Quarta-feira, 23 de abril de 2014
Lurian Leles

Lurian Leles

Publicado em Informe
 |  Quarta, 03 Abril 2013 14:32

A direção do SindSaúde agradece o apoio do presidente da Câmara Legislativa (CLDF), deputado Patrício (PT), e do deputado federal e presidente do PT-DF, Roberto Policarpo (PT), na luta pela incorporação da Gratificação de Atividade Técnico-Administrativa (Gata). O empenho dos parlamentares foi fundamental e decisivo para pressionar o Executivo a enviar o projeto de lei para votação.

Os parlamentares que abraçaram a luta pela incorporação da Gata entraram positivamente para a história da nossa categoria, pois eles provaram que é possível sair do discurso e ir para a verdadeira prática, trazendo resultados.

O SindSaúde tem certeza de que o presidente deputado Patrício honrará o compromisso assumido com a categoria e criará todas as condições para que a proposta seja aprovada com urgência na Câmara Legislativa.

Nosso sincero agradecimento,

Direção do SindSaúde-DF

 

Publicado em Mobilização
 |  Quarta, 03 Abril 2013 14:32

Projeto de lei é assinado pelo governador Agnelo Queiroz e enviado à Câmara Legislativa.

O projeto de lei que trata da Gratificação de Atividade Técnico-Administrativa (Gata) foi assinado pelo governador Agnelo Queiroz e chegou à Câmara Legislativa na tarde desta quarta-feira (12/12). A expectativa é que a proposta seja votada na quinta-feira (13/12).

O envio do projeto de lei foi comemorado pela categoria durante a assembleia realizada no Centro de Saúde n°2 do Recanto das Emas. “Enfim o tão esperado PL chegou à Câmara Distrital. Agora, é com o presidente da Casa, deputado Patrício. Temos certeza de que ele irá honrar o compromisso feito com a nossa categoria criando todas as condições para aprovar o projeto”, disse a diretora do SindSaúde Marli Rodrigues. “Amanhã os servidores comparecerão em peso ao plenário para acompanhar a votação”, completou.

Publicado em Informe
 |  Quarta, 03 Abril 2013 14:32

Para conferir o regimento interno das próximas eleições, que ocorrerão em 2013, acesse o link abaixo:

Regimento Interno - Eleições 2013

A direção do SindSaúde esteve nesta terça-feira (11/12) no Centro de Saúde do Núcleo Bandeirante para debater sobre a proposta de incorporação da Gratificação de Atividade Técnico-Administrativa (Gata) e contou com o apoio dos servidores na aprovação do projeto de lei da Gata, mas com ressalva para o parcelamento em três vezes.

“Ao virarmos a página da incorporação da Gata, poderemos entrar em 2013 com um novo gás, investindo em questões importantes como a reestruturação do plano de carreiras, a isonomia de carga horária e o plano de saúde dos servidores”, disse a diretora do SindSaúde Marli Rodrigues.

Dando continuidade à rodada de assembleias, a diretoria do SindSaúde realizou nesta segunda-feria (10/12) o debate sobre a proposta de incorporação da Gratificação de Atividade Técnico-Administrativa (Gata) no Hospital Regional de Brazlândia. Assim como nas demais unidades de saúde onde o projeto de lei (PL) da Gata já foi discutido, os servidores do HRBz exigiram que ele seja enviado imediatamente para a Câmara legislativa (CLDF) e votado ainda neste ano.

Para a diretora do SindSaúde Marli Rodrigues, a incorporação da Gata representará uma mudança na cultura de reivindicações da categoria. “Agora lutamos por um vencimento básico mais robusto em vez de gratificações e benefícios que podem ser retirados a qualquer momento e que certamente não serão mantidos na aposentadoria”, explicou.

O SindSaúde fechou mais uma semana de assembleias no Hospital Regional de Sobradinho (HRS) nesta sexta-feira (7/12) e a decisão dos servidores foi exigir o envio imediato do projeto de lei da Gratificação de Atividade Técnico-Administrativa (Gata) para votação na Câmara Legislativa (CLDF). Apesar da reivindicação, os trabalhadores criticaram a proposta do governo que prevê o pagamento da Gata em três vezes – 2013, 2014, 2015.

“Os servidores de Sobradinho entenderam que a proposta que mais contempla as nossas exigências no momento é exigir que o governo transforme logo esse projeto em lei, entretanto, não há como não protestar contra esse parcelamento”, avaliou a diretora do SindSaúde Marli Rodrigues.

A próxima assembleia será realizada no Hospital Regional de Brazlândia (HRBz), no auditório da unidade de saúde, às 10h.

A direção do SindSaúde levou a discussão sobre a minuta do projeto de lei (PL) da Gratificação de Atividade Técnico-Administrativa (Gata) ao conhecimento dos servidores do Hospital Regional de Samambaia (6/12), durante assembleia realizada na manhã desta quinta-feira (6/12). Na ocasião, os trabalhadores reforçaram a reivindicação da categoria sobre o envio imediato do PL à Câmara Legislativa (CLDF) e também criticaram contra o parcelamento da incorporação.

“Nós encampamos a luta da Gata porque entendemos que incorporá-la ao nosso salário é muito melhor do que exigir outra gratificação ou benefício, que podem ser retirados a qualquer momento dos nossos contracheques”, explicou a diretora do SindSaúde Marli Rodrigues.

Publicado em Informe
 |  Quarta, 03 Abril 2013 14:32

O diretor do SindSaúde Vander Borges coordenou a eleição do Conselho Gestor do Hospital Regional de Taguatinga (HRT), realizada na quarta-feira (5/12). Seis membros trabalhadores foram eleitos – três titulares e três suplentes.

“A assembleia contou com a participação massiva dos servidores, o que mostra como eles estão conscientes da relevância deste evento”, avaliou o diretor do SindSaúde Vander Borges. “A atuação dos membros trabalhadores neste conselho é de extrema importância, pois por conhecerem a realidade do hospital, eles contribuem muito na construção de melhorias”, completou.

Confira a lista dos conselheiros que representarão os trabalhadores:

Titulares:

Cláudio Ribeiro da Silva (Motorista)

Luciano Gonçalves dos Santos (Enfermeiro)

Sheila de Lima Santiago (Técnico Administrativo)

Suplentes:

Vilma Candida de Araújo Barbosa (Auxiliar de Enfermagem)

Olívia Maria Bernardo Passos (Auxiliar de Enfermagem)

Leila Cristina da Silva (Auxiliar de Enfermagem)

Substituição de suplentes do Conselho Regional de Saúde de Taguatinga

Durante a ocasião, foram eleitos ainda dois membros do Conselho Regional de Saúde de Taguatinga. A auxiliar de enfermagem Marta Juliana Alves Gino e a enfermeira Pamela Belezia de Andrade substituirão suplentes de conselheiros trabalhadores.

Publicado em Mobilização
 |  Quarta, 03 Abril 2013 14:32
Marcado com

Neste momento, servidores da saúde e a direção do SindSaúde estão no plenário da Câmara Legislativa (CLDF) para acompanhar a votação do projeto de lei (PL) 1309/2012, que trata da incorporação dos 80% restantes da Gratificação de Atividade Técnico-Administrativa (Gata).

"Estamos aqui para pressionar os parlamentares a aprovarem o PL. Não sairemos daqui sem a nossa Gata", disse a diretora do SindSaúde Marli Rodrigues.

Aguarde mais informações.

O balanço patrimonial do ano de 2012 foi discutido e aprovado pelos servidores sindicalizados durante assembleia realizada no auditório do SindSaúde na manhã desta quinta-feira (31/1). Durante a reunião, houve ainda a aprovação da proposta orçamentária anual de 2013, que define como serão os gastos dos próximos meses.

A prestação de contas dos movimentos financeiros e de contabilidade do sindicato - referente ao período de janeiro à dezembro de 2012 - foi aprovada pelo Conselho Fiscal do SindSaúde antes de ser submetido à análise dos servidores.  A documentação que detalha todos esses gastos está a disposição dos sindicalizados na sede do SindSaúde.

Previsão para 2013

De acordo com a diretoria, a meta para 2013 será a economia nas despesas da instituição. “Vamos reduzir os gastos com o sindicato em si e investir esses recursos nas lutas da categoria. A formação sindical e o plano de carreiras são só alguns exemplos do que será prioridade quando o assunto for despesa”, garantiu a diretora Marli Rodrigues.

Para Marli é preciso investir nas bandeiras de luta do sindicato. “Precisamos ser mais ofensivos no que diz respeito à propaganda durante as campanhas salariais. Televisão ainda é o maior meio de comunicação e custa muito caro, por isso vamos inverter a ordem de gastos. Gastar bem, mas com despesas que sejam transformadas em benefícios diretos para a categoria”, completou.