Sábado, 26 de julho de 2014
Lurian Leles

Lurian Leles

Dando continuidade à rodada de assembleias que  tratam de melhorias para os técnicos administrativos, a presidente do SindSaúde, Marli Rodrigues, reuniu-se na manhã desta segunda-feira (11) com a categoria no auditório do Hospital Regional de Ceilândia (HRC). Marli explicou aos servidores sobre a campanha, que tem como objetivo a criação e aprovação do projeto de lei que transforma a especialidade técnica em analista e conclamou os trabalhadores à participarem da grande assembleia que será realizada na Administração Central da Secretaria de Saúde (SES-DF), em 21/3.

De acordo com Marli, a mudança para analista não será uma conquista fácil, mas como ocorreu com a Gata (Gratificação da atividade Técnico-Administrativa), incorporada no ano passado, a nova campanha será vitoriosa. "Não estou aqui para fazer discurso demagogo e nem dizer que a situação será resolvida amanhã, mas sem luta não há vitória", afirmou. Segundo Marli há muitos motivos para abraçar essa causa, como a disparidade salarial entre os servidores da saúde e os do Carreirão, e a redução de carga horária. O objetivo é que essas e outras questões importantes sejam tratadas no projeto.

A presidente garantiu ainda que está buscando apoio de diversos parlamentares, tanto na esfera distrital como federal. "Aceitaremos o apoio de todos àqueles que quiserem nos ajudar. O SindSaúde não é a extensão da Câmara. O meu partido é a categoria!', assegurou.

Publicado em Mobilização
 |  Quarta, 03 Abril 2013 14:32

O SindSaúde inicia na próxima semana uma rodada de assembleias regionais para discutir a pauta de reivindicações dos técnicos administrativos. Ao final desse ciclo de reuniões, a nova diretoria do sindicato realizará uma assembleia geral no dia 21/3 (quinta-feira), às 10h, no auditório da sede da Secretaria de Saúde (SES-DF). O evento contará com a presença do presidente do PT-DF e deputado federal, Roberto Policarpo, e do distrital Deputado Patrício (PT). Os parlamentares apoiam a luta pela mudança da especialidade técnica para analista, principal reivindicação da categoria.

A presidente do SindSaúde, Marli Rodrigues, acredita que a reivindicação dos técnicos administrativos tem como objetivo corrigir uma injustiça. Segundo ela, a categoria foi esquecida pelos governos anteriores. “Conquistar a mudança para analista é uma das nossas grandes bandeiras de luta neste ano. A partir de agora, eu só quero saber do que pode dar certo”, diz.

A presidente do SindSaúde, Marli Rodrigues, recebeu na tarde de quarta-feira (27), grupo de técnicos administrativos para definir a pauta de reivindicações da categoria. Os trabalhadores discutiram a criação do projeto de lei que transforma a especialidade técnica em analista e definiram o calendário de atividades da mobilização pela transição de cargos. Na próxima quarta-feira (6/3), será iniciada uma rodada de assembleias regionais – começando pelos hospitais de Base (HBDF), às 10h, e da Asa Norte (HRAN), às 15h -, e posteriormente, será realizada uma assembleia geral no dia 21/03, no auditório da Secretaria de Saúde (SES-DF), às 10h.

“Com a mudança de técnico para analista queremos principalmente a valorização desse profissional da saúde que está esquecido pelo GDF. Dentro do projeto, lutaremos pela redução da carga horária da categoria”, explica Marli Rodrigues. "As injustiças cometidas contra a categoria são uma herança de governos anteriores e deixaram esses profissionais, assim como os AOSD's, excluídos e na invisibilidade", completa.

Publicado em Informe
 |  Quarta, 03 Abril 2013 14:32



 

Publicado em Informe
 |  Quarta, 03 Abril 2013 14:32

Historicamente, os auxiliares operacionais de serviços diversos (AOSD’s) são alvo de inúmeras injustiças na Secretaria de Saúde (SES-DF). A carga horária de 30h semanais é apenas um dos exemplos. Somente essa categoria e a dos técnicos administrativos ainda cumprem tal jornada de trabalho, enquanto outras já conquistaram 24h e até 20h.

“Esses profissionais exercem funções importantíssimas, sem as quais os hospitais parariam de funcionar. Infelizmente, os AOSD’s não recebem um tratamento digno, por isso abraçaremos essa causa com toda força”, garante a presidente do SindSaúde, Marli Rodrigues. Ainda segundo ela, é preciso banir o tratamento desigual entre os trabalhadores da saúde. “Somos todos iguais, afinal, passamos por concurso público. Não há como entender tamanha disparidade”, avalia Marli. “Dentro da Secretaria de Saúde, pau que dá em Chico, não dá em Francisco”, completa.

A Secretaria de Saúde conta com cerca de 1500 profissionais na categoria e muitos desses cargos  precisam ter suas atividades reavaliadas, como é o caso dos AOSD’s de enfermagem que estão extintos . “Apesar disso, o ser humano não está extinto, e muito menos a vagar, porque em 99% dos casos esses trabalhadores sofrem com o desvio de função devido ao déficit de servidores e nunca foram indenizados por isso”, conta Marli. “Falta apenas vontade política de um governo que prometeu cuidar de quem cuida do povo para resolver essa situação”, avalia.

A nova presidente do SindSaúde acredita que é necessário proporcionar um curso de capacitação para esses trabalhadores, juntamente com uma reestruturação da carreira. No começo do mandato, a presidente do SindSaúde quer iniciar uma grande campanha para resolver os problemas desses servidores. “Em março, a categoria pode esperar uma retomada das lutas com força total”, finaliza.

 

Na manhã de hoje (6), a diretoria do SindSaúde esteve reunida com os técnicos administrativos do Hospital de Base (HBDF), onde foi discutido o reenquadramento da carreira de técnico para analista. A reunião que aconteceu no auditório do 12°, contou com a presença de servidores de todas as unidades. A presidente do sindicato, Marli Rodrigues, fez um breve discurso no qual ressaltou a importância do foco pela causa e o empenho de todos.
Para Marli, é preciso um trabalho intenso de articulação política, sem isso é muito difícil fazer com que a proposta vire projeto de lei, pois a iniciativa de elaborar esse projeto é do executivo e só depois é enviado à câmara para sua aprovação. Segundo a presidente, várias categorias conseguiram o benefício, como é o caso dos servidores da polícia e dos servidores do Detran, o que mostra que se o movimento for bem articulado a chance de vitória é grande.

A presidente também informou que o sindicato já está se reunindo com alguns políticos no intuito de conseguir aliados. No final do mês passado a direção  esteve reunida com  o deputado Patrício e com o presidente do PT, Roberto Policarpo.Outros parlamentares como o deputado Chico Vigilante e a deputada Federal, Erika Kokay já declararam apoio . Na semana passada, a instituição ganhou mais um aliado, o senador  Gim Argello,  que prometeu lutar pelas reivindicações da categoria. O mesmo será feito com parlamentares ligados à causa dos servidores, tanto na Câmara Legislativa quanto na Câmara Federal.

No fim da reunião, os diretores regionais acertaram  elaborar calendário de discussão para  serem adotados pelos servidores do hospital, o que foi aprovado pelos presentes.

O próximo encontro está marcado para o dia 21 de março quando haverá uma grande assembléia com todos os servidores da Secretaria de Saúde.

Publicado em Informe
 |  Quarta, 03 Abril 2013 14:32
Marcado com

A nova presidente do SindSaúde, Marli Rodrigues, explica ao Deputado Patrício as quais serão as principais lutas do SindSaúde.

O Deputado Patrício (PT), recebeu na manhã de hoje (26), em seu gabinete, a nova presidente do SindSaúde, Marli Rodrigues, que foi acompanhada do diretor financeiro, Agamenon Torres, e do diretor de Assuntos Legislativos,  José Maria Alves. Patrício parabenizou a nova diretoria e se comprometeu em apoiar as lutas da categoria. O deputado foi um dos grandes defensores pela aprovação da Gratificação de Atividade Técnico-Administrativo (Gata). O parlamentar se colocou à disposição do sindicato e garantiu que trabalhará para que as reivindicações da nova diretoria sejam aprovadas pelo governo, entre elas, a atualização da especialidade dos técnicos administrativos para o cargo de analista. As primeiras mobilizações serão realizadas em março nas regionais, e em abril, um grande ato com todos os servidores da Secretaria de Saúde (SES-DF).

Parceria: nova diretoria posa ao lado de Patrício

Publicado em Informe
 |  Quarta, 03 Abril 2013 14:32

Transformar a especialidade dos técnicos administrativos em analista é uma bandeira de luta antiga do SindSaúde que será retomada com força total na nova gestão. O processo que trata da transição tramita na Secretaria de Saúde (SES-DF). Em março, o sindicato iniciará uma campanha para que essa medida seja transformada em projeto de lei e encaminhada para votação na Câmara Legislativa (CLDF) o quanto antes.

Segundo a presidente do SindSaúde, Marli Rodrigues, os técnicos administrativos precisam ser tratados da mesma forma que outras categorias que mudaram de especialidade. “É inexplicável o que governos anteriores fizeram com essa categoria da saúde em relação à outras carreiras do GDF, foram deixados para trás. Esperamos que o atual governo, que foi eleito com grande compromisso com a classe trabalhadora corrija essa injustiça”, diz. Marli acredita que, por trabalhar numa equipe multiprofissional, esses servidores são tão importantes quanto os das demais carreiras. “Iniciaremos uma rodada de assembleias regionais para discutir o problema. A luta está na rua!”, finaliza.

 

A Chapa 1 – Unificar para avançar, venceu a disputa eleitoral que definiu a nova gestão do SindSaúde com 1150 votos. As eleições – ocorridas nos dias 4, 5 e 6/02 – contara com a participação de 1.248 sindicalizados, desse total , 66 filiados votaram em branco e os 32 restantes em nulo.

Confira a ata de apuração dos votos:



















Publicado em Informe
 |  Quarta, 03 Abril 2013 14:32
Marcado com

Após três dias de votações nas regionais de saúde, Marli Rodrigues foi eleita a nova presidente do SindSaúde. As escolha da nova diretoria foi encerrada às 20h de quarta-feira (6/2) e por volta da meia-noite, quando todos os votos foram apurados, a Chapa 1 – Unificar para vencer foi declarada como a vencedora do processo eleitoral de 2013.

Em seu primeiro discurso como presidente eleita, Marli Rodrigues agradeceu o apoio dos servidores e relembrou importantes conquistas do sindicato. “Todos aqueles que me antecederam construíram a história do SindSaúde e abriram espaço para que eu pudesse chegar aqui. Só quem está do lado de dentro sabe como é difícil a luta sindical”, disse. “Sabemos que os trabalhadores merecem muito mais e quero me comprometer com toda a categoria de que esta diretoria irá defender as deliberações das assembleias e o estatuto dessa instituição”, completou.