HRAN

10/02/2014 - 18:18 Ana Paula Alves Categoria: HRAN

HRAN defende “18 horas para todos”

Em uma das suas constantes visitas ao Hospital Regional da Asa Norte, a direção do SindSaúde registrou uma conversa informal com a atual coordenação da unidade que, em pouco mais de um mês, já demonstrou um jeito inovador e participativo de administrar.

Priorizar o servidor foi a opção do Dr. Renato Teixeira, que assumiu como coordenador da regional Norte em dezembro, e tem feito revoluções numa unidade marcada pela repressão e o autoritarismo ao longo dos anos.

O SindSaúde surpreendeu-se ao constatar que o Dr. Renato apóia a nossa pauta de reivindicações e dá uma atenção especial ao primeiro item da lista. “Fazer 18 horas corridas facilita a organização dos plantões e melhora a vida do servidor, que economiza tempo e dinheiro no deslocamento”, explica Teixeira. O tema já tem sido motivo de debate no hospital e iniciou-se uma negociação paralela da regional com a Secretaria de Saúde para que seja implantado o quanto antes.

Esperamos encontrar o mesmo apoio em toda a rede. Isto demonstra que novos tempos estão surgindo e a valorização do servidor pode tornar-se uma realidade.

10/02/2014 - 18:09 Ana Paula Alves Categoria: HRAN

Conheça o CRIS Down do HRAN

Desde abril do ano passado, o Hospital Regional da Asa Norte oferece a população o Cris Down, um centro de tratamento especializado para os portadores da Síndrome de Down.

Oferecendo uma assistência completa, a unidade interliga as várias especialidades necessárias para a manutenção física e emocional dos atendidos. Adultos, jovens e crianças recebem uma assistência multiprofissional com fonoaudiólogos, terapeutas ocupacionais, neurologistas, cardiologistas, nutricionistas, pediatras, fisioterapeutas, psicólogos e psiquiatras, além de um ambiente adaptado para as inúmeras atividades que são desenvolvidas no centro.

Paralelo ao tratamento dado ao paciente, o Cris Down, também oferece orientação aos familiares através dos grupos de debate onde são trocadas experiências e esclarecidas todas as dúvidas.

A principal característica do serviço é a facilidade, pois centraliza todas as necessidades em um só lugar e todo o atendimento em um único dia.
 
Serviço:
 
Centro de Referência Interdisciplinar em Síndrome de Down (CRIS Down)

Local: HRAN - Setor Hospitalar Norte, quadra 1, bloco A, na Asa Norte.


Mais informações: 3325-4219.

10/02/2014 - 17:50 Ana Paula Alves Categoria: HRAN

Elevadores modernizados após 29 anos

Tecnologia a serviço da saúdeTecnologia a serviço da saúdeOs elevadores da rede hospitalar do Distrito Federal foram alvo de muita reclamação e protestos nessas três décadas de caminhada do SindSaúde.

Já estava embutido na rotina dos profissionais, conduzir pacientes pelas escadas que ligavam os andares, o que demandava um esforço excessivo por parte do trabalhador e colocava a saúde de ambos em risco. Nem mesmo as servidoras eram poupadas dessa árdua tarefa.

Muitos foram os nossos protestos e reivindicações para que o problema fosse resolvido. Demorou, mas aconteceu. Hoje, quem visita as regionais pode constatar que esse problema virou coisa do passado. Em muitos hospitais, os aparelhos foram substituídos por novos.

No caso do HRAN, não houve a necessidade de troca, mas o equipamento foi todo restaurado, com reposição de peças e modernização do sistema. Os oito elevadores da unidade estão trabalhando em excelentes condições.

10/02/2014 - 17:48 Ana Paula Alves Categoria: HRAN

Entorno sufoca o HRAN

Com um número alarmante de atendimentos a moradores que residem fora de Brasília, o Hospital Regional da Asa Norte já chegou a ter no pronto socorro uma demanda de 90% dos atendidos oriundos do Entorno do Distrito Federal.

Esse alto índice traz um alerta sobre a postura assumida por prefeituras de alguns municípios de Goiás, Minas e Bahia, em que a mentalidade prosaica de seus administradores limita os investimentos em saúde.

10/02/2014 - 17:42 Ana Paula Alves Categoria: HRAN

Ala de queimados: dedicação e sobrecarga

A direção do SindSaúde tem uma preocupação especial com os servidores que atuam na ala de queimados do HRAN, onde foram internados cerca de 300 vítimas de incêndio só no ano passado. A sobrecarga de trabalho, devido à grande procura pelo serviço e o déficit de pessoal, coloca em risco a “saúde de quem cuida da saúde” na unidade. Um estrangulamento maior se dá pela ação incisiva dos outros estados, cerca de 60% dos pacientes não moram no Distrito Federal.

Única referência na Região Centro-Oeste que presta atendimento emergencial, internação e acompanhamento ambulatorial às vítimas graves de incêndio, o HRAN completou 29 anos de existência e recebe desde crianças a idosos.

A unidade de queimados tem 16 leitos, além de outros dois para assistência respiratória. A estrutura tem muita demanda, mas graças à dedicação contínua de seus servidores, conseguem suprir as necessidades à custa de muito esforço.

A reforma e a modernização do setor estão sendo aguardado para esse mês, no intuído de melhorar as condições de trabalho na unidade.

30/01/2014 - 10:43 Rayane Fernandes Categoria: HRAN

Reclamação na lavanderia do HRAN

Não muito diferente da realidade das outras regionais de saúde, o Hospital Regional da Asa Norte (HRAN) também passa por problemas na lavanderia. Sem nenhuma mudança, o local apresenta uma secadora quebrada, o que dificulta ainda mais o trabalho dos servidores. “Se estivesse funcionando, terminaríamos o serviço bem mais rápido”, afirmou um servidor.

Os servidores reclamaram também do excesso de trabalho e afirmaram que são necessárias mais pessoas para ajudar com o serviço.

Barulho e calor

O barulho intenso e o calor prejudicam o trabalho de quem permanece o dia todo no local. “Se, como equipamento de trabalho, tivéssemos fones de ouvido, seria bem melhor. Ventiladores também seriam bem vindos. O calor é insuportável, mas temos que fazer o serviço”, disse um servidor que trabalha no local há oito meses.

30/01/2014 - 10:20 Rayane Fernandes Categoria: HRAN

Está no ar a página exclusiva do HRAN

Inaugurado em 4 de dezembro de 1984, o Hospital Regional da Asa Norte (HRAN) foi construído para atender a população da Asa Norte, Lago Norte, Paranoá, Vila Planalto, Varjão e Cruzeiro, mas atualmente atende toda a população do DF e entorno. Com 42 mil metros quadrados, o hospital é dividido em seis blocos interligados.

Dentre as especialidades de ambulatório estão cardiologia, neurologia, nutrição e oftalmologia. Para a emergência, o HRAN atende as especialidades de clínica médica, cirurgia geral, pediatria, odontologia, ginecologia e pediatria.

O SindSaúde convida a todos a participarem dessa página e ficarem por dentro das notícias.