelas antecipadas (leia matéria completa) e também lançaram a campanha “Moderniza Já!”.

O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, acatou, na segunda-feira (9), a reivindicação do SindSaúde e determinou, via decreto, a criação de grupo executivo para modernizar o plano de carreiras de Assistência Pública à Saúde.

O grupo executivo será formado por gestores, integrantes da Câmara Legislativa do DF e servidores. O SindSaúde fará parte do grupo para dialogar e apresentar proposta para a modernização das carreiras.

Com a modernização da carreira, a ideia do governador é unificar as gratificações e incorporá-las ao vencimento. A Saúde teria uma única gratificação, de produtividade.

O secretário de Saúde, Osnei Okumoto, garantiu total apoio à modernização.

Hospital

Categoria aprova proposta para incorporação da GATA com parcelas antecipadas

Ter, 10 Mar 2020

Governo recua e altera PL para quitar gratificação em um prazo de um ano

Os servidores da Saúde do Distrito Federal decidiram, em assembleia geral realizada pelo SindSaúde-DF, aceitar a proposta para incorporação da Gratificação de Atividade Técnica-administrativa (GATA) com parcelas antecipadas. A assembleia aconteceu na manhã desta terça-feira (10), no Clube da Saúde.

Em reunião com a presidente Marli Rodrigues nesta segunda-feira (9), o governador Ibaneis Rocha confirmou que o governo recuou nas datas das parcelas e o pagamento será em abril de 2020, outubro de 2020 e março de 2021, quitando os 30% restantes da GATA dentro de um ano.

O primeiro PL enviado previa pagamento parcelado nos seguintes meses: abril de 2020; novembro de 2020; e julho de 2021. O SindSaúde-DF apresentou contraproposta para quitação em parcela única até junho de 2020. No entanto, o GDF alegou que não há verba para pagamento em uma parcela e apenas recuou nos prazos para pagamento;

A

Servidores do Transporte do Hospital do Guará denunciam perseguição

Seg, 09 Mar 2020

Motoristas apontam que gestão age para prejudicar parte do grupo

Os servidores do Núcleo de Transporte do Hospital Regional do Guará (HRGu) solicitaram reunião com representantes do SindSaúde-DF para denunciar constantes assédios que estão sofrendo no ambiente de trabalho. Segundo os profissionais relataram, em reunião na unidade, o chefe do Núcleo de Transportes, José Carlos Trindade, atua de forma distinta com alguns profissionais.

Hoje a unidade conta com 18 motoristas – 12 servidores da Secretaria de Saúde e 6 cedidos do Ministério da Saúde. Um dos profissionais cedidos é o próprio chefe José Carlos.

Com apoio

As reclamações principais dos motoristas SES são de que o gestor atua com permissão da Gerência de Apoio Operacional e nada é feito para mudar. Que ele teria respaldo de sua chefia direta.

Os motoristas estariam sendo obrigados a preencher formulários que não são exigido na rotina de trabalho da SES.

GDF acata reivindicação do SindSaúde e cria grupo executivo para modernizar plano de carreiras

Seg, 09 Mar 2020

Presidente Marli Rodrigues esteve com governador Ibaneis Rocha nesta segunda-feira (9)

O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, acatou a reivindicação do SindSaúde e determinará, via decreto, a criação de grupo executivo para modernizar o plano de carreiras de Assistência Pública à Saúde.

O grupo executivo será formado por gestores, integrantes da Câmara Legislativa do DF e servidores. O SindSaúde fará parte do grupo para dialogar e apresentar proposta para a modernização das carreiras.

“Brigamos há anos por essa modernização. Hoje o salário do servidor é baseado em muitas gratificações soltas”, explica a presidente do SindSaúde, Marli Rodrigues.

Com a modernização da carreira, a ideia do governador é unificar as gratificações e incorporá-las ao vencimento. A Saúde teria uma única gratificação, de produtividade.

O secretário de Saúde, Osnei Okumoto, garantiu total apoio à modernização e indicará a atual titular da Subsecretaria de Gestão de Pessoas (Sugep) para representar a pasta da Saúde no grupo executivo.

GATA

O

"É preciso muito mais"

Dom, 08 Mar 2020

Precisamos de mais respeito. Mais valorização. Mais dignidade no trabalho.

Neste 8 de março, celebramos as conquistas das mulheres ao longo dos anos. Foi preciso uma data para lembrar a todos que vivemos em busca de nossos direitos. Uma data para cobrar mais ou comemorar os avanços. Mas é preciso muito mais.

O ano de 2019 terminou com uma péssima estatística: os feminicídios no Distrito Federal tiveram um aumento de 62%. Foram 34 mulheres mortas em todo o ano em crimes de feminicídio.

Em 2020, em dois meses, já temos 5 registros. É uma realidade cruel para uma mãe, uma filha, uma irmã, uma mulher.

Somos maioria em inúmeros ambientes. Mas esse número não significa que estamos onde merecemos.

Atualmente, a Secretaria de Saúde do DF tem 24.470 servidoras ativas e 10.362 servidores homens ativos.

A Saúde é um espaço que realmente precisa muito desse olhar feminino. Mas as mulheres ainda são muito desvalorizadas nessa área também.

São

Servidores de Sobradinho cobram pagamento da GATA

Sex, 06 Mar 2020

Ação externa do SindSaúde ocorreu no Hospital Regional da cidade

Diretores e representantes do SindSaúde-DF realizaram ação externa da campanha pela incorporação da GATA (Gratificação de Apoio Técnico-Administrativa) nesta quinta-feira (05). A movimentação foi no Hospital Regional de Sobradinho e contou com grande participação de servidores.

A categoria cobra do Governo do Distrito Federal o cumprimento da legislação e a incorporação da GATA em parcela única.

Os trabalhadores também fizeram fotos ao lado da estrutura da GATA POWER para participar de sorteio e concorrer a um celular. Veja fotos na galeria abaixo.

View the embedded image gallery online at:
http://sindsaude.org.br/noticias/?start=20#sigFreeId35803e9824

Servidores da UBS nº 2 de Sobradinho recebem apoio dos pacientes

Sex, 06 Mar 2020

População promove café da manhã contra assédio sofrido pela Equipe Jade

Profissionais da Equipe Jade da UBS nº 2 de Sobradinho que estão sofrendo represálias da direção da unidade por não concordarem com as atitudes da gerência, receberam na manhã desta sexta-feira (6), o apoio da população em um café da manhã.

3e99a00a 54fb 4a26 90eb 848e7caa47ec

Foram afixadas na unidade faixas com frases pedindo a permanência dos servidores na UBS. Os cartazes com palavras de ordem exigiam que a equipe não seja coagida pela chefia e não seja removida do local.

8f5edae3 cb9c 422e 9806 abbbf781e891

Relembre como foi a reunião do SindSaúde com a Equipe Jade na última segunda-feira (2)

SindSaúde discutirá PL da GATA com a categoria e apresentará a proposta da Diretoria

Qui, 05 Mar 2020

Na próxima terça-feira (10), sindicato já tem assembleia geral marcada com servidores

A diretoria do SindSaúde se reuniu, nesta quinta-feira (5), para discutir o projeto de lei enviado pelo Governo do Distrito Federal à Câmara Legislativa sobre o pagamento da Gratificação de Atividade Técnica-administrativa (GATA). O PL enviado pelo GDF prevê pagamento parcelado em três vezes: em 1º de abril de 2020; 1º de novembro de 2020; e 1º de julho de 2021.

“A diretoria do SindSaúde se reuniu para discutir a proposta e, na assembleia, levaremos o debate à categoria e também apresentaremos uma proposta da Diretoria do sindicato”, explica a presidente do SindSaúde, Marli Rodrigues.

Assembleia

O SindSaúde já convocou, na quarta-feira (4), todos os servidores da Saúde para assembleia geral na próxima terça-feira (10), às 10h, no Clube da Saúde.

Os diretores do sindicato também estão em diálogo constante com os deputados distritais para discutir a tramitação do projeto.

Servidores de Ceilândia participam de campanha para cobrança da GATA

Qui, 05 Mar 2020

Categoria participou de campanha e cobra do GDF o cumprimento da Legislação e quitação da dívida

Diretories e representantes do SindSaúde-DF realizaram nova ação externa da campanha pela incorporação da GATA (Gratificação de Apoio Técnico-Administrativa) nesta quarta-feira (04). A movimentação foi no Hospital Regional de Ceilândia (HRC) e contou com grande participação de servidores.

A categoria cobra do Governo do Distrito Federal o cumprimento da legislação e a incorporação da GATA em parcela única.

Os trabalhadores também fizeram fotos ao lado da estrutura da GATA POWER para participar de sorteio e concorrer a um celular. Veja fotos na galeria abaixo.

View the embedded image gallery online at:
http://sindsaude.org.br/noticias/?start=20#sigFreeId1ab0e3d0b8

SindSaúde convoca assembleia geral para tratar do projeto de lei da GATA

Qua, 04 Mar 2020

Servidores da Saúde se reunirão na próxima terça-feira (10), às 10h, no Clube da Saúde

O SindSaúde convoca todos os servidores da Saúde para assembleia geral na próxima terça-feira (10), às 10h, no Clube da Saúde, para tratar sobre o Projeto de Lei enviado à Câmara Legislativa para incorporação da Gratificação de Atividade Técnica-administrativa (GATA).

O Governo do Distrito Federal (GDF) enviou à CLDF projeto de lei que prevê a incorporação em três parcelas: em 1º de abril de 2020; 1º de novembro de 2020; e 1º de julho de 2021.

“A categoria sempre contou com a quitação integral da GATA, por isso está surpresa com esse projeto enviado. Decidiremos, em assembleia, o posicionamento sobre isso”, afirma Marli Rodrigues, presidente do SindSaúde.

Assembleia Geral para discussão do PL da GATA
Terça-feira, 10 de março

A partir das 10h, no Clube da Saúde

LEIA TAMBÉM: Diretoria do SindSaúde se reúne para discutir projeto da GATA

Diretoria do SindSaúde se reúne para discutir projeto da GATA

Qua, 04 Mar 2020

Categoria cobra quitação integral da incorporação

A diretoria do SindSaúde se reunirá, na nesta quinta-feira (5), para tratar sobre o projeto de Lei de pagamento da Gratificação de Atividade Técnica-administrativa (Gata) encaminhado pelo Governo do Distirito Federal à Câmara Legislativa.

“Passamos por um grande calote no governo Rollemberg. Visto que essa luta se arrasta há dez anos, a categoria sempre contou com a quitação integral da GATA por isso está surpresa com esse projeto enviado”, afirma Marli Rodrigues, presidente do SindSaúde.

Veja a matéria completa no Metrópoles:

O governador Ibaneis Rocha (MDB) encaminhou à Câmara Legislativa (CLDF), nesta quarta-feira (04/03), um projeto de lei que autoriza o pagamento da terceira parcela da Gratificação de Atividade Técnica-administrativa (Gata).

A proposta prevê que o benefício é devido aos servidores técnicos de saúde e auxiliar de saúde. A Gata será paga em três parcelas: em 1º de abril de 2020;

Projeto que altera GMOV chega à Câmara Legislativa

Ter, 03 Mar 2020

Mensagem com projeto de lei é um solicitação do SindSaúde para garantir direitos aos servidores

Já está na Câmara Legislativa o projeto de lei que garante a Gratificação de Movimentação (GMOV) para os servidores da Administração Central da Secretaria de Saúde.

A mensagem do Governo do Distrito Federal com o projeto de lei foi lida na sessão plenária desta terça-feira (3).

Projeto de lei

O PL foi protocolado, ganhará número e será distribuído às comissões para análise. Ele altera a Lei nº 318 de 1992, que criou as gratificações de incentivo às ações básicas de Saúde e de Movimentação para os servidores da Fundação Hospitalar do DF.

A mudança na lei foi um pedido do SindSaúde após reunião em assembleia dos servidores. A gratificação para os cerca de 3 mil trabalhadores da Administração Central tinha sido paga durante anos por meio de portaria.

“Nós cobramos do governo esse envio de alteração e nossas comissões formadas em assembleia já estão em contato com os deputados para que o projeto tenha tramitação célere e os servidores não sejam prejudicados”, afirmou a presidente do SindSaúde, Marli Rodrigues.

GDF afirma que cogita criar hospital para o servidor público

Ter, 03 Mar 2020

Unidade exclusiva é uma demanda do SindSaúde. Um plano de saúde também deve ser disponibilizado

O diretor do Instituto de Assistência à Saúde dos Servidores do GDF (Inas/DF), Ricardo Peres, concedeu entrevista ao jornal Correio Braziliense e detalhou como será o plano de saúde a ser implementado no funcionalismo público e falou ainda sobre a possibilidade de criação do hospital exclusivo para o servidor público, demanda do SindSaúde-DF apresentada ao governador Ibaneis Rocha quando ele ainda era candidato ao GDF. À época, Ibaneis Rocha se comprometeu com a construção de uma unidade exclusiva.

Leia abaixo matéria com entrevista completa publicada no Correio Braziliense:

Hoje, no DF, existem cerca de 160 mil servidores, e o plano atenderá os familiares deles, o que deve somar mais de 400 mil beneficiados. ‘’Vai ser o maior plano do GDF’’, afirma Ricardo. A adesão será facultativa. A princípio, a cobertura será regional, mas o Inas/DF estuda a contratação de um segundo plano para assistir os contratantes em caso de viagens.

Servidores denunciam assédio moral na UBS 2 de Sobradinho

Seg, 02 Mar 2020

De acordo com trabalhadores, a agenda de uma médica chegou a ser bloqueada prejudicando a população

A presidente do SindSaúde, Marli Rodrigues, esteve na Unidade Básica de Saúde nº 2 de Sobradinho, na manhã desta segunda-feira (2), para ouvir a denúncia da Equipe Jade, que afirma sofrer com assédio moral e perseguição.

Segundo os profissionais, eles estão sendo coagidos e ameaçados de transferência por denunciarem o problema de convivência com uma enfermeira, que seria protegida por gestores da época Rollemberg. “Ela se acha dona do local e possui poderes absolutos na unidade”, relatam servidores.

A situação se agravou quando o responsável pela marcação de consultas foi informado, apenas de forma verbal, que não deveria marcar pacientes para a médica Ana Tenice Brasil para o mês de abril. Porém, a médica não havia sido informada do motivo do bloqueio de sua agenda, além de não ter interesse na mudança de unidade, segundo relatou.

Convivência

Imposto de Renda: SindSaúde faz declaração dos sindicalizados a partir de 2 de março

Sex, 28 Fev 2020

O prazo para declaração vai até 30 de abril de 2020

Como de costume, o SindSaúde oferece aos filiados atendimento exclusivo para declaração de Imposto de Renda de Pessoa Física (IRPF). Para a declaração do exercício 2020 ano-base 2019, os sindicalizados podem procurar o Setor de Imposto de Renda do sindicato a partir de segunda-feira, 2 de março, até 30 de abril, a recomendação é não deixar para o último dia.

Os comprovantes de rendimentos referentes ao ano passado já foram liberados pela Secretaria de Saúde, disponíveis para impressão no Portal do Servidor.

Além do comprovante de rendimento (fornecido pela SES), o sindicalizado deve levar, se possível, a declaração do ano anterior. Caso o servidor tenha despesas médicas, com instrução própria ou de dependentes, ele deve levar os comprovantes.

O atendimento dos sindicalizados será feito por ordem de chegada na sede do SindSaúde-DF, a partir de 2 de março, das 9h às 16h.

Atendimento